Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged cadastro

Biblioteca Pública de Alagoas inicia serviço de empréstimo de livros na segunda-feira

0
Biblioteca Pública de Alagoas começa a emprestar livros na segunda-feira (11) (Foto: Divulgação/Secult)

Biblioteca Pública de Alagoas começa a emprestar livros na segunda-feira (11) (Foto: Divulgação/Secult)

Usuários precisam fazer um cadastro presencial, e podem levar para casa até três livros de cada vez. É a primeira vez que a biblioteca adota o sistema em 152 anos.

Publicado no G1

A Biblioteca Pública Estadual Graciliano Ramos, no centro de Maceió, vai iniciar um serviço de empréstimo de livros a partir de segunda-feira (11). Segundo a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), essa era uma reivindicação antiga dos usuários o local.

A informação foi divulgada pela Secult nesta sexta (8). Em 152 anos de existência, essa é a primeira vez que a biblioteca pública vai permitir que os usuários levem livros para casa.

“Adquirimos o software de gerenciamento de bibliotecas, e foram realizadas as instalações de equipamentos de autoatendimento e antenas magnetizadoras para o controle antifurto nas dependências da biblioteca, além de treinamento com os estagiários e funcionários”, explica Almiraci Dantas, coordenadora da biblioteca.

Para pegar algum livro emprestado, o usuário precisa antes fazer um cadastro presencial na biblioteca. Para isso, é preciso levar RG, CPF e comprovante de residência. Para os menores de 18 anos, o cadastro deve ser feito pelos pais ou responsáveis.

Os empréstimos seguirão algumas regras. Cada pessoa pode levar até no máximo três livros. Levar duas cópias do mesmo título não é permitido. Algumas coleções especiais não podem ser retiradas.

O prazo para devolução é de 8 dias. Para cada dia de atraso, serão aplicados cinco dias de suspensão. Nesse período, o usuário não poderá pegar novos livros.

Caso o título emprestado esteja em uma lista de reserva, são 15 dias de suspensão para cada dia de atraso. Se o livro for perdido ou danificado, o usuário deve repor o exemplar à coleção da biblioteca.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3315-7877.

Conheça o MECflix, plataforma dedicada a estudos para o Enem

0

publicado no CanalTech

As desculpas para não cair de cabeça nos estudos acabaram. O Ministério da Educação abriu na última terça-feira (5) o MECflix, um portal online com videoaulas voltadas às disciplinas que constituem a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Na plataforma, os alunos poderão fazer simulados e resolver exercícios. As videoaulas, porém, só estarão disponíveis para os usuários a partir do dia 30. A iniciativa faz parte do plano “Hora do Enem” e pode ser utilizada por qualquer pessoa, sem custos.

Como funciona?

135913.234793-MECflix

Para acessar a plataforma, os interessados devem se dirigir ao site da TV Escola, onde o MECflix estará hospedado. Lá, o estudante faz um cadastro na plataforma, informando nome, e-mail e senha. Após confirmar o cadastro, o usuário pode começar a montar seu plano de estudo com base nas disciplinas que mais interessam ao curso escolhido pelo aluno. Nos recursos da plataforma, é possível salvar vídeos, dar nota para o material disponível, fazer anotações e montar playlists com as videoaulas.

O que o MECflix oferece?

Todo o conteúdo da plataforma é fornecido por parcerias do governo federal com instituições, como a Geekie Game, Fundação Getúlio Vargas, Kroton, Descomplica e QR do Enem, resultando em cerca de 1.900 vídeos. Todos eles são separados em categorias: “Ciências da natureza e suas tecnologias”, “Ciências humanas e suas tecnologias”, “Linguagens, códigos e suas tecnologias” e “Matemática e suas tecnologias”.

Caso não ache o material desejado navegando por elas, também é possível fazer buscar por palavras chave. Porém, nem tudo no MECflix é de livre acesso. Os simulados só estão disponíveis para alunos matriculados no terceiro ano do ensino médio. O plano é de que o serviço também seja um espaço de troca de experiências.

Assim, usuários poderão enviar seus vídeos para exibição na plataforma e, após a prova do Enem, o gabarito deverá ser postado com comentários em vídeo. Plataforma multimídia Além do seu lado online, o Hora do Enem contará com programas de TV transmitidos pela TV Escola e 40 outras emissoras, no geral educativas e comunitárias.

