Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged 2015

Total de inscritos no Enem este ano é 11,19% inferior a 2014

0

enemPublicado em UOL

O número de inscritos no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) em 2015 atingiu 7.746.057, marca 11,19% inferior à registrada no ano passado pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), relata a Agência Brasil. Uma queda no total de candidatos do Enem em termos anuais não é registrada desde 2007.

A retração do número de estudantes que realizarão o Enem neste ano já tinha sido constatada em junho, quando o governo já tinha apurado uma redução de 10,67% ante 2014. O exame será realizado nos dias 24 e 25 de outubro.

Ministro da Educação, Cid Gomes quer Enem online ainda este ano

0

cid-gomes-elza-fiuza-abr

Publicado no UOL

O ministro da Educação, Cid Gomes, quer o Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) online em funcionamento ainda em 2015. Segundo ele, a consulta pública sobre o novo formato da prova, que funciona como vestibular para grande parte das universidades públicas e privadas do país, será aberta em março.

“Eu dei um prazo de dois anos, mas quero que neste ano a gente já consiga fazer um Enem online”, disse o ministro ontem. A ideia de Gomes é criar um grande banco virtual de questões da prova, com acesso livre para consultas e estudos.

No momento da prova, feita em salas credenciadas pelo MEC, seriam sorteadas perguntas para cada candidato. Como o teste é de múltipla escolha, o resultado sairia instantaneamente.

Para tornar a ideia realidade, de acordo com Gomes, é necessário aumentar o banco nacional de questões do Enem. O ideal, diz ele, seriam 8 mil questões para cada uma das quatro grandes áreas (Ciências Humanas, Ciências Naturais, Linguagens e Matemática) – 32 mil no total. Gomes não informou quantos itens tem o atual banco do MEC, mas disse que o número está bem longe da meta pretendida.

Outra ideia do ministro é que os candidatos possam escolher o tema da redação em uma lista de quatro ou cinco propostas. Atualmente, o tema é único para praticamente todos os participantes – quem está privado de liberdade escreve sobre outro assunto.

Transformações

Com o Enem online, o MEC pretende reduzir esforços e gastos com a logística de aplicação do teste, além de diminuir as possibilidades de fraudes. Em 2014, o exame foi aplicado simultaneamente para 6,2 milhões de candidatos em todo o Brasil.

O Enem online ainda atende a uma demanda antiga, de mais de uma edição da prova por ano. O novo formato é inspirado no SAT, exame similar ao Enem aplicado nos Estados Unidos.

Segundo Gomes, o novo banco de itens também faz parte da construção do currículo único para a educação básica. “Essa discussão do banco de quesitos para o Enem está umbilicalmente ligada à Base Nacional Comum, que tem prazo para ser terminada no fim do ano que vem”, apontou.

10 livros que te ajudam a ganhar mais dinheiro em 2015

0

Leitura recomendada

Livro / Freeimages.com

Livro / Freeimages.com

Marília Almeida, na Exame

São Paulo – Livros são boas fontes de informação para quem deseja conhecer melhor o universo das finanças, principalmente em momentos de incertezas sobre a economia.

Os dez títulos selecionados por EXAME foram lançados recentemente, entre o final de 2013 e ao longo do ano passado. Mas quem quiser se aprofundar ainda mais também pode conferir a lista de alguns livros mais antigos, considerados essenciais para quem quer começar a investir.

As sugestões servem tanto para quem quer se livrar de dívidas e organizar melhor o orçamento doméstico, como para quem pretende iniciar novos investimentos ou aprimorar seus conhecimentos sobre as aplicações financeiras.

As publicações também mostram tendências que têm impacto sobre as aplicações e explicam conceitos econômicos e termos utilizados no mercado financeiro.

Confira as sugestões a seguir e tenha uma boa leitura.

Livro “Adeus aposentadoria”, de Gustavo Cerbasi, publicado pela Editora Sextante

Divulgação/Editora Sextante

Divulgação/Editora Sextante

“Adeus Aposentadoria”
Autor: Gustavo Cerbasi
Editora: Sextante

Para Gustavo Cerbasi, consultor financeiro e autor do livro “Casais inteligentes enriquecem juntos“, o conceito de aposentadoria está mudando.

O aumento da expectativa de vida dos brasileiros e a redução dos benefícios previdenciários pagos pelo governo restringem a renda na fase mais avançada na vida e, portanto, tornam ainda mais importante a preocupação com os investimentos para conquistar a tranquilidade financeira nesse período.

O autor explica como é possível se preparar para obter renda suficiente para a aposentadoria e quais são as melhores opções de aplicações financeiras para o longo prazo.

