Alien

Alien

Terror e ficção científica encontram-se em Alien, livro de Alan Dean Foster que acaba de ser lançado pela Editora Aleph no BrasiL

Publicado no Cabine Cultural

Os filmes de ficção científica nunca mais foram os mesmos depois do lançamento de Alien, o oitavo passageiro, produção de 1979, dirigida por Ridley Scott. Estava sendo inaugurada ali uma mistura mais que perfeita de sci-fi com terror, suspense e drama. Virou um clássico, uma obra-prima da sétima arte, e que merecidamente ganhou neste mês uma versão impressa através da mente criativa do autor Alan Dean Foster.

Alien, a novelização do grande clássico de Scott, chega às livrarias pela editora Aleph, já famosa por abraçar tão bem o gênero. Escrita por Alan Dean Foster, aclamado autor de livros de Star Wars e Transformers, a obra explora todo o universo da versão original, aprofundando a descrição dos personagens e incluindo cenas que não foram exibidas nas telonas.

Numa primeira leitura já dá para perceber que o livro consegue ser tão atemporal quanto o filme. A atmosfera é a mesma, recheada de novas informações, que só aumentam a experiência literária do leitor. Não que fosse difícil fazer o leitor se interessar por uma história como a de Alien, mas definitivamente o que Alan Dean Foster fez foi algo acima do esperado.

O livro é um presente para os fãs da franquia.

Extras
No livro os leitores encontrarão alguns extras, como uma nota do autor exclusiva para a edição brasileira e duas entrevistas do jornalista Danny Peary, que estão na obra Omni’s Screen Flights/Screen Fantasies.

A primeira entrevista é com a atriz Sigourney Weaver, que interpretou a protagonista Ripley; a outra é com o diretor Ridley Scott, que conta suas inspirações e o processo de concepção de Alien. As entrevistas acrescentam muito à leitura e traz curiosidades sobre o processo criativo do filme.

Capa – Alien

Capa – Alien

Projeto gráfico
Outro detalhe que chama atenção assim que você se depara com o livro é o projeto gráfico, que recria a atmosfera sombria do primeiro filme. Criada pelo designer Pedro Inoue – o mesmo de outras obras-primas (Laranja Mecânica e 2001: Uma Odisseia no Espaço) – com ilustração do estúdio Two Dots – responsável pelas capas de Provação e Um novo amanhecer – a edição da Editora Aleph consegue surpreender os fãs da ficção científica que mudou a história dos filmes de terror.

A franquia Alien
No romance, sete tripulantes da nave mineradora Nostromo dormiam em sono criogênico enquanto aguardavam a chegada à Terra. Até que um estranho sinal de vida acorda toda a equipe, que se vê obrigada a investigar um planeta desconhecido. Ao encontrarem o responsável pelo contato, um alienígena selvagem e com ímpeto assassino, o horror e o suspense se espalham pela nave, causando o pior pesadelo que a tripulação poderia ter.

O roteirista do filme, Dan O’Bannon, escreveu Alien baseando-se em uma história criada em parceria com o autor Ronald Shusett. A obra foi inspirada em diversos contos de ficção científica e terror.

O sucesso do primeiro filme deu abertura para a criação de uma das maiores franquias do cinema. Atualmente, Alien é utilizado como premissa para livros, quadrinhos, ogos e colecionáveis.

Um presente mais que bem vindo à todos os fãs do filme, e de ficção científica, e de terror…