Cada dia da semana será focado em uma disciplina: matemática (segundas-feiras), ciências humanas (terças-feiras), linguagens (quartas-feiras), ciências da natureza (quintas-feiras) e redação (sextas-feiras). A iniciativa também conta com aplicativos para os sistemas Android e iOS.

Biblioteca em geladeira conquista leitores

1

Publicado no Jornal A Cidade

Eletrodoméstico oferece livros sem a exigência de cadastro ou data de devolução. E faz muito sucesso

Após a aula de jiu-jitsu, jovens apreciam os títulos disponibilizados pela Geladeiroteca no Centro Espotivo Mogiana: incentivo à leitura (Foto: F.L Piton / A Cidade)

Após a aula de jiu-jitsu, jovens apreciam os títulos disponibilizados pela Geladeiroteca no Centro Espotivo Mogiana: incentivo à leitura (Foto: F.L Piton / A Cidade)

Em Sertãozinho, livro também pode ser encontrado na geladeira. É isso mesmo: o município ganhou a Geladeiroteca, um eletrodoméstico cuja carcaça foi customizada com gravuras e textos, e se tornou uma estante de biblioteca. Nela, qualquer pessoa pode pegar livros emprestados, sem a necessidade de cadastro. O lema é “Consuma aqui e alimente seu espírito”.

O projeto foi idealizado pela biblioteca General Tavares Carmo, da Associação dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo (Canaoeste) e teve início em outubro deste ano, durante a 11ª Feira do Livro de Sertãozinho. Agora, o local que acolhe a Geladeiroteca é o Centro Esportivo Mogiana, por meio da Associação de Amigos do Bairro Alvorada (ABA).

Segundo o bibliotecário e idealizador Haroldo Luís Beraldo, a Geladeitoreca é uma biblioteca livre: não existe a necessidade de cadastro para o empréstimo de livros, nem prazos estabelecidos para devolução. Além disso, as pessoas podem fazer doações.

“Se a pessoa quiser devolver o livro, legal, assim como pode emprestar para um vizinho ou deixar em um ponto de ônibus para outras pessoas lerem”, diz.

“A ideia é simples, mas o objetivo é promover a leitura, tirar os livros da estante e fazer com que circulem de maneira livre e gratuita.”
Beraldo pretende fazer novas geladeiras de livros e disponibilizar os equipamentos em outros locais.

Acesso público
“O Centro Esportivo foi escolhido a princípio por ser de acesso público e de grande circulação de pessoas, já que lá são desenvolvidos muitos projetos sociais com crianças, adultos e idosos”, diz.

Segundo o bibliotecário, durante os três dias de feira, em outubro, foram repassados, aproximadamente, 400 livros. A secretária do Centro Esportivo Mogiana, Francine Silva Nogueira diz que, no clube, ao menos 10 pessoas se interessam e perguntam diariamente sobre o projeto.

“O pessoal fica muito curioso, pega livros e também faz doações. É difícil ter um controle de quantos já foram emprestados porque não há cadastro, mas o interesse está sendo grande”, afirma.

José Guilherme, neto da dona de casa Maria Solange dos Santos Leite, saiu da aula de jiu-jitsu e aproveitou para escolher um livro para levar para casa. “Eu acho muito importante reforçar a leitura de livros, ainda mais para as crianças que hoje ficam muito no computador”, diz Maria.

Acervo tem 15 mil opções
A biblioteca “General Tavares Carmo”, da Associação dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo (Canaoeste), existe há 41 anos e, há dois, se tornou pública.

Antes disso, apenas associados, cooperados e pessoas autorizadas podiam utilizar o empréstimo de livros.

O local conta com um acervo de, aproximadamente, 15 mil livros, hemeretoca com revistas e jornais, vídeos técnicos, documentários, computadores com acesso à internet, tecnologia Wi-fi, equipamentos multimídia, como e-readers e tablets, ambientes climatizados e estrutura para estudo.

Processo seletivo para namorar um(a) viciado(a) em livros

0


Publicado no Um Livro Qualquer

Os selecionados na primeira fase deverão apresentar uma redação de três laudas com o seguinte tema: “Por que não recebi minha carta de Hogwarts?”

Os candidatos remanescentes da segunda fase terão 10 minutos dentro de uma livraria para comprar um livro de presente.

dica do Fernando Piva

Go to Top