Canal Pavablog no Youtube

campanhas

Empresário brasileiro paga 14º salário a colaboradores que lerem um livro por mês

0

empresario

Em entrevista ao Administradores.com, o empresário Francis Maris Cruz, presidente do Grupo Cometa, conta os detalhes de sua gestão diferenciada voltada à educação – que conta ainda com MBA dentro da própria empresa e até biblioteca em cada uma de suas lojas

Fábio Bandeira de Mello, no Administradores

Ele começou aos 12 anos vendendo coxinha de porta em porta. Hoje, Francis Maris Cruz é o presidente de uma das maiores redes de revendas de automóveis e motos do país. O Grupo Cometa, só em 2011, alcançou a venda de mais de 40 mil motocicletas.

No entanto, o que realmente chama atenção no executivo não é a sua ascensão na carreira, mas sim, os diferentes ingredientes que trouxe para a administração da empresa e ajudaram a se consolidar no mercado. Todos os 1.200 funcionários, por exemplo, que leem um livro por mês – e entregam uma resenha – recebem o 14° salário no fim do ano.

Além disso, implementou um projeto audacioso chamado de Universidade Cometa. Nele, oferece um MBA em Gestão de Concessionárias aos seus funcionários. Há também bibliotecas em todas as lojas do Grupo e diversos projetos sociais que vão desde o plantio de árvores frutíferas na casa das famílias carentes, alfabetização de adultos a sessões de filmes para crianças moradoras de cidades em que o cinema mais próximo ultrapassa mil quilômetros.

“A ideia não é dar o peixe, mas sim, ensinar a pescar. Esse é o nosso lema”, ressalta Francis, que também foi eleito o próximo prefeito da cidade de Cáceres (MT). O Administradores.com conversou com o executivo para entender melhor todo esse modelo de gestão diferenciado do Grupo Cometa. Leia aqui a entrevista.

dica do Raphael S. Lapa

o post é do final de outubro, mas a boa ideia vale a pena ser novamente divulgada.

Câncer, literatura e amizade verdadeira

0

1

Vicente Carvalho, no Razões para acreditar

Esta é umas das histórias mais bonitas de amizade que vi em tempos.

Nachu tem câncer terminal, e pode morrer até junho (calma, não é uma história triste). E o autor preferido de Nachu chama-se Harry Turtledove, famoso por suas séries de livros de história modificada.

Perguntado sobre o que gostaria de fazer antes de morrer, uma das respostas de Nachu foi “terminar de ler a série The War That Came Early (“A Guerra que Chegou Mais Cedo”)”, de Turtledove, uma visão alterada da Segunda Guerra Mundial. O problema é que os dois últimos livros da série ainda estavam na primeira versão do autor, direto do manuscrito, e só seriam todas lançadas em um ano, no mínimo.

Um amigo de Nachu resolveu agir e fez uma pergunta no site Reedit, sobre como seria possível conseguir as cópias antes, para que o amigo pudesse lê-las. O pedido continha uma carta com o apelo ao autor. Tudo em inglês.

Abaixo, o resultado da campanha, na forma de um presente de aniversário. O vídeo está em inglês, mas algumas coisas na vida nem precisam de palavras.

Resultado visto acima: Com a permissão de Harry Turtledove, a editora do autor, Del Rey Books, enviou uma cópia de avaliação da próxima história da série, a ser lançada em julho apenas, e em apenas um dia. Amigo, autor, editora, turma do Reedit… eis uma lição de vida coletiva.

1

1

dica do Rodrigo Cavalcantis

Projeto ‘Mania de Ler’ distribui 6.930 livros em 2012 no Amazonas, diz SEC

0

'Estações de Leitura' já estão disponíveis em diversos locais da capital e do interior e integram o programa 'Mania de Ler' (Foto: Carla Lima/Press Comunicação)
‘Estações de Leitura’ já estão disponíveis em diversos locais da capital e do interior e integram o programa ‘Mania de Ler’ (Foto: Carla Lima/Press Comunicação)

Projeto proporciona ler e conhecer clássicos da literatura nacional e mundial.

Publicado no G1

O Aeroporto Eduardo Gomes, a Feira do Produtor do Santo Antônio, o CAIC Moura Tapajós, a Penitenciária Feminina de Manaus e shoppings da cidade são os novos endereços onde será possível encontrar, ler e conhecer clássicos da literatura nacional e mundial nas ‘Estações de Leitura’, unidades móveis de estantes com livros já disponíveis em diversos locais da capital e do interior do Amazonas que integram o programa de incentivo à leitura ‘Mania de Ler’ da Secretaria de Estado da Cultura do Amazonas (SEC-AM).

Com as 27 novas unidades entregues nesta quarta-feira (12) pela secretaria, em um total de 2.970 livros, o projeto encerra o ano com 63 caixas e 6.930 livros em todo o Estado. “Este é um exemplo da política estadual de democratização da cultura, do conhecimento e do saber para o maior número de pessoas em quaisquer lugares que estejam”, afirmou o titular da pasta, Robério Braga.

Com seis unidades atendidas pelo projeto, todas destinadas ao atendimento de adolescentes que cumprem medidas socioeducativas ou de mulheres que tiveram os direitos violados, a titular da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Seas), Regina Fernandes, celebrou a iniciativa por incluir, entre os beneficiados, parcelas da sociedade esquecidas por projetos de inclusão e difusão de cultura e educacional. “Tenho certeza de que os efeitos positivos serão imediatos e indispensáveis na ressocialização destas pessoas”, explicou.

Além das ‘Estações de Leitura’, agora disponível na Cadeia Feminina de Manaus (com 110 livros), nove unidades da Sejus como as cadeias Raimundo Vidal Pessoa e as unidades prisionais Antônio Trindade, Anísio Jobim e Puraquequara receberam ampliação e atualização de seus acervos com 300 livros cada uma.

Campanha “Natal com Livros” da Cooperifa vai distribuir 8 mil livros

0


Campanha de incentivo à leitura. Venha pegar o seu livro. Venha ajudar a distribuir.

A Campanha Natal com livros da Cooperifa vai distribuir 8000 livros na região.

Os livros foram doados por várias pessoas e amigos do Sarau da Cooperifa neste ano.
A Revista TRIP promoveu uma festa “Prêmio TRIP Transformadores” no Cine Jóia onde os livros foram arrecadados na entrada.
Também haverá distribuição dos livros do projeto “De mão em mão”, parceria a da Secretaria Municipal de Cultura, Editora da Unesp e Imprensa Oficial.
Outros livros foram doados pela Global Editora.

Uma grande festa com escritores, poetas, artistas e frequentadores do Sarau da Cooperifa presenteando a comunidade com livros num grande ato de incentivo à leitura. Partcicipe.

Dia 15 de dez 11hs

Largo de Piraporinha (Zona Sul)
Periferia São Paulo

Saiba mais aqui.
Dica do Will Carvalho
Go to Top