Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Bill Gates

Em vídeo ao estilo LEGO, Bill Gates revela os cinco melhores livros que leu em 2014

0

1

Publicado por TudoCelular

Ler é uma das melhores formas de diversão, a maioria das pessoas adora pegar um bom livro e aproveitar horas, seja no mundo da fantasia, dos estudos, ou até mesmo da história. Você já imaginou o que os famosos leem? Melhor ainda, já imaginou o que Bill Gates guarda na sua estante de livros?

Gates revelou nesta última segunda-feira (8/12) uma lista com cinco livros, compartilhando e indicando as melhores obras do ano. Até o momento mais de 107 mil pessoas visualizaram o vídeo e guardaram as dicas de Bill.

O fundador da Microsoft revelou quais livros estão na sua lista de melhores leituras de 2014, no vídeo ele mostra suas preferências do ano que está acabando, e da forma mais estilosa do mundo, em uma animação em lego.

Uma das grandes obras indicadas é “Business Adventures”, de John Brooks, livro publicado em 1969 e segundo Gates, é um dos melhores livros sobre negócios que ele já leu em toda sua vida. Ou seja, se o dono de uma das maiores empresas do mundo está indicando, é porque deve ser minimamente bom.

Na lista também há “O Capital do Século XXI”, de Thomas Piketty, “How Asia Works”, de Joe Studwell, “Making the Modern World: Materials and Dematerialization”, de Vaclav Smil, e “The Rosie Effect”, de Graeme Simsion.

No caso da obra “The Rosie Effect”, de Graeme Simsion, Bill Gates recebeu uma cópia antes mesmo do livro ser publicado, revelou que a leitura é divertida e que os leitores conhecerão um pouco mais sobre genética. Em seu blog ele faz comentários sobre cada um dos títulos indicados.

Site utilizado pelos filhos de Bill Gates ensina matemática a jovens infratores

0

Plataforma norte-americana é ferramenta na Fundação Casa em Limeira.
Ação melhorou rendimento dos internos, que ganham pontos e medalhas.

Site americano teve 50 milhões de usuários no mundo em 2013 (Foto: Eliel Nascimento/Fundação Casa)

Site americano teve 50 milhões de usuários no mundo em 2013 (Foto: Eliel Nascimento/Fundação Casa)

Alessandro Meirelles, no G1

Dezesseis internos da Fundação Casa de Limeira (SP) usam, desde 7 de agosto, um site educativo como suporte pedagógico nas aulas de matemática. Com a orientação dos professores, os alunos da unidade Casa Morro Azul aprendem a disciplina por meio do Khan Academy, plataforma gratuita criada nos Estados Unidos. A ferramenta oferece desafios semelhantes a jogos virtuais, onde os usuários ganham pontos e medalhas a cada etapa vencida.

O Khan Academy ganhou notoriedade mundial depois de uma declaração do milionário americano Bill Gates de que seus filhos o utilizavam para estudar. Em janeiro, o site ganhou tradução em português. Na unidade de Limeira, já ajudou um interno na preparação para uma olimpíada de matemática.

“Consegui aprender conteúdos novos e reforçar o que já sabia. Tinha dificuldade com álgebra e a ferramenta me ajudou a compreender melhor com o tutorial. A ferramenta é importante, mas o professor também é necessário, porque nos incentiva. Depois que eu for ‘desinternado’, pretendo continuar usando, porque tem sido uma boa base de aprendizado. Pretendo cursar faculdade de enfermagem ou gastronomia e a matemática acaba sendo muito importante. Se eu errar o cálculo, posso até tirar uma vida”, disse um interno de 17 anos, que cursa a 2ª série do ensino médio e avançou até a segunda fase da competição.

De acordo com a coordenadora pedagógica do centro socioeducativo, Paula Fernanda de Almeida Nunes, o rendimento dentro da sala de aula aumentou 70% com a utilização do site, que já foi usado por mais de 50 milhões de pessoas no mundo.

Rendimento escolar
“De forma livre e interativa, nossos jovens descobrem que o mundo da matemática pode ser simples e gostoso de aprender. O professor de matemática nos trouxe os resultados de sua última avaliação, onde comprovou que o uso da plataforma motiva e ensina nossos alunos”, destacou.

