Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged blogs

Editoras miram fãs que criam blogs para livros românticos

0
Foto: reprodução / Divulgação

Foto: reprodução / Divulgação

Espaços para discussão de obras aproximam leitores e ajudam a pautar lançamentos

Alexandre Lucchese, no Zero Hora

Uma boa história de paixão fica ainda melhor se for compartilhada. Essa é a premissa para que muitas consumidoras de livros românticos saiam da posição de leitoras e migrem para a internet para indicar ou criticar suas leituras.

Discutindo desde clássicos de Jane Austen, como Orgulho e Preconceito, até best-sellers que chegaram às livrarias recentemente, um amplo número de blogueiras especializadas em romances românticos usa a internet como um grande clube de leitura. Mais do que fóruns para informar e trocar opiniões, os blogs servem como fonte de indicação de livros e ajudam a pautar lançamentos das editoras.

– Depois que comecei a ler romances, tanto de livraria quanto de banca, passei a colecioná-los e reparei que alguns eram interligados. Na internet, encontrei sites da Argentina e da Europa que relacionavam as séries. Como eu tinha algumas, pensei em fazer o blog para relacionar minha coleção e encontrar outras pessoas que também gostassem desses livros – conta a jornalista Roberta Oliveira, 36 anos, que mora em Juiz de Fora (MG) e há 10 anos mantém o Literatura de Mulherzinha

As blogueiras também ajudam a formar leitoras. É o caso da designer gaúcha Gabriela Orlandin, 25 anos, que mantinha o Fluffy como um blog pessoal, mas acabou direcionando-o à literatura:

– O blog tem uma grande parcela de culpa na minha paixão por livros, pois foi por meio dele que conheci outros blogs do gênero e comecei a gostar de ler. Por isso, o conteúdo foi migrando aos poucos, até se tornar quase essencialmente literário.

O tom pessoal é uma constante nas resenhas dessa turma. “Tive vontade de jogar o livro contra a parede no final, mas tudo melhora”, escreveu Roberta sobre Um Homem de Sorte, de Nicholas Sparks. Sobre o mesmo romance, Aurilene Vieira, do Sempre Romântica, contou que “Pelo menos dessa vez aconteceu comigo de ler um livro inteiro do Nicholas sem me desmanchar em lágrimas”.

Cada uma das postagens tem mais de uma dezena de comentários, alguns deles com links para outros blogs. Não há como rastrear o número de sites como esses, mas a próprias blogueiras atestam a diversidade na oferta. Em resposta à pergunta “Quais são seus blogs preferidos?”, sete delas apontaram a ZH mais de 30 endereços diferentes.
A movimentação não escapa aos olhos das editoras.

– É sempre importante acompanhar as atividades dos blogs. Além de observar novas tendências para futuros lançamentos, também podemos acompanhar a repercussão de nossos títulos – afirma Michelle Lopes, da editora Verus.

– Várias informações dos blogs podem ser de grande valia. Por exemplo, para um editor de aquisições, quando o blog está resenhando uma obra estrangeira ainda não publicada no país e que, portanto, pode vir a ser avaliada e adquirida para tradução – diz Renata Mello, da Novo Conceito.

Já a escritora estreante Lais Rodrigues de Oliveira contou com a colaboração das administradoras desses blogs para ajustar detalhes do seu romance Primeiras Impressões. Depois de ter enviado a elas a primeira versão do livro, recebeu comentários que nortearam alterações.

– Elas me ajudaram a identificar erros, que acabei corrigindo – conta a escritora.

Amor ideal
O que uma boa história romântica deve ter na opinião das blogueiras entrevistadas nesta reportagem:

– Deve abordar diferentes possibilidades e fases do amor, como paixões não correspondidas, início de relacionamentos, brigas e reconciliações.

– Bons diálogos ajudam a dar ritmo e aproximar o leitor dos personagens.

– Mocinha melosa não agrada muito. Ela pode ser sensível, mas também precisa se mostrar forte e determinada.

– Já os galãs podem ter seus defeitos, mas devem admitir suas falhas para se redimir
ao longo da narrativa.

– Sexo é bom, mas não é fundamental. Muitos dos romances prediletos das blogueiras não têm cenas de sexo. Quando ocorrem, é importante que não sejam muito descritivas, deixando espaço para a imaginação.