Livro “Em busca do Tesouro Direto”, de Samy Dana e Michel Longuini, publicado pela editora Saraiva

Divulgação/Editora Campus Elsevier

Divulgação/Editora Campus Elsevier

“Em Busca do Tesouro Direto”
Autores: Samy Dana e Michel Longuini
Editora: Saraiva

O livro explica como funciona o investimento nos títulos do Tesouro Nacional e quais são as diferenças entre as opções disponíveis no Tesouro Direto, plataforma de compra e venda dos títulos.

Criado em 2002, o Tesouro Direto vendeu mais de 14 bilhões de reais em títulos no ano passado. A aplicação de baixo risco é uma boa opção para investidores que buscam retornos maiores do que a poupança e não gostam de correr muito risco.

O livro mostra o funcionamento dos títulos nos mínimos detalhes e utiliza conceitos de matemática financeira para explicar as formas de remuneração dos títulos.

É uma leitura essencial para quem pretende investir nos títulos públicos por conta própria, sem depender do auxílio de consultores financeiros.

Livro “Finanças pessoais: o que fazer com o meu dinheiro”, de Marcia Dessen, publicado pela Editora Trevisan

Divulgação/Editora Trevisan

Divulgação/Editora Trevisan

“Finanças pessoais: o que fazer com o meu dinheiro”
Autora: Marcia Dessen
Editora: Trevisan

Marcia Dessen, autora de artigos e livros de finanças pessoais e diretora do Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF), explica nesse guia como planejar o uso do dinheiro, investir, encarar dívidas e ter tranquilidade financeira no futuro.

Livro “Tudo ou Nada. Eike Batista e a verdadeira história do Grupo X”, de Malu Gaspar, lançado pela editora Record

Divulgação/Editora Record

Divulgação/Editora Record

“Tudo ou Nada. Eike Batista e a verdadeira história do Grupo X”
Autora: Malu Gaspar
Editora: Record

A trajetória do ex-bilionário Eike Batista, protagonista do maior escândalo financeiro do Brasil no ano passado, é contada pela jornalista Malu Gaspar, que tem passagens pela Revista Exame e pelo jornal Folha de S.Paulo e é editora da revista Veja.

Malu cobriu a ascensão e decadência do grupo “X” nos últimos oito anos e explica como o empresário convenceu investidores e utilizou a bolsa de valores para levantar bilhões de reais.

A autora também busca comprovar, com base em documentos, que o empresário sabia que estava divulgando informações fantasiosas a investidores quando suas empresas começaram a dar prejuízo.

Eike é investigado por crimes contra o mercado financeiro e levou pequenos investidores a perderem dinheiro com ações de suas empresas.

O livro serve como alerta para quem aplica na Bolsa, ou pretende começar a investir em ações.

Livro “Flash boys: revolta em Wall Street”, de Michael Lewis, publicado pela editora Intrínseca

Divulgação/Editora Intrínseca

Divulgação/Editora Intrínseca

“Flash boys: Revolta em Wall Street”
Autor: Michael Lewis
Editora: Intrínseca

O jornalista americano Michael Lewis conta nesse livro a trajetória do canadense Brad Katsuyama, que chegou à conclusão de que computadores podem competir com grandes investidores nos investimentos em bolsa.

Katsuyama começou a trabalhar como funcionário de uma corretora em Wall Street a partir de 2008, aos 29 anos, e, desde então, estuda como o uso de softwares e computadores potentes está mudando o modo de investir em ações no mundo.

A tecnologia já permite emitir ordens de compra e venda de papéis em milésimos de segundos. Dessa forma, é possível ampliar ganhos na bolsa com pequenas e rápidas distorções de preços.

Essas operações, chamadas de trades de alta frequência, já sofreram restrições de órgãos reguladores em alguns países, que temem que as transações aumentem a especulação no mercado acionário, o que pode ter impacto negativo para quem investe na bolsa.

Livro “How to speak money“, de John Lanchester, publicado pela Faber & Faber

Divulgação/Faber %26 Faber

Divulgação/Faber %26 Faber

“How to speak money “
Autor: John Lanchester
Editora: Faber & Faber

Os termos e conceitos usados no mercado financeiro parecem muito complicados? O escritor inglês, autor do best seller sobre a crise econômica de 2008 “I.O.U”, busca traduzir nesse livro os principais jargões utilizados por bancos, corretoras e gestoras de investimentos.

Com uma linguagem leve para manter a atenção do leitor, ele explica desde conceitos mais simples, que podem fazer parte de um financiamento ou contrato de cartão de crédito, até termos mais sofisticados, que se tornaram mais conhecidos durante a crise.