A iniciativa é fruto de uma parceria entre a Fundação Casa e a Fundação Lemann, organização sem fins lucrativos americana criada em 2006. Além de gratuito, o site oferece um estudo personalizado para pessoas de qualquer idade. O aprendizado é feito de forma lúdica, com videoaulas e exercícios.

Estudo personalizado
“O cadastro é rápido e pode ser feito com os dados do Facebook. A partir de então, a plataforma vai verificando o grau de conhecimento de cada um. Há conteúdos para crianças acima de seis anos até universitários. O conceito de games é usado para cativar a atenção, com pontuação e medalhas. Ao avançar de nível, a pessoa também troca de avatar (símbolo de conhecimento)”, disse a coordenadora de projetos da Fundação Lemann, Daniela Caldeirinha.

Daniela destaca ainda outros benefícios para os menores que cumprem medida socioeducativa. “O conteúdo respeita o ritmo de cada aluno. Para eles, tem sido positivo por oferecer um feedback (resposta) na hora. Isso vem melhorando inclusive a autoestima e o convívio social”, ressaltou.

Aprovação
“A ferramenta é muito boa, porque há vídeos e desafios que ajudam bastante na compreensão. Eu sempre gostei de matemática, mas tinha dificuldade de entender algumas coisas. Por exemplo, a porcentagem, pois nunca entendia como chegava nela e aprendi bem mais usando o computador. Já consegui alcançar 33 mil pontos e algumas medalhas”, comentou um interno de 17 anos, cursa o 9º ano do ensino fundamental no centro socioeducativo.

Estado
A parceria está sendo realizada de forma experimental em outras unidades da Fundação Casa em Franco da Rocha (SP), Iaras (SP) e Taubaté (SP).

Internos usam o site de matemática sob orientação de professores (Foto: Eliel Nascimento/ Fundação Casa)

Internos usam o site de matemática sob orientação de professores (Foto: Eliel Nascimento/ Fundação Casa)

9 livros que você deve ler, de acordo com Warren Buffett

0

Warren Buffett

“Business Adventures”, presente na lista, também é o livro de negócios favoritos de Bill Gates

Publicado no Administradores

Um estudante perguntou ao magnata Warren Buffett, certa vez, como se preparar para uma carreira em investimentos. Buffet pensou por alguns segundos, pegou alguns relatórios de ações, publicações sobre comércio e outros papéis em sua mesa e disse: “Leia 500 páginas iguais a essas por dia”.

Segundo o Omaha World Herald, Buffett teria completado dizendo: “É assim que o conhecimento funciona. Ele cresce, como juros compostos”.

Ao longo de 20 anos de entrevistas e cartas para acionistas, Buffett citou e indicou livros favoritos e leituras importantes no mundo dos negócios. O Business Insider fez um apanhado deles:

1. “O Investidor Inteligente – Um guia prático de como ganhar dinheiro na bolsa”, por Benjamin Graham

Para Buffett, ler “O Investidor Inteligente” quando tinha 16 anos foi uma das maiores sortes de sua vida, pois o livro lhe deu estrutura intelectual para investir. “Investir com sucesso ao longo da vida não requer um QI estratosférico, insights de negócios incomuns, ou informação privilegiada. O que é necessário é uma estrutura intelectual sólida para tomar decisões e a capacidade de impedir as emoções de corroer essa estrutura. Esse livro descreve com clareza e precisão a estrutura adequada. Você deve fornecer a disciplina emocional”, ele contou ao The Motley Fool.

2. “Security Analysis”, por Benjamin Graham

Ainda ao Moatley Fool, Buffett disse que Security Analysis é “um roteiro para investimentos que eu tenho seguido há 57 anos”. Basicamente, o livro afirma que se sua análise for detalhada o bastante, você pode descobrir o valor de uma empresa e se o mercado também tem noção desse valor. Buffett afirmou que, depois de seu pai, Benjamin Graham foi a figura mais influente de sua vida. “Ben era um professor incrível”, contou ao Business Insider.

3. “Stress Test”, por Tim Geithner”

Para Buffett, o livro sobre a crise financeira de 2008 do então Secretário do Tesouro dos EUA é uma leitura obrigatória para qualquer gestor. Existem muitos livros sobre gerenciamentos de crises, mas esse é um relato de primeira mão sobre como um setor do governo lidou com uma catástrofe econômica.

