1

Diego Santos, no Literatortura

O nome de J.K. Rowling, autora de Harry Potter,mais uma vez tomou conta das redes sociais no fim de semana.

O que aconteceu desta vez foi que uma de suas mensagens escritas no mês de maio, pelo twitter, foi respondida por um usuário da rede social que fez uma tremenda demonstração de homofobia ao mencionar a revelação de Rowling sobre Dumbledore ser gay.

Ao afirmar no microblog que haviam se passado 16 anos desde a Batalha de Hogwarts e que havia odiado matar algumas daquelas pessoas, a escritora foi respondida por um dos usuários da seguinte maneira:

@jk_rowling once u revealed Dumbledore was homosexual I stopped being a fan. Nice how u blindsided us with that one. Enjoy your billion $
– @halfelven55ff.

T.L: @jk_rowling, desde que você revelou que Dumbledore era homossexual eu parei de ser fã. Legal como você nos iludiu com essa. Aproveite seu bilhão $

Rowling respondeu [e respondeu com classe!]

De forma direta e sarcástica, a escritora disse o seguinte:

1 (2)

@halfelven55ff I advise you to start following Brian Souter at once. He’s much more your kind of person.

T. L.: @halfelven55ff Eu recomendo que você comece a seguir o Brian Souter imediatamente. Ele é muito mais o seu tipo de pessoa.

Para quem não sabe, Souter é um empresário escocês que doou um milhão de libras para financiar uma campanha que visava proibir a promoção de discussões sobre homossexualidade nas escolas. Além disso, doou também um milhão para o Partido Nacionalista Escocês, que diversas vezes afirmou ser contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Um tipo de Bolsonaro escocês.

Rowling, mais uma vez, mostrando porque é tão amada!

1