O objetivo do autor é fazer com que clientes de bancos e investidores se sintam menos intimidados por esses conceitos e possam questionar e entender melhor o que está previsto em contratos de serviços financeiros e investimentos.

A versão digital em inglês do livro pode ser adquirida em sites que atuam no Brasil.

Livro “Risk Savvy: How to Make Good Decisions”, de Gerd Gigerenzer, publicado pela Viking Adult

Divulgação/Viking Adult

Divulgação/Viking Adult

“Risk Savvy: How to Make Good Decisions”
Autor: Gerd Gigerenzer
Editora: Viking Adult

Psicólogo alemão especialista em risco, o autor demonstra como tomar boas decisões no mercado financeiro e com relação a diversos assuntos, como saúde e relacionamentos.

Para isso, recomenda regras simples que podem diminuir a necessidade de uma grande quantidade de informação ao mesmo tempo em que evitam riscos.

A versão em inglês do livro, tanto impressa como digital, pode ser comprada pela internet.

Livro “Investir em Imóveis. Entenda os segredos práticos desse mercado”, de Gilberto Benevides e Wang Chi Hsin, publicado pela editora Évora

Divulgação/Editora Évora

Divulgação/Editora Évora

“Investir em Imóveis. Entenda os segredos práticos desse mercado”
Autores: Gilberto Benevides e Wang Chi Hsin
Editora: Évora

Os autores, um engenheiro civil e um arquiteto, listam no livro cuidados que devem ser tomados por quem pretende comprar um imóvel para morar ou investir.

O livro também busca responder dúvidas sobre qual o melhor tipo de imóvel, como se relacionar com corretores e como escolher a unidade mais adequada.

Livro “Macroeconomia para executivos”, de Fabio Giambiagi e Cristiane Schmidt, publicado pela editora Campus Elsevier

Divulgação/Editora Campus Elsevier

Divulgação/Editora Campus Elsevier

“Macroeconomia para executivos”
Autores: Fabio Giambiagi e Cristiane Schmidt
Editora: Campus Elsevier

Entender conceitos macroeconômicos, como inflação e juros, auxilia na análise sobre onde investir.

Além de traduzir o “economês” de cada termo, os autores demonstram como os indicadores de atividade econômica têm impacto no cotidiano. Para isso, utilizam linguagem simples e didática, além de exemplos concretos.

Livro “Microeconomics: A Very Short Introduction”, de Avinash Dixit, publicado pela Oxford University

Divulgação/Oxford University

Divulgação/Oxford University

“Microeconomics: A Very Short Introduction”
Autor: Avinash Dixit
Editora: Oxford University

O professor de economia da universidade americana de Princeton explica no livro como entender conceitos microeconômicos, que têm impactos no cotidiano e devem ser monitorados por quem precisa tomar decisões financeiras.

Para o autor, entender essa esfera da ciência econômica, que estuda o comportamento de indivíduos e empresas com relação a investimentos e ao consumo de produtos e serviços, é tão importante quanto analisar dados macroeconômicos, como o crescimento do país.

A versão digital em inglês do livro pode ser comprada pela internet.

Warren Buffett, presidente da Berkshire Hathaway:

Rick Wilking/Reuters

Rick Wilking/Reuters

Agora veja 8 conselhos de grandes investidores para enriquecer

8 lições de lendas do mercado financeiro para ganhar dinheiro

Obras literárias pernambucanas apostam em erotismo, dramas pessoais e biografias

0

Vem por aí lançamentos de Camila Wander, Stéphane Chao e Raimundo Carrero, Antônio Campos e Ana Maria de Araújo Freire

Da esquerda para a direita: Clarice Freire, Camila Wander e Raimundo Carrero lançam livros neste ano. Crédito: Colagem/Diario de Pernambuco

Da esquerda para a direita: Clarice Freire, Camila Wander e Raimundo Carrero lançam livros neste ano. Crédito: Colagem/Diario de Pernambuco

Fellipe Torres, no Diário de Pernambuco

A protagonista é impotente, meio burra. O par romântico tem poderes de sedução quase paranormais. Ao se encontrarem, sexo, sexo, sexo… e chega ao fim Cinquenta tons de cinza. Apesar da crítica antecipada disparada contra o enredo, a pedagoga Camila Wander, 26, estará na estreia do filme, daqui a um mês. Vai observar a “concorrência”.

