Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Batman

Próximo lançamento de Stephen King no Brasil, “O bazar dos sonhos ruins” tem capa revelada

0
vavel-1566819492

(Foto: Divulgação Suma de Letras)

 

Suma de Letras se manteve fiel a edição americana. Livro brinda os leitores com 20 histórias curtas

Fernando Rhenius, no Vavel

A editora Suma de Letras, revelou nesta quarta (11), a capa da versão brasileira do novo livro de Stephen King, “O bazar dos sonhos ruins”. Com 20 contos, publicados em diversas revistas e jornais, entre os anos de 2009 e 2015. No Brasil, Milha 81, é o único trabalho traduzido e comercializado em forma de e-book. O lançamento está marcado para o mês de Março.

Abaixo uma pequena sinopse do que vamos encontrar no livro. A tradução ficou por conta de Regiane Winarski.

Milha 81 – Vários mortes estão acontecendo em um posto de gasolina abandonado. Todas as pessoas que param para prestar socorro a um carro que julgam estar precisando de ajuda acabam morrendo. A resenha do conto pode ser lida aqui.

Premium Harmony – O casamento de Ray e Maria Burkett não anda em seus melhores dias. Os dois saem para comprar um pequeno presente para a sobrinha. Enquanto Ray espera no carro, Maria sofre um ataque cardíaco. O cachorro de Ray também acaba morrendo sem motivo aparente. Como o marido vai lhe dar com estas duas tragédias? O conto é narrado em terceira pessoa.

Batman e Robin tem uma alteração – Sanderson leva seu pai que sofre de Alzheimer para mais um jantar de família. O filho já não tem esperanças que seu pai lembre de alguma coisa, até que subitamente encontra seu pai segurando uma arma em um raro momento de lucidez.

A duna – Harvey Beecher, juíz aposentado da suprema corte, fala para seu advogado a descoberta de uma estranha duna em uma pequena ilha na costa do Golfo, que é de propriedade da sua família. Desde pequeno, Harvey acredita que um tesouro está escondido lá.

Garotinho malvado – George Hallas foi condenado à morte por injeção letal. O motivo? A morte de um jovem rapaz. Leonard Bradley, seu advogado tenta de todas as formas salvar o cliente da morte. Em seus últimos momentos Hallas conta porque matou, e quem matou.

Uma morte – O conto narra o assassinato de uma mulher e a prisão de Jim Tusdale, suspeito pelo crime. A história foi publicada no The New Yorker no dia 9 de março de 2015.

A igreja de ossos – Em forma de poema, foi publicado em 2009 na revista Playboy. Conta com ilustrações de Phil Hale. O conto narra uma expedição a um selva malfadada.

Moralidade – Chad, um aspirante a escritor. Ele finalmente consegue um contrato de edição. Sua esposa, está trabalhando como enfermeira para um estranho idoso. Por conta das dificuldades do casal, o idoso faz uma proposta para Nora. Qual seria? Valeria a pena?

Após a morte – William Andrews, um banqueiro que acaba morrendo em setembro de 2012. Após sua morte, acaba fazendo um julgamento dos seus atos, enquanto estava vivo.

14940135_10153860169796050_4425854232157067547_o

Ur – Wesley Smith é um apaixonado por livros. Ele contraria sua namorada e acaba comprando um Kindle, o eReader da Amazon. Por conta de um erro no pedido, ele recebe um aparelho rosa. O aparelho tem um conteúdo diferente do esperado por Smith. Nem o mais ferrenho leitor poderia imaginar o que se escondia atrás daquela tela. Originalmente o conto foi criado exclusivamente para o aparelho da Amazon em 2009.

Herman Wouk ainda está vivo – Depois de ganhar $ 2.700 em um bilhete de loteria, as amigas Benda e Jasmine resolvem visitar a cidade natal com seus filhos, sete ao todo. Durante a viagem acabam reencontrando antigas paixões da faculdade.

Indisposta – Brad Franklin, desperta de um pesadelo. Sua esposa, Ellen ainda dorme, ela não teve uma boa noite de sono. Antes de ir para o trabalho, leva sua cachorra Lady para um passeio. Já no escritório, Brad começa a lembrar de todos os momentos que teve com a esposa. As decepções e conquistas. Até que recebe um telefonema dos vizinhos relatando um mal cheiro em seu apartamento.

Blockade Billy – William “Blockade Billy” Blakely, pode ter sido o maior jogador de beisebol que já viu. Ele foi o primeiro e único a ter sua existência completamente removida do livro dos recordes. Existia um motivo para que ninguém lembrasse dele.

Mister Delícia – Ollie Franklin narra os momentos que teve com um homem idoso no centro de convivência Lakeview. Ollie é gay, e relembra suas experiências sobre homosexualidade nos Estados Unidos. Perdeu amigos para a Aids nos anos 80, bem como o encontro com um senhor em um clube de dança, o Mister Delícia.

Tommy – Poema publicado em 2010 na Playboy americana. Faz uma alusão ao ditado popular, “Se você se lembrar dos anos 60, você não estava lá.” Escrito em verso livre, mergulha nas gírias e referências culturais dos anos 60.

