Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged 2020

‘Morte no Nilo’: Sequência de ‘Assassinato no Expresso Oriente’ é adiada para 2020

0

Rafaela Gomes, no CinePop

A sequência de ‘Assassinato no Expresso Oriente’, intitulada ‘Morte no Nilo’, teve sua estreia adiada para 2020. A mudança seria em virtude da formalização do acordo de compra da Fox, por parte da Disney.

Segundo o THR, para facilitar a migração das futuras produções da Fox para o calendário de lançamentos dos longas originais da Disney, o estúdio optou por se adiantar e alterar a estreia de ‘Morte do Nilo’, que originalmente chegaria aos cinemas em 20 de dezembro de 2019.

Com o adiamento, a sequência vai estrear quase um ano depois, em 02 de outubro de 2020.

Kenneth Branagh retorna como diretor, assim como Michael Green como roteirista.

As filmagens devem começar na primavera norte-americana de 2019 (outono brasileiro), no Reino Unido.

‘Morte no Nilo’ foi publicado em 1937, apenas três anos depois de ‘Assassinato no Expresso Oriente’. Na trama, o detetive Poirot descobre um assassinato no Rio Nilo enquanto passava as férias no Egito. A morte envolve um triângulo amoroso tumultuado.

A obra de Christie chegou a ser adaptada para os cinemas em 1978, mas fracassou nas bilheterias, faturando meros US$ 14 milhões. A adaptação, no entanto, conquistou um Oscar de Melhor Figurino.

Kuala Lumpur é eleita ‘Capital Mundial dos Livros 2020’

0

Unesco elege Kuala Lumpur ‘Capital Mundial dos Livros’ de 2020 | © Divulgação / Unesco

Na sua candidatura, a cidade defendeu que ‘uma cidade que lê é uma cidade que cuida’

Publicado no Publishnews

Nessa semana, a cidade de Kuala Lumpur foi nomeada pela Unesco como Capital Mundial dos Livros de 2020. De acordo com o órgão das Nações Unidas, a cidade foi escolhida por colocar em seu foco principal a educação inclusiva, o desenvolvimento de uma sociedade baseada no conhecimento e a leitura acessível para toda a sua população.

O programa de candidatura da cidade foi calcado em quatro pilares: leitura em todas as formas, desenvolvimento da indústria editorial, inclusão e acessibilidade digital e empoderamento das crianças por meio da leitura.

Dentre as ações que serão empreendidas pela cidade estão a construção de uma “cidade do livro”, a Kota Buku Complex; uma campanha de leitura para usuários dos trens; desenvolvimento dos serviços digitais e acessibilidade para a Biblioteca Nacional da Malásia e a implantação de algo semelhante em 12 bibliotecas localizadas em áreas pobres da cidade.

Com isso, a cidade quer promover a cultura da leitura e da inclusão. “Uma cidade que lê é uma cidade que cuida”, argumentou a cidade na sua candidatura.

O ano do “reinado” de Kuala Lumpur começa oficialmente em 23 de abril de 2020. Lembrando que, em 2018, a Capital Mundial dos Livros é Atenas e, no ano que vem, será a vez de Sharjah.

Omar Sy será Arsène Lupin em nova série francesa da Netflix

0

Mariana Canhisares, no Omelete

A Netflix encomendou uma nova série original francesa, estrelada por Omar Sy, de acordo com o Deadline. Conhecido pelo filme Intocáveis, o ator interpretará Arsène Lupin, o famoso ladrão dos livros de Maurice Leblanc.

As obras com o personagem já viraram filmes e séries em algumas ocasiões, mas esta será a primeira vez que Lupin será vivido por um ator negro.

A adaptação será contemporânea e tem previsão de estreia para 2020.

Doutor Sono: Rebecca Ferguson é escalada na sequência de O Iluminado

0

Foto: Pascal Le Segretain

Ewan McGregor interpreta a versão adulta de Danny Torrance.