Há dois anos, a recifense leu e reprovou o best-seller de E.L. James (100 milhões de cópias vendidas). Achou falso, americanizado. Na internet, disponibilizou de graça a própria história erótica, com personagens bem brasileiros, “normais, inteligentes”. Quatro milhões de leituras depois, a autora diz ter sido disputada por oito editoras. Em março, lança nacionalmente O safado do 105, com tiragem entre três e cinco mil cópias.

Se o caso da pernambucana soar inverossímil, basta lembrar a trajetória da escritora britânica. Até 2010, não havia publicado absolutamente nada, e em pouco tempo fez sucesso na web com versão erótica do drama Crepúsculo. Feitos os ajustes necessários, surgiu a trilogia. Segundo a Forbes, E.L. James lucrou US$ 95 milhões em 2013 e US$ 10 milhões no ano passado. “Depois do boom de Cinquenta tons, o gênero se consolidou. Abriu espaço para muita gente. Publicar uma autora com esse perfil, ainda mais do Nordeste, é um ótimo sinal para o mercado”, diz a editora de ficção da Planeta, Márcia Pereira.

Outro estreante na literatura produzida no estado, Wander Shirukaya fez o caminho contrário. Principal vencedor do 2º Prêmio Pernambuco de Literatura, o morador de Itambé, na Mata Norte, foi primeiro consagrado pela crítica especializada. Em janeiro, o livro Ascensão e queda chega ao público, em edição da Cepe. Hoje professor de inglês, ele rememorou os anos de guitarrista de banda de rock para engendrar o romance, que acompanha a decadência de um grupo após o suicídio do líder.

Embora seja permeada de referências à cultura pop, a narrativa se concentra nas maneiras de lidar com a morte de um ente próximo. Revela, ainda, a relação entre o desejo da fama e as frustrações naturais da carreira. “Atuar como músico me fez encarar diferente o glamour vendido pela mídia, lidar com a demora ou com a falta de reconhecimento, seja no rock ou na literatura”. O prêmio do Governo do Estado também vai editar livros de Helder Herik, Tadeu de Melo e Rômulo César Lapenda.

+Vem por aí

Romances

O ensejo de Valentina, de Adriano Portela. Segundo romance do escritor é protagonizado por mulher que confunde devaneios com vida real. A narrativa distópica desvela os problemas sociais de um império. Entre os personagens, Jorge Luiz Borges e Gilberto Freyre. A fábula de Dualina e Mar de sangue, de Arnaud Matoso. O escritor publica pela Chiado Editora duas ficções. Uma narra o resgate de um surfista por uma sereia. A outra, ambientada em 2016, imagina ataques de tubarão na orla do Recife.

A editora de livros artesanais Mariposa Cartonera anunciou coleção com dez obras de escritores brasileiros contemporâneos. Até agora, o único anunciado foi o pernambucano Marcelino Freire. A publicação será possível a partir de financiamento coletivo pela plataforma www.kickante.com.br.

Não ficção

Boa Vista – Berço das artes plásticas pernambucanas, de Jacques Ribemboim e Wilton de Souza. A obra mostra como o bairro no centro do Recife foi o epicentro do furacão cultural que tomou conta da cidade entre os anos de 1930 e 1980.

Nordestes, de Stéphane Chao e Raimundo Carrero. Em coautoria com o agente literário, o escritor pernambucano revela a literatura nordestina muito além do regionalismo e mostra os caminhos tomados pela produção de grandes autores.

Paulo Freire – Uma história de vida, de Ana Maria de Araújo Freire. O selo Paz & Terra reedita a biografia do educador pernambucano reconhecido internacionalmente, escrita pela viúva de Paulo Freire.

O escritor e advogado Antônio Campos prepara biografia do avô, o ex-governador de Pernambuco Miguel Arraes de Alencar. A trajetória pessoal e política será contada em três volumes ilustrados, pela Editora Carpe Diem.

Obra ‘O Pequeno Príncipe’ vira domínio público em 2015

0
Reprodução

Reprodução

Publicação está entre os três livros mais vendidos no mundo.

Publicado no Almanaque

A obra literária “O Pequeno Príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, se tornou domínio público neste ano. A morte do autor do livro completou 70 anos em 2014.

Dessa forma, qualquer pessoa pode copiar, reproduzir ou criar obras derivadas do famoso livro sem infringir os direitos autorais.

A publicação foi traduzida para mais de 250 línguas e está entre os três livros mais vendidos do mundo. “O Pequeno Príncipe” foi publicado originalmente em 1943 e conta a história de um piloto cujo avião cai no Deserto do Saara, onde encontra um personagem que o leva para uma jornada filosófica.

A pintura “O Grito”, de Edvard Munch, também se tornou domínio público em 2015.

Go to Top