4. “Ações Comuns, Lucros Extraordinários – Não Siga o Rumo da Multidão”, por Philip Fisher

“Eu sou um leitor ávido de tudo o que Phil tem a dizer, e o recomendo a você”, disse Buffett. Um dos pontos de Fisher em Ações Comuns, Lucros Extraordinários é a importância de se avaliar a gestão de uma empresa, não se atendo apenas a demonstrações financeiras.

5. “The Essays of Warren Buffett”, por Warren Buffett

“O que poderia ser mais vantajoso em uma competição intelectual – seja xadrez, bridge, ou a seleção de ações – do que ter adversários que foram ensinados que o pensamento é um desperdício de energia?”, pergunta Buffett em seu livro. “The Essays” é a fonte perfeita para saber como Warren Buffett pensa.

6. “Business Adventures”, por John Brooks

Ao perguntar a Buffett qual era seu livro favorito, em 1991, Bill Gates recebeu, como resposta, uma cópia de “Business Adventures”. Para o fundador da Microsoft, a coleção de histórias da revista The New Yorker escrita por John Brooks, serve como um lembrete de que os princípios para construir o negócio são sempre os mesmos. “Não importa se você possui um produto perfeito, um plano de produção ou uma apresentação de marketing; você ainda vai precisar das pessoas certas liderando e implantando esses planos”, escreveu Gates em uma coluna do The Wall Street Journal.

7. “Jack Definitivo”, por Jack Welch

De acordo com o Bloomberg Businessweek, o livro de memórias do executivo da General Eletric Jack Welch oferece lições valiosas sobre administração, ao fazer um tour sobre sua história pessoal. Em uma carta a acionistas, em 2001, Buffett disse que o livro era “inteligente e energético” e recomendou: “Obtenham uma Cópia!”.

8. “The Outsiders”, por William Thorndike Jr.

O livro sobre CEOs famosos e não-convencionais, e seus padrões de sucesso, foi elogiado por Buffett em outra carta a acionistas, dessa vez de 2012. “Um excelente livro sobre CEOs que se destacaram na alocação de capital”, Buffett afirma. A Revista Forbes classificou The Outsiders como “um dos livros de negócios mais importantes da América”.

9. “The Clash of the Cultures”, por John Bogle

Outra recomendação de Buffett na carta de 2012, The Clash of the Cultures argumenta que o investimento a longo prazo tem sido ofuscado pela especulação de curto prazo. John Bogle, criador do Vanguard Group, dá dicas como não seguir o rebanho e não ser impulsivo quando se trata de investimentos.

Os 10 livros recomendados por Bill Gates

0
CONHEÇA AS DICAS DE LITERATURA DE BILL GATES (FOTO: GETTY IMAGES)

CONHEÇA AS DICAS DE LITERATURA DE BILL GATES (FOTO: GETTY IMAGES)

Rennan A. Julio, na Revista Galileu

Conhecido pela sua carreira na Microsoft, Bill Gates é um fã de literatura. Mesclando o mundo dos negócios com grandes clássicos, ele acredita que todos deveriam ler estes dez livros:

Confira abaixo!

Meus Anos com a General Motors – Alfred Sloan

“Se você quer ler apenas um livro sobre negócios, esse é o livro a ser lido”.

O Apanhador no Campo de Centeio – J.D. Salinger

“Eu só fui ler aos 13 anos e desde então eu digo que é o meu livro favorito. É muito inteligente, pois mostra como jovens podem enxergar coisas que os adultos não entendem. E eu sempre amei isso”.

Uma Ilha de Paz – John Knowles

“Meu segundo livro favorito é esse. É fenomenal, estive lendo para o meu filho recentemente e é incrivelmente bom.”

O Grande Gatsby – F. Scott Fitzgerald

Bill Gates já se fantasiou como Gatsby e possui uma citação do livro na porta de sua biblioteca pessoal.

Leia aqui (em português)

A Vida é o que Você Faz Dela – Peter Buffet

“Melinda [sua esposa] e eu lemos e gostamos muito. É um livro tocante que planejamos passar para nossas crianças”.

SuperFreakonomics: O Lado Oculto do Dia a Dia – Steven D. Levitt e Stephen J. Dubner

“Eu recomendo esse livro a todos que gostam de não-ficção. Foi muito bem escrito e está cheio de grandes ideias”.

That Used to be Us [sem tradução] – Thomas Friedman

“Esse é um livro fantástico e eu realmente encorajo as pessoas a lerem. Ele fala sobre como o mundo está mudando, focando principalmente nos desafios dos Estados Unidos”.