Renato Furtado, no Adoro Cinema

Doutor Sono, a aguardada adaptação da continuação de O Iluminado, já encontrou sua protagonista feminina: de acordo com informações da Variety, Rebecca Ferguson (Missão Impossível: Nação Secreta) vai estrelar o terror ao lado de Ewan McGregor, que viverá a versão adulta de Danny Torrance, o menino que é perseguido por Jack Nicholson no clássico de Stanley Kubrick. Maiores informações sobre a personagem da recém-contratada ainda não foram divulgadas.

Em “Doutor Sono” (ed. Suma de Letras), o mestre do horror Stephen King dá sequência à saga da família Torrance ao examinar Dan se tornar um reflexo de seu pai. Quando finalmente se cura de seu alcoolismo, os poderes psíquicos do protagonista retornam e, por causa deles, Dan ganha a habilidade de oferecer conforto para pacientes terminais – o poder logo lhe dá a alcunha de Doutor Sono. Entretanto, quando seu caminho se cruza com o de uma jovem com dons similares, nada mais será o mesmo para o protagonista.

Com Mike Flanagan na direção, cineasta responsável por levar outra narrativa de King às telas – no caso, da Netflix -, Jogo Perigoso, Doutor Sono tem estreia prevista para o dia 21 de janeiro de 2020.

Finlândia deve acabar com as disciplinas escolares até 2020

0
Escola na Finlândia: modelos convencionais de ensino podem estar com os dias contados - Olivier Morin / Agência O Globo

Escola na Finlândia: modelos convencionais de ensino podem estar com os dias contados – Olivier Morin / Agência O Globo

 

Sabine Riguetti, na Folha de S.Paulo

Famosa por criticar o formato antiquado das escolas, a chefe de educação de Helsinki, capital da Finlândia, Marjo Kyllonen, anunciou na imprensa internacional que pretende abolir as disciplinas nas escolas.

A ideia é que até 2020 todas as escolas finlandesas trabalhem por projetos agregando os conteúdos no lugar de dividir o conhecimento em caixinhas: de física, de línguas, de matemática. A proposta será de um ensino totalmente interdisciplinar.

Se a mudança der certo, a Finlândia será o primeiro país do mundo oficialmente a acabar com as disciplinas –algo que própria Marjo chamou de uma “revolução na educação”.

A proposta pode se espalhar mundo afora: a Finlândia está no topo das avaliações internacionais de educação e inspira políticas públicas de vários países.

POR PROJETOS

Hoje, algumas escolas de elite do mundo da Europa, da Ásia e dos Estados Unidos já fazem experimentos interdisciplinares no chamado ensino por projeto. Funciona assim: os alunos têm de criar produtos ou soluções usando conhecimentos de várias disciplinas simultaneamente.

Isso acontece principalmente nos laboratórios –e o movimento já chegou ao Brasil: o tradicional colégio Bandeirantes acaba de anunciar que a partir de 2017 os laboratórios de física, de química, de biologia e de artes serão integrados em um único espaço com vários docentes.

A eliminação total de disciplinas ministradas em salas de aula, no entanto, como propõe a Finlândia, é uma novidade.

Os professores daquele país já estão sendo preparados para mudança, afinal, eles ainda são formados em áreas do conhecimento.Na Finlândia, a formação de professor inclui várias etapas de residência na escola –como fazem os estudantes de medicina– e vai até o nível do mestrado.

“Você iria a um médico que usa tecnologia do século 19? Eu não”, disse Marjo em entrevista recente. Especialista em “educação do futuro”, ela sempre destaca o aspecto retrógrado da nossa educação.

No Brasil, o excesso de disciplinas voltou a ser assunto com a proposta recente de reforma do ensino médio o governo federal. Hoje, algumas etapas da educação básica, como o ensino médio chegam, a ter 13 disciplinas diferentes. A ideia, agora, é concentrar os conteúdos em quatro grandes áreas: linguagens, ciências humanas, ciências da natureza e matemática. É assim que funciona, hoje, o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio).

Go to Top