Garimpo Literário #2

1

Fernanda Rodrigues, no Nosso Clube do Livro

Olá, pessoal!

newsEstamos aqui para compartilhar a segunda rodada de links interessantes da web literária. Como vocês podem ver, os assuntos são extremamente variados, porque nós adoramos a diversidade que a literatura nos proporciona!

Vamos aos links e boa leitura! 😉

Turma da Mônica ganhará versão adultaLivros e Pessoas

Da categoria “notícias”, esta foi a que fez o nosso coração pular de felicidade. Porque o nosso amor pela Turma da Mônica é gigante, não importa a idade que eles tenham.

Sonho ou pesadelo? A difícil arte de detectar arteSergio Carmach

Com três poemas provocativos, Carmach nos leva a pensar na linha tênue que divide o que é um monte de palavras e o que é a arte poética.

[Resenha] Ele está de voltaSem Serifa
Este é um livro cuja a capa e o título sempre atraem o leitor, por isso, logo que acessamos o Sem Serifa, corremos para ler a resenha. Muito bem feita, dá para ter noção se a leitura é válida ou não (leiam a resenha e tirem as suas próprias conclusões!).

Mudei: E agora?Retalhos e Frestas

Nesta crônica, Yago Licarião traz uma reflexão profunda sobre a sua vida e como encara as mudanças. No texto – que beira ao filosófico – o auto nos ajuda a refletir sobre a nossas escolhas de vida enquanto fala do seu processo de escrita.

Os 5 C’s para escrever um bom thriller – CareeningCafeína literária
Este post faz parte de uma série que o Cafeína Literária está postando sobre escrita criativa. Se você é escritor, vale muito a leitura.

Beijos da equipe e até a próxima!

Garimpo literário #1

0

Ana Caroline, no Nosso Clube do Livro

newsOlá, leitores lindos!

Hoje estreamos uma coluna nova aqui no blog, com o objetivo de divulgarmos os links literários que encontramos via web. 🙂

Há muitos trabalhos legais pela Internet e nós, do Nosso Clube do Livro, adoramos o clima colaborativo de uma blogsfera justa e sem tanta competitividade. Logo, porque não compartilhar o que é bom?!

Vamos lá?

Como organizar a sua estanteLost in Chick-Lit
Neste post, a Julianna Steffens conta a sua saga na organização de uma coleção com cerca de 600 livros. Ao longo do texto há dicas práticas para que você possa arrumar todas as suas obras.

O erotismo e a sensualidade presentes em A Missa do Galo, de MachadoLiteratortura
O artigo traz uma analise literária do conto “A Missa do Galo”, publicado no livro escrito por Machado de Assis intitulado Páginas Recolhidas (1889), sob a ótica do erotismo de maneira elucidadora.  

Bijuterias de livros da Hey LadybugGarota It
Nesta postagem a Pâm mostra aos seus leitores onde encontrou bijuterias inspiradas em livros. Como muita gente fica babando neste tipo de acessório, escolhemos este link para compartilhar aqui (já avisando: o post não é um publieditorial).

Sobre demônios, minha literatura e esvaziamentos.Faah Bastos
Partindo de uma citação de Vargas Llosa – que aparece em um trecho de Julio Cortázar -, a escritora Faah Bastos faz uma análise de como tudo o que viveu afeta, aparece e interfere em sua obra. Há um embasamento e uma sinceridade tão profundas no texto, o que faz com que, nós, leitores passemos a entender melhor o universo complexo que é o processo de escrita.

Resenha: Vida organizada – Thais GodinhoKakau com Limão
Nesta resenha a Kakau fala sobre as impressões de leitura que teve do livro Vida Organizada. Quem precisa se desenvolver mais nas habilidades organizacionais, deve passar no Kakau com Limão e conferir.

Os 10 melhores eBooks grátis para o KoboDito pelo Maldito
Gosta de leitura digital? Não tem costume de ler, mas gostaria de começar? O blog Dito pelo Maldito fez um guia com os 10 melhores livros que você pode ler gratuitamente se tiver um Kobo. Vale a pena conferir.