For the Love of Physics [sem tradução] – Walter Lewin

“Esse livro mostra o intelecto extraordinário, a paixão pela física e como Lewin é um professor brilhante. Espero que traga ainda mais pessoas para a ciência”.

O Instinto da Linguagem – Steven Pinker

10 Mandamentos para Fracassar nos Negócios – Donald R. Keough

“Don possui uma combinação especial de experiência, sabedoria, confiança e consciência. Seus mandamentos poderão ajudá-lo nos negócios muito mais do que uma estante cheia de livros”.

Os livros que Bill Gates leu este ano e recomenda

0

O bilionário fundador da Microsoft selecionou os melhores livros que ele leu em 2013 e que o ajudaram a compreender melhor o mundo

1

Talita Abrantes, na Exame

São Paulo – Com uma seção em seu blog dedicada a resenhas de livros, Bill Gates lê muito. Este ano, decidiu fazer uma lista das obras que o surpreenderam este ano.

“Quero aprender mais sobre como o mundo funciona – e lendo é como eu melhor aprendo”, afirmou o bilionário fundador da Microsoft.

1

A caixa
Eleito como um dos melhores livros de negócios em 2006 pela Businees Week e Financial Times, “The Box” (“A caixa”, em tradução livre) conta o “dramático” contexto em que os contentores, ou contêineres, foram criados e o impacto da adoção desta ferramenta para a economia global.

O tema pode assustar a princípio, mas Gates garante que a narrativa é boa. “Eu nunca vou olhar um navio de carga do mesmo jeito novamente”, escreveu.

A Caixa – Como os contentores tornam o mundo mais pequeno e desenvolveram a economia mundial
Marc Levinson
Editora Actual

1

The most powerful idea in the world
Quais os avanços tecnológicos que levaram à criação da máquina a vapor? Esta é uma das respostas que William Rosen traz no livro “The most powerful idea in the world” (“A ideia mais poderosa do mundo”, em tradução livre). Mas não só. Ele também explora o poder da criatividade e da colaboração que deram luz à invenção que mudou o rumo da humanidade. Gates revelou que gostaria de saber mais sobre o tema desde 2009, quando visitou, junto com o filho o Museu de Ciências de Londres.

The most powerful idea in the world
William Rosen

1

Harvesting the Biosphere
Nesta obra, Vaclav Smit examina todas as colheitas humanas desde os tempos pré-históricos. A tese dele é que sem explorar a biosfera, a civilização humana não teria avançado. Mas, ao mesmo tempo, o preço para isso pode ser muito alto. “O livro é um pouco difícil, eu tive que procurar um bom número de termos que não eram familiares para mim, mas conta uma boa história decisiva se você se importa com o impacto que estamos tendo no planeta”, escreveu o bilionário.

Harvesting the biosphere
Vaclav Smil

1

O mundo até ontem
Gates afirma que o livro não é tão bom quanto outro título do autor “Armas, Germes e Aço”. Mesmo assim, ele o recomenda. No texto, o vencedor do Pulitzer investiga os hábitos das comunidades tradicionais que podem ser aplicados ao estilo de vida moderno. Segundo Gates, ele encontra as “melhores práticas e as compartilha”.

O mundo até ontem
Jared Diamond

1

Why Does College Cost So Much?
Por que as faculdades custam tão caro? Para explicar uma das questões mais recorrentes nos Estados Unidos, a dupla de autores recorre ao contexto histórico da economia americana.

Why Does College Cost So Much?
Robert B. Archibald and David H. Feldman

1

The bet
Em “The Bet” (A aposta), Sabin narra o debate público entre Paul Ehrlich e Julian Simon em 1980. Otimista, o primeiro apostava em futuro promissor para a humanidade, enquanto o outro defendia que o aumento das populações iria esgotar os recursos do planeta. “Sabin mostra como a visão extrema de ambos contribuiu para o debate polarizado das mudanças climáticas e outras questões que continuam até hoje”, escreve Gates.

The Bet
Paul Sabin

1

Poor Numbers
Nesta obra, o economista Morten Jerven investiga o quão corretos são os indicadores sociais e econômicos dos países africanos. Segundo Gates, o autor motra “que muitas das estimativas de PIB que nós pensávamos que eram acuradas estão longe disso”.

Poor Numbers
Morten Jerven

Go to Top