Autora da saga ‘Harry Potter’ escreveu mensagem de apoio a jovem americana que perdeu os pais e os irmãos nos EUA

Dumbledore, interpretado na imagem por Michael Gambon, é um dos personagens preferidos da saga de J.K Rowling - Divulgação/Warner

Dumbledore, interpretado na imagem por Michael Gambon, é um dos personagens preferidos da saga de J.K Rowling – Divulgação/Warner

Publicado em O Globo

RIO — Autora dos livros “Harry Potter”, J.K. Rowling enviou uma carta de apoio em nome do bruxo Alvo Dumbledore a Cassidy Stay, de 15 anos, única sobrevivente de um massacre que dizimou sua família. A mensagem foi enviada dias após a menina de Houston, no Texas, revelar que o bruxo de Hogwarts foi sua inspiração para encarar o luto. O conteúdo da carta não foi divulgado.

O massacre aconteceu no dia 9 de julho. Segundo a polícia, Ronald Lee Haskell, de 33 anos, autor dos disparos, entrou na casa da família de Cassidy, buscando por sua ex-mulher (tia da jovem), e acabou atirando contra os sete integrantes da família. Mesmo ferida, ela conseguiu ligar para a polícia após o atirador sair. Os pais e os quatro irmãos da adolescente morreram. Haskell foi preso no mesmo dia, e seu advogado alegou que ele possui distúrbios mentais.

A jovem, que agora mora com o avô, fingiu estar morta e alertou a polícia sobre o crime ocorrido em sua residência em julho deste ano. Durante o velório da família, Cassidy contou ter tirado de “Harry Potter e o prisioneiro de Azkaban” a inspiração para buscar forças para enfrentar um momento tão difícil, e leu uma frase dita por Dumbledore no livro: “A felicidade pode ser encontrada até nos tempos mais escuros se alguém se lembrar de ligar a luz.”

Além da carta, assinada pelo mago e diretor de Hogwarts, o pacote enviado por Rowling continha uma varinha mágica, uma carta de aceitação para a escola, a lista de materiais do ano letivo e o terceiro livro da série autografado pela autora. O recebimento da correspondência foi confirmado numa página no Facebook, criada por amigos de Cassidy para realizar um encontro entre Rowling e a jovem.

Segundo o jornal “The Telegraph“, um porta-voz da escritora confirmou que “J.K. Rowling entrou em contato com Cassidy Stay”, mas que “o conteúdo da carta permanece em privado”.