Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Alasca

Serie baseada em Quem é você, Alasca? tem data de estréia definida

0

Helder Gatti, no Mundo Hype

A serie baseada no livro Quem é Você, Alasca? de John Green já tem data de estreia definida para os Estados Unidos.

A série está sendo produzida pela plataforma de streaming Hulu e deve estrear em 18 de outubro de 2019.

A serie será estrelada por Kristine Froseth (de Sierra Burgess é uma Loser) e Charlie Plummer (Todo o Dinheiro do Mundo).

Charlie Plummer será Miles Halter, um adolescente que leva uma vida sem graça e sem muitas emoções na Flórida. Seu passatempo é memorizar as últimas palavras de grandes personalidades da história, e uma dessas personalidades, François Rabelais, um escritor do século XV, disse no leito de morte que ia em “busca de um Grande Talvez”.

E assim ele resolve ir atrás deste Grande Talvez, saindo da barra da saia dos pais e se matriculando em uma escola no Alabama, onde conhece Alasca Young (Kristine Froseth), uma menina descolada. Inteligente, engraçada, porém louca e enigmática.

Alasca vai tirar Miles de sua zona de conforto e juntos vão buscar o Grande Talvez.

A minissérie terá 8 episódios e ainda não temos informação de qual rede no Brasil irá exibi-la.

A certeza é que no Brasil existirá muito publico para a série, pois John Green é um dos autores mais lidos por aqui, desde o publico adolescente até o adulto. E com certeza, Quem é Você, Alasca? é um dos livros mais queridos de John Green por aqui, onde já teve diversas edições , inclusive uma em quadrinhos e a ultima em comemoração aos 10 anos de lançamento.

Quem é Você, Alasca? | Confira quem serão os protagonistas da série

0

Publicado no Entreter-se

O escritor John Green fez um grande sucesso com seus livros, você provavelmente o conhece por A Culpa é das Estrelas e Cidade de Papel, que foram adaptados para as telinhas.

Mais um livro do autor será adaptado, dessa vez para uma série que será produzida pelo Hulu, será Quem é Você, Alasca?

Kristine Froseth (Sierra Burgess é uma Loser) será Alaska e Charlie Plummer (Todo o Dinheiro do Mundo) será Miles.

Mandatory Credit: Photo by Jordan Strauss/Invision/AP/REX/Shutterstock (9296931bq)
Charlie Plummer
World Premiere of “All the Money in the World”, Beverly Hills, USA – 18 Dec 2017

Green também revelou que falou com os atores por telefone e gostou muito de ambos. Disse que está grato a todos envolvidos com a série e que tudo está começando a parecer mais real.

Quem é Você, Alasca? foi publicado em 2005 e será adaptado para uma minissérie de oito episódios. Ainda não há data de estréia.

Livro “Quem é Você, Alasca?” não vai virar filme, mas será transformado em série!

0

 

E os co-criadores de “Gossip Girl” estão envolvidos!

Guilherme Assumpção, no Purebreak

Lembra quando todo mundo queria que “Quem É Você, Alasca?” virasse filme, assim como rolou com “A Culpa é das Estrelas” e “Cidades de Papel”? Pois é, as expectativas eram altas… até John Green jogar um balde de água fria nos fãs e garantir que isso não iria acontecer. Porém, agora, o jogo virou e a história será SIM adaptada, mas no formato de série limitada! É ou não é motivo pra comemorar?

Segundo o site Deadline, Josh Schwartz (criador de “Gossip Girl” e “The OC”) e Stephanie Savage (co-criadora de “Gossip Girl” e “Dynasty”) serão os responsáveis por transformar “Quem É Você, Alasca?” numa série de oito episódios. A novidade será transmitida pelo Hulu, mesmo serviço de streaming que exibe os sucessos “The Handmaid’s Tale”, “Casual” e “Runaways”.

Vale lembrar que John Green já compartilhou a sua vontade de ver Taylor Swift como a grande protagonista de “Quem É Você, Alasca?”. Será que a dona do álbum “Reputation” ainda está cotada para o papel?

Autor de ‘A culpa é das estrelas’ tem 3 livros no top ten do Brasil em 2014

1
O escritor americano John Green, autor de 'A culpa é das estrelas' (Foto: Divulgação/Intrínseca)

O escritor americano John Green, autor de ‘A culpa é das estrelas’ (Foto: Divulgação/Intrínseca)

John Green emplacou ainda ‘Quem é você, Alasca?’ e ‘Cidades de papel’.
Biografia ‘Nada a perder (Vol. 3)’ lidera o ranking do site PublishNews.

Publicado no G1

O escritor americano John Green emplacou três livros no top ten de obras mais vendidas no Brasil em 2014, segundo o PublishNews. O site, que monitora o mercado editorial no país, destaca em seu ranking anual as obras “A culpa é das estrelas” (2º lugar, com 639.502 exemplares vendidos até 19/12), “Quem é você, Alasca?” (5º lugar, com 161.954 exemplares) e “Cidades de papel” (7º lugar, com 143.404 exemplares).

O mais vendido do ano, com 752.793 exemplares, foi “Nada a perder 3”, último volume da autobiografia de Edir Macedo. O pódio tem, por fim, o volume de autoajuda “Ansiedade: Como enfrentar o mal do século”, de Augusto Cury, com 346.543 exemplares.

Outro destaque da lista é “Não se apega, não”, obra de autoajuda juvenil assinada pela jovem escritora mineira Isabela Freitas. Com 130.054 exemplares, foi o 8º no ranking, seguido por um clássico das listas de best-sellers: “O pequeno príncipe”, de Antoine Saint-Exupéry, que vendeu 123.576 unidades.

