Laurentino transformou a história do Brasil em best-seller. Foto: Divulgação.

Laurentino transformou a história do Brasil em best-seller. Foto: Divulgação.

Jonatan Silva, no Contracapa

O jornalista e escritor paranaense Laurentino Gomes anunciou nesta semana que publicará uma trilogia sobre os tempos da escravidão no Brasil. Prevista para sair em 2019, a série ficará a cargo da Globo Livros e deverá ser concluída somente em 2021 ou 2022.

Laurentino, que é autor de 1808, sobre a chegada da Família Real ao Brasil, 1822, que trata da Independência do Brasil, e 1889, que narra a proclamação da República, afirmou que o período escravocrata brasileiro “é o mais importante da nossa história”, mas ainda não está resolvido.

“Como são livros-reportagem, vou percorrer três continentes – África, Europa e Américas – com o objetivo de entrevistar pessoas e visitar dezenas de lugares relacionados à história da escravidão, como os pontos de onde partiam os navios negreiros na costa da África e as regiões de desembarque no Brasil, no Caribe e nos Estados Unidos”, diz Gomes.

Jabuti

1808, 1822 e 1891 ganharam o Jabuti de livro-reportagem e acabaram levando, também, o troféu de Livro do Ano de Não Ficção.