Esperamos que vocês gostem não apenas da coluna, mas também dos links!
Beijos da equipe e até a próxima! 😉

Crônicas avulsas: VII Blogs de Letras

0

Marcelo Caldas, no …Marcelo Caldas…

encontro blogs de letras

Estive presente em quase todos os eventos do Blogs de Letras. Aliás, ainda me lembro muito bem do primeiro encontro que foi na Livraria da Vila. Confesso que nunca imaginei a dimensão que ele iria alcançar e as infinitas possibilidades que poderia nos proporcionar. E cada evento foi diferente um do outro. Sempre é uma caixa de surpresa que nos espera de braços abertos…

E são muitos motivos para nos alegrarmos, pois chegamos à marca cabalística do 7º encontro, e esse foi na charmosa livraria Martins Fontes, na Av. Paulista. Dentre essas muitas possibilidades que citei acima, creio que a interação entre os blogueiros e blogueiras foi um fator ímpar, sem contar é claro a aproximação nossa com as editoras.

Nesse último encontro tivemos uma rica possibilidade de aprofundarmos nosso conhecimento sobre o mercado de livros digitais. Beatriz Simoni (representante da KOBO) e Tiago Ferro idealizador da editora e-galaxia nos ensinaram muito e participaram ativamente na construção desse novo aprendizado, trazendo informações sobre o mercado, falando sobre suas experiências e claro – elucidando nossas dúvidas que iam surgindo. Um bate-papo extremamente interessante e relevante.

Sérgio Pavarini ainda nos provocou a refletirmos sobre o nosso papel e responsabilidade como blogueiros e blogueiras. Enquanto ele falava, me lembrei de uma citação da Hannah Arendt, do livro A condição humana:

“É óbvio que isto requer reflexão; e a irreflexão – a imprudência temerária ou a irremediável confusão ou a repetição complacente de verdades que se tornaram triviais e vazias – parece ser uma das principais características do nosso tempo. O que proponho, portanto, é muito simples: trata-se apenas de refletir sobre o que estamos fazendo”.

Acredito que cada blogueiro e blogueira são como uma bússola que guia a nossa nau pela selva escura da mediocridade que cercam as pessoas que não lêem. E como dizia Márcio Catunda:

“Um gênio conversa com os espíritos dos livros. E o acervo suscita viagens insólitas.”

A cada resenha crítica que nós blogueiros e blogueiras postamos, possibilitamos que cada um opte pelo caminho dessas viagens insólitas, que só os livros podem proporcionar. Quem lê – sem sombra de variação enxergará melhor.

E em nosso país cheio de “Machados” de Assis se achando serra elétrica, nós somos o grito de um povo que se recusa a andar cabisbaixo.
Obrigado Cássia Carrenho e Sérgio Pavarini, por mais um encontro!

Concurso Cultural Literário (99)

23

capa mate-me

LEIA UM TRECHO

Decidindo que sua vida deveria chegar ao fim, mas sem coragem de cometer suicídio, uma mulher contrata Soares, um matador de aluguel. Resolve que sua morte acontecerá na bela cidade de Barcelona, e para isso envia ao seu futuro algoz a passagem de avião e o endereço de onde ficará na Espanha. Ele deverá matá-la no prazo de quatro meses, quando for mais conveniente. Junto com o pagamento, manda também uma foto sua, para que ele saiba quem ela é. Mas ela não quer saber como é a aparência de seu matador. O destino, porém, nem sempre cumpre à risca os planos que costumamos traçar para ele.

Numa parceria com o blog Leitora Compulsiva, vamos sortear 4 exemplares de “Mate-me quando quiser“, lançamento da Gutenberg.

Frase comumente atribuída a Shakespeare diz que “o destino embaralha as cartas, mas nós somos os que jogamos”. Você acha possível driblar o destino? Responda na área de comentários em no máximo 4 linhas e você já estará participando.

Se usar o Facebook, por gentileza deixe e-mail de contato.

Tenha o dobro de chances ao participar também no Leitora Compulsiva. Serão 2 livros em cada blog.

O resultado será divulgado dia 28/10 neste post.

Boa sorte! 🙂

***

Parabéns: Ir Daiene FonteneleElaine Pereira =)

Por gentileza enviar seus dados completos para [email protected] em até 48 horas.

Go to Top