thumb-128-programacao-resized

Adeline Daniele, na Info

Tecnologia é coisa de mulher sim. E de todas as idades. Ava Brodie, uma garota norte-americana de apenas 11 anos, é prova disso.

Ao descobrir seu talento para a programação enquanto tinha aulas na Twin Falls Middle School, ela decidiu criar um clube exclusivo para ensinar programação a meninas.

Ava Brodie, 11, e a astronauta da NASA, Yvonne Cagle [foto: divulgação/ Daily Dot]

Ava Brodie, 11, e a astronauta da NASA, Yvonne Cagle [foto: divulgação/ Daily Dot]

A ideia é fazer com que as garotas não se sintam intimidadas em tentar entrar num mercado dominado por homens.

Além de aprender a programar em linguagens como Python e Ruby, as participantes também têm aula de desenvolvimento de jogos.

A iniciativa de Ava ficou tão conhecida que ela foi a convidada de honra no evento Tech Superwomen Summit, em São Francisco, e pôde conversar com várias outras mulheres da área de tecnologia.