A fictícia Valeria Velez e a verdadeira Virginia Vallejo - Reprodução/Netflix e Hernán Díaz/Site oficial de Virginia Vallejo

A fictícia Valeria Velez e a verdadeira Virginia Vallejo – Reprodução/Netflix e Hernán Díaz/Site oficial de Virginia Vallejo

 

Publicado no UOL

A Globo Livros lançará em 2017 o livro de memórias da jornalista colombiana Virginia Vallejo, que foi amante de Pablo Escobar entre os anos de 1983 e 1987. Vallejo inspirou a personagem Valeria Velez em “Narcos”, que teve um fim trágico na segunda temporada da série protagonizada por Wagner Moura. No entanto, diferentemente da ficção, ela ainda está viva na vida real.

Com o título de “Amando a Pablo, odiando a Escobar”, o livro foi originalmente lançado em espanhol em 2007 e releva histórias dos bastidores do cartel e segredos do narcotraficante que morreu em 1993, aos 44 anos.

A obra servirá de base para um filme produzido pelo francês Luc Besson e protagonizado pelo casal Penélope Cruz e Javier Bardem, com filmagens previstas para o início de 2017.