Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Boas Vindas

Cartazes da Feira de Frankfurt riem de estereótipos brasileiros

0

Danielle Naves de Oliveira na Folha de S. Paulo

No ano passado, o diretor da Feira do Livro de Frankfurt, o alemão Jürgen Boos, disse que o Brasil não se resumiria a “samba e Ipanema” ao anunciar o país como o homenageado da próxima feira, que acontece de 9 a 13 de outubro.

Mas a imagem vencedora do concurso anual de cartazes organizado pelo evento germânico brinca com a ideia de um “Brasil festivo”: ela estampa um cachorrinho da raça teckel (ou dachshund) vestido a caráter para o Carnaval, acompanhado da frase “Esperando pelo Brasil” em alemão.

O uso irônico do estereótipo é uma das marcas do bem-humorado concurso, que existe desde 2006 e já virou uma tradição do evento.

Karina Goldberg, assessora-executiva da feira e uma das organizadoras do concurso, diz que o teckel “é uma verdadeira instituição, um símbolo alemão relacionado a conforto, estilo, mas também a uma nobreza decadente e fora de moda”.

Para ela, fantasiar o cachorro é transformar um pouco o alemão em brasileiro, tirar-lhe de seu cotidiano e dar mais agito, cor e animação.

Juntamente ao cão carnavalesco, de autoria de Yvonne Winnefeld, mais nove trabalhos foram premiados. Em segundo lugar ficou “Jogador de Futebol”, de Victor Guerrero, que faz uma montagem com Pelé segurando um livro.

A partir de setembro, os pôsteres serão espalhado em parques, estações de metrô, livrarias e cafés da cidade.

Yvone Winnefeld/Divulgação
Cartaz de autoria de Yvone Winnefeld, "O teckel", que surpreendeu o juri ao unir estereótipos dos Brasil e da Alemanha numa só imagem. Cartaz venceu concurso anual de cartazes organizado pela Feira do Livro de Frankfurt, cujo objetivo é dar as boas vindas ao país convidado e criar uma identidade visual bem-humorada do evento
Cartaz de autoria de Yvone Winnefeld, “O teckel”, que surpreendeu o juri ao unir estereótipos dos Brasil e da Alemanha numa só imagem. Cartaz venceu concurso anual de cartazes organizado pela Feira do Livro de Frankfurt, cujo objetivo é dar as boas vindas ao país convidado e criar uma identidade visual bem-humorada do evento

Criança de dois anos tem um dos QIs mais altos da Inglaterra e já aprende 3 idiomas

1
Adam é capaz de escrever sozinho 100 palavras, sabe quase toda a tabuada até 10 e tem estudado a tabela periódica Foto: Caters News/The Grosby Group / Caters News/The Grosby Group

Adam é capaz de escrever sozinho 100 palavras, sabe quase toda a tabuada até 10 e tem estudado a tabela periódica Foto: Caters News/The Grosby Group / Caters News/The Grosby Group

Publicado por Extra

Com apenas dois anos de idade, o inglês Adam Kirby é o membro mais jovem eleito para o Mensa Britânica, grupo que organiza os QIs mais altos da Inglaterra. O pequeno não só é mais inteligente que o presidente norte-americano Barack Obama, como gosta de ler Shakespeare e já está aprendendo três idiomas: japonês, espanhol e francês.

Adam nasceu em Mitcham, no sul de Londres. Com dois anos e cinco meses, ele é capaz de escrever sozinho 100 palavras, sabe quase toda a tabuada até 10 e tem estudado a tabela periódica. A criança também já monta quebra-cabeças feitos para adultos.

Adam fez o teste de QI Stanford-Binet e marcou 141 pontos. Depois dele ir tão bem, ele foi convidado a se juntar ao Mensa britânico. E mais: se tornou o membro mais jovem a fazer parte do grupo em toda a sua história. Os pais da criança Dean, de 33 anos, e Kerry-Ann, de 31, dizem que perceberam que o filho era diferente quando, com apenas um ano, ele aprendeu a usar o banheiro sozinho, após aprender tudo em um livro.

Adam com os pais e o irmão mais novo Foto: Caters News/The Grosby Group / Caters News/The Grosby Group

Adam com os pais e o irmão mais novo Foto: Caters News/The Grosby Group / Caters News/The Grosby Group

“As habilidades de Adam são excelentes. Tentamos desenvolver a inteligência dele desde que tinha 10 semanas. Enquanto a maioria das crianças na idade dele estão aprendendo a andar, Adam já foi para a leitura de livros. O desenvolvimento dele é surpreendente”, afirmou o pai ao jornal britânico Mail Online.

John Stevenage, CEO do Mensa Britânico, também se surpreendeu com a inteligência o garotinho: “Nós sempre damos boas-vindas aos novos membros. Estamos ansiosos para Adam se juntar a nós e ter um futuro muito brilhante. Nosso objeitvo é ajudar crianças superdotadas e incentivá-las a se tornarem extraordinárias”.

Irmão mais novo de Adam, Ethan, tem pouco mais de um mês, mas os pais já têm expectativas: “Eu espero que ele se desenvolva em um ritmo mais rápido que o de Adam. Além disso, eu li que os filhos mais novos tendem a acompanhar o ritmo de seus irmãos mais velhos, então eu acho que isso vai estimulá-lo”.

Adam quando era recém-nascido Foto: Caters News/The Grosby Group / Caters News/The Grosby Group

Adam quando era recém-nascido Foto: Caters News/The Grosby Group / Caters News/The Grosby Group

Go to Top