Felipe Sayão, no TecMundo

A editora Chooseco, do livro infantil “Choose Your Own Adventure” (algo como “Escolha sua Própria Aventura”), está processando a Netflix pelo modelo de entrenimento escolhido no filme Black Mirror: Bandersnatch, afirma o Pitchfork.

O processo foi entregue hoje (11) ao juiz. Além disso, a Chooseco afirmou que já havia pedido para a Netflix não lançar o filme, a não ser adquirisse uma licença para usar a marca “Choose your own adventure”.

“A Netflix não tem licença ou autorização para usar a marca registrada da Chooseco e, já sabendo disto, usou a marca intencionalmente para capitalizar a nostalgia dos espectadores pela série de livros original dos anos 80 e 90. O filme é sombrio e, às vezes, tem um conteúdo perturbador que dilui a boa vontade e associações positivas com a marca da Chooseco e mancha seus produtos”, afirma a empresa no processo.

A Chooseco está pedindo US$ 25 milhões da Netflix alegando “violação de marca comercial, falsa designação de origem, concorrência desleal e diluição de marca comercial”.

A Netflix não comentou o caso.