Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged acusa

Academia Sueca confirma vazamento de vencedores do Nobel de Literatura

0

Fachada da Academia Sueca, em Estocolmo – JONATHAN NACKSTRAND / AFP

Instituição prometeu reformular regras para evitar incidentes semelhantes

Publicado em O Globo

RIO – A Academia Sueca, responsável pelo Nobel de Literatura, confirmou nesta sexta-feira que os nomes de alguns vencedores passados foram vazados. A instituição prometeu reformular as regras do prêmio.

LEIA MAIS: Nobel vive crise com caso de assédio sexual e vazamento de vencedores

Também disse que as acusações de má conduta sexual envolvendo um homem casado e uma integrante da entidade não eram conhecidas de “forma generalizada” dentro da Academia.

Foi durante a investigação do escândalo sexual contra o fotógrafo Jean-Claude Arnault que surgiram as alegações sobre o vazamento dos vencedores anteriores. Agora, a Academia, fundada em 1786, contratou uma empresa para investigar o incidente.

“A investigação mostra que houve violação de regras de confidencialidade da Academia em relação ao trabalho do Prêmio Nobel de Literatura”, disse a instituição em comunicado.

A fonte do vazamento não foi identificada.

A investigação também mostrou que houve “comportamente inaceitável, na forma de ato íntimo indesejado” por parte do homem. O caso, no entanto, não era “amplamente conhecido” dentro da Academia. O relatório sobre as descobertas será entregue às autoridades.

O advogado de Arnault não comentou o assunto. Em outras ocasiões, ele afirmou que seu cliente nega as acusações.

Escritor de Os 13 Porquês é expulso de associação literária por assédio sexual

0

Pedro Prado, no Pipoca Moderna

Jay Asher, autor do best-seller “Os 13 Porquês”, foi expulso de uma organização proeminente de escritores após sofrer acusações de assédio sexual.

Lin Oliver, diretora executiva da Sociedade de Escritores e Ilustradores de Livros para Crianças, disse à Associated Press na segunda-feira (12/2) que Asher violou o código de conduta da associação. Ele foi banido no ano passado, mas a notícia só veio à tona com a ascensão do movimento #MeToo. Asher e o premiado ilustrador David Diaz, que também foi expulso da organização, foram mencionados com freqüência em um recente tópico de comentários no School Library Journal sobre assédio no universo da literatura infantil.

“Tanto Jay Asher quanto David Diaz foram enquadrados por terem violado o código de conduta da Sociedade em relação ao assédio”, escreveu Oliver num email enviado ao site The Hollywood Reporter. “As denúncias contra eles foram investigadas e, como resultado, eles não são mais membros e nem aparecerão em eventos da Sociedade no futuro”.

As editoras de Asher e Diaz não tiveram nenhum comentário, nem os casos que causaram as expulsões foram publicamente detalhados.

Asher disse à BuzzFeed News na segunda-feira que ele saiu voluntariamente da associação e se sentia como se tivesse sido “jogado sob um ônibus”. “É muito assustador, quando você sabe que as pessoas não vão acreditar em você”, disse ele. “Eu me sinto muito em conflito sobre isso, por causa do que está acontecendo na cultura, a respeito de quem se acredita e quem não se acredita”.

Além da expulsão da Sociedade de Escritores e Ilustradores de Livros para Crianças, Asher também teve a participação numa conferência da Federação de Escritores de Oklahoma cancelada. “O Sr. Asher negou as acusações, mas, no final, entendeu nossa decisão de seguir uma direção diferente”, disse a diretora de relações públicas da federação, Jennifer McMurrain.

“Os 13 Porquês”, primeiro livro de Asher, foi adaptado numa série bem-sucedida da Netflix, produzida pela cantora Selena Gomez. Com o título original de “13 Reasons Why”, a produção fez tanto sucesso que ganhou encomenda de uma 2ª temporada, embora toda a história do livro já tenha sido contada. Além do tema central de suicídio adolescente, a série também inclui passagens de agressão e assédio.

A Netflix não respondeu aos contatos do THR sobre se as alegações contra o escritor afetariam o status da série.

Escritora peruana acusa Disney de plágio por “Frozen”

0

Segundo Isabella Tanikumi, a história da animação “Frozen: Uma Aventura Congelante” seria cópia do seu livro autobiográfico, lançado em 2010

História do filme da Disney teria surgido a partir de livro autobiográfico

História do filme da Disney teria surgido a partir de livro autobiográfico

Publicado em O Tempo

A escritora Isabella Tanikumi entrou na Justiça contra a Disney, acusando-a de plágio. Segundo a peruana, a história da animação “Frozen: Uma Aventura Congelante” seria cópia do seu livro autobiográfico, lançado em 2010. As informações foram publicadas pelo site americano “TMZ”.

O sucesso de bilheteria da Disney não teria surgido a partir do conto “The Snow Queen”, de Hans Christian Andersen, mas, sim, da própria história de vida da autora. Isabella afirmou que os personagens e os enredo da animação são plágio do seu livro “Yearnings of the Heart” (“Os Anseios do Coração”, em tradução livre).

Na obra literária, a escritora revela detalhes da sobrevivência da família a um terremoto em 1970 e conta como foi crescer nas montanhas andinas do Peru. Isabella relata ainda sobre seus conflitos pessoais que teve que enfrentar na época da morte de sua irmã, Laura.

Por outro lado, “Frozen: Uma Aventura Congelante” conta a história de Elsa, que tem poderes especiais ligados ao gelo. No filme, a personagem machuca a irmã caçula, Anna, acidentalmente, por causa da sua capacidade de transformar os objetos em gelo. Por isso, passa por dilemas, tendo que se afastar da família. A animação foi premiada no Oscar desse ano, na categoria de melhor trilha sonora, com a música “Let it go”, e chegou a faturar US$ 1,2 bilhão em todo o mundo.

Go to Top