O pequeno Deus verde da agonia – Katherine McDonald é médica. Foi contratada para cuidar de um cliente rico. Andrew Newsome, passou por vários médicos e nenhum deles conseguiu tirar suas dores. Não conseguindo suportar as dores da fisioterapia, Andrew contrata um curandeiro como última esperança.

Aquele ônibus é outro mundo – Wilson chega a Nova York para uma reunião de negócios. As coisas começam a dar errado, quando perde sua bagagem no aeroporto. Para não perder seu compromisso, acaba pegando um táxi. Preso em um engarrafamento, avista um crime no ônibus que está ao seu lado. Fica a pergunta, ele avisa a polícia? É alguma gravação de filme? flash mob? Ou segue para seu encontro?

Obituários – Michael “Mike” Anderson, um jornalista, consegue um emprego em um site satírico chamado Neon Circus, onde é colocado no comando da coluna “falar mal dos mortos”, que envolve a escrever obituários sarcástico sobre celebridades que acabaram de morrer. Seu patrão, Jeroma Whitfeld, se recusa a dar-lhe um aumento, Mike decide escrever um obituário falso. Mais tarde, seu colega de trabalho Katie Curran o chama e diz que Jeroma Whitfeld morreu. Para tirar a dívida, Mike escreve outro obituário de uma pessoa viva, que também acaba morrendo. Estaria Mike com algum poder?

Fogos e bebedeira – Foi lançada inicialmente em áudio book. Narra a história de Alden McCausland, que é preso pela polícia de Castle County. Alden vive com a mãe que ganhou milhões na loteria, além de uma apólice de seguro pomposa do finado marido. O motivo da prisão é desentendimentos com um dos vizinhos após soltar fogos de artifício.

Trovão de verão – Narra a história de Peter Robinson, um dos poucos sobreviventes da terra após uma grande guerra. Tem como companheiro o cachorro Gandalf. Depois da morte de um dos poucos que restaram, Peter acredita ser o último homem da terra.

Batman ‘sai do armário’ em novo livro

0

‘Erotic lives of the superheroes’ retrata o personagem como um gay ‘egocêntrico’, ‘narcisista’ e ‘perverso’
Na obra, o herói vive um romance decadente com Robin

Publicado em O Globo

Capa do livro do italiano Marco Mancassola Divulgação

Capa do livro do italiano Marco Mancassola Divulgação

LONDRES – O Batman “saiu do armário” e se revelou um homossexual de meia idade que passa algumas noites com rapazes e se senta perto de Elton John em jantares de caridade – pelo menos é o que acontece em uma nova obra.

Os rumores sobre o mascarado que combate crime em Gotham City foram confirmados em “Erotic lives of the superheroes” (Vidas eróticas dos super-heróis, em tradução livre), que retrata Batman e Robin como um casal gay em crise e com uma vida sexual monótona.

Escrito pelo autor italiano Marco Mancassola, o romance imagina como seria as obsessões eróticas do Super-Homem, do Senhor Fantástico e da Mystique enquanto eles envelhecem e seus poderes diminuem. Aclamado na Itália, o livro, que gira em torno de um misterioso assassinato, chega ao Reino Unido nesta semana.

Ao retratar o Batman como um gay assumido, Mancassola explicitou inclinações que existiam sutilmente na história do personagem. Grant Morrison, que escreveu os quadrinhos do herói para a DC Comics, disse que “ele é heterossexual, mas a base de todo o conceito é totalmente gay”. George Clooney, que interpretou o Homem Morcego no fracasso de 1997, “Batman & Robin”, disse que ele teve a intenção de fazer com que o personagem parecesse gay.

A homossexualidade é apenas um aspecto da vida erótica e secreta do Batman, de acordo com Mancassola. Ele afirmou ao “The Independent”: “Batman sempre teve um lado obscuro. O fato de a minha visão sobre o personagem evocar formas estranhas de fetichismo e sexo extremo não deveria causar surpresa.”

“Narcisismo é o seu abismo interior. Ele deixou que sua única história de amor verdadeiro falhasse porque se apaixonou pelo mistério da juventude – aquele tipo de estado inacessível e fugaz que ele enxerga nos olhos dos jovens”, acrescentou.

Os advogados da DC Comics podem não gostar muito da releitura do Batman como um fetichista, mas o autor disse: “Não houve intenção de chocar ou ofender ninguém. ‘Vidas eróticas dos super-heróis’ é só uma tentativa de explorar a complexa humanidade de um grupo de personagens.”

Em outro episódio de diversidade, a DC Comics já reiventou a Batwoman como uma lésbica judia, em uma espécie de remake de 2006. A sexualidade da Mulher-Gato de Anne Hathaway em “O Cavaleiro das Trevas ressurge” também foi tema de discussões.

O autor admite que existem fãs ferrenhos dos quadrinhos que “não conseguem me perdoar pelo que fiz aos seus amados personagens. Isso é verdade especialmente quando se trata do Batman, que é o personagem menos bonzinho do livro. Ele é egocêntrico, ridiculamente vaidoso e perverso em algum nível. Mas, na verdade, eu o retratei do jeito que eu gosto dele. Ele é humano. Ele personifica a tragédia na qual a sociedade contemporência transformou o envelhecimento.”

Go to Top