Veja, abaixo, os 20 livros mais vendidos no Brasil em 2014, segundo o site PublishNews (os números registram vendas até 19/12):

1º “Nada a perder 3” (Planeta), de Edir Macedo; 752.973 exemplares

2º “A culpa é das estrelas” (Intrínseca), de John Green; 639.502 exemplares

3º “Ansiedade: Como enfrentar o mal do século” (Saraiva), de Augusto Cury; 346.543 exemplares

4º “Destrua este diário” (Intrínseca), de Keri Smith; 332940 exemplares

5º “Quem é você, Alasca?” (WMF Martins Fontes), de John Green; 161.954 exemplares

6º “Se eu ficar” (Novo Conceito), de Gayle Forman; 158.189 exemplares

7º “Cidades de papel” (Intrínseca), de John Green; 143.404 exemplares

8º “Não se apega, não” (Intrínseca), de Isabela Freitas; 130.054 exemplares

9º “O pequeno príncipe” (Agir), de Antoine Saint-Exupéry; 123.576 exemplares

10º “A menina que roubava livros” (Intrínseca), de Markus Zusak; 121.876 exemplares

11º “O teorema Katherine” (Intrínseca), de John Green; 97.205 exemplares

12º “Kairós” (Principium), Padre Marcelo; 96.807 exemplares

13º “Nada a perder 2” (Planeta), de Edir Macedo; 85.526 exemplares

14º “Diário de um banana – Maré de azar” (Vergara & Riba), de Jeff Kinney; 82.811 exemplares

15º “Divergente” (Rocco), de Veronica Roth; 82.344 exemplares

16º “Casamento blindado” (Thomas Nelson), de Renato e Cristiane Cardoso; 80.999 exemplares

17º “A escolha” (Seguinte), de Kiera Cass; 78.729 exemplares

18º “Sangue do Olimpo” (Intrínseca), de Rick Riordan; 78.291 exemplares

19º “Pais inteligentes formam sucessores, não herdeiros” (Benvirá), de Augusto Cury; 76.278 exemplares

20º “Sonho grande” (Primeira Pessoa), de Cristiane Correa; 71.799 exemplares

John Green: o autor camarada

0

Autor de ‘A Culpa É das Estrelas’ mantém uma relação próxima com seus leitores através das redes sociais

John Green, autor de bestsellers para o público jovem (Foto: Divulgação)

John Green, autor de bestsellers para o público jovem (Foto: Divulgação)

Sarah Mund, na Monet

De um dia para o outro, parece que todo mundo é fã de John Green. Pessoas lêm seu livro nos transportes públicos, as livrarias expõe sua obra logo à entrada para facilitar quem entra em busca dos títulos e uma multidão chorou ao assistir ‘A Culpa É das Estrelas’ no cinema. E ainda assim o maior trunfo do autor é outro: a relação com seus leitores.

'A Culpa É das Estrelas' (Foto: Divulgação)

‘A Culpa É das Estrelas’ (Foto: Divulgação)

Tudo bem que a atuação de Shailene Woodley e Ansel Elgort do jovem casal desafortunado que se apaixona mesmo enfrentando a morte iminente catapultou os outros títulos de Green, como ‘Quem É Você, Alasca?’, ‘Cidades de Papel’ e ‘Deixe a Neve Cair’ – os três em diferentes estágios de produção para o cinema.

Mas independente disso, ele se tornou um dos principais representantes da nova onda literária comumente chamada de YA, sigla de Young Adult, ou jovem adulto em tradução livre. O público adolescente e no início da vida adulta são os grandes consumidores de literatura do momento, com a ajuda das redes sociais ser visto lendo um título faz parte de sua identidade – o que talvez explique por que a geração mais tecnológica até hoje continue preferindo o papel.

A grande sacade de Green foi saber se aproximar de seu público. Se quando alguém dessa faixa etária sente que ele realmente lhe entende ao ler suas histórias, é por que ele provavelmente entende mesmo. Extremamente acessível a seus fãs através de Tumblr, Instagram, Twitter, e um canal de vídeos, ele se tornou provavelmente um dos autores mais próximos de seus leitores. E isso é genial!

Livros de John Green (Foto: Divulgação)

Livros de John Green (Foto: Divulgação)

Confesso que demorei para entrar na febre John Green, e nem sei se de fato cheguei a pegá-la (até agora só li ‘A Culpa É das Estrelas’ e estou achando que o filme é mais hypado que o livro, mas enfim… isso pode mudar depois que me dedicar aos demais títulos). Mas uma rápida olhada em sua atuação nas redes sociais torna impossível continuar a ignorá-lo.

É difícil ver autores tão dedicados e divertidos. Não que isso seja algo crucial para ser bom escritor, mas para atingir esse público que vive tão imerso na realidade online, pode ser essencial para o sucesso e John Green achou (um)a fórmula.

Quem É Você, Alasca?
Looking For Alaska
John Greeen
229 páginas
Preço: R$ 29,90
Martins Fontes

Cidades de Papel
Paper Towns
John Green
368 páginas
R$ 29,90
Intrínseca

O Teorema Katherine
An Abundance of Katherines
John Green
304 páginas
R$ 29,90
Intrínseca

A Culpa É das Estrelas
The Fault In Our Stars
John Green
288 páginas
R$ 29,90
Intrínseca

Deixe a Neve Cair
Let It Snow
John Green,
Lauren Myracle e
Maureen Johnson
336 páginas
R$ 29,50
Rocco

Will & Will –
Um Nome, Um Destino

Will Grayson, Will Grayson
John Green e David Levithan
Tradução:
352 páginas
R$ 29
Galera Record

Go to Top