Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged certificado

Abrem nesta terça inscrições para curso gratuito da USP sobre Harry Potter

0

Publicado no Metro Jornal

A fim de aprender sobre literatura e ainda discutir a saga do bruxinho mais famoso do mundo? Agora, você pode. A Universidade de São Paulo abre nesta terça-feira (26) as inscrições para o curso “Harry Potter: caminhos interpretativos”, que acontece aos sábados na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

O curso é totalmente gratuito, e é oferecido por alunos da pós-graduação em Teoria Literária. As aulas ocorrem entre 6 de abril e 1 de junho, aos sábados, das 9h30 às 12h. Para participar, é preciso ser maior de 18 anos, e é recomendável ter lido todos os livros da saga.

Quem obtiver 75% de frequência ou mais terá direito a um certificado de participação. Esta é a segunda edição do curso, que foi oferecido também em 2018.

As inscrições ficam abertas até a meia-noite de segunda-feira, 1 de abril. Mas não bobeie: são apenas 60 vagas.

Americana recebe certificado de ensino médio aos 97 anos

0

Margaret Bekema precisou deixar a escola ainda jovem para cuidar da família

americana

Publicado em O Globo

Imagine esperar 79 anos por um certificado de ensino médio. Foi este o tempo aguardado pela americana Margaret Bekema, de 97 anos. Quando ainda era jovem, ela foi forçada a deixar os estudos para cuidar da família. Agora, ela recebeu um diploma honorário, que a deixou muito emocionada, fazendo com que sua história repercutisse pelo mundo inteiro.

Margaret vive em Grand Rapids, no estado americano de Michigan, e precisou abandonar os estudos na Catholic Central High School, quando estava no 1º ano do ensino médio. Sua mãe tinha câncer e precisava de ajuda para cuidar dos três irmãos mais novos de Margaret.

Ela conta que adorava o colegial, e deixar a escola aos 17 anos “partiu seu coração”. Na época, ela precisou assumir tarefas domésticas, como cozinhar, lavar e passar as roupas de toda a família.

– Vocês não têm ideia de como foi difícil. Amava o ensino médio e tinha muitos amigos – contou ela ao “Michigan Live”. – Estou muito agradecida por receber o certificado.

Na última quinta-feira, ela finalmente vestiu um capelo para receber seu certificado diante de toda a família. Entregue pelas mãos do diretor da escola, o documento reconhece que ela cumpriu seu objetivo de se formar ao longo da vida.

– Depois de todos esses anos praticando todos os valores fundamentais que ensinamos em nossa escola, temos o orgulho de dar a Margaret um diploma honorário oficial – disse o diretor, Greg Deja, ao “USA Today”.

Aos cinco anos, menino se torna especialista em computação

0

Um menino inglês se tornou o mais jovem especialista em computação de que se tem notícia.

Ayan passou em exame de certificação da Microsoft; ele começou a aprender a operar computadores aos 3 anos.

Ayan passou em exame de certificação da Microsoft; ele começou a aprender a operar computadores aos 3 anos.

Gurvinder Gill, na BBC

Ayan Qureshi foi certificado como profissional pela empresa Microsoft, após passar em um teste de habilidades a que se submeteu aos cinco anos de idade.

O menino, que agora tem seis anos, criou sua própria rede de computadores em casa. Ele disse à BBC que achou o exame difícil, porém divertido, e espera se tornar um empreendedor na área.

Seu pai, Asim, que é consultor na área de TI (Tecnologia da Informação), disse que “o mais desafiador (ao prestar o exame) foi explicar a linguagem do teste a um menino de cinco anos”.

“Mas ele pareceu entender e tem uma memória muito boa”, afirmou.

Asim começou a ensinar computação ao filho quando este tinha três anos. Ele brincava com computadores antigos para entender conceitos como hard drive e placa-mãe.

“Qualquer coisa que eu falasse ele lembrava no dia seguinte. Então comecei a alimentá-lo com mais informação”, explicou. “O uso excessivo de computadores nessa idade pode ter um efeito negativo, mas, no caso de Ayan, ele aproveitou uma oportunidade.”

Laboratório

Ayan criou sua própria rede de computação

Ayan criou sua própria rede de computação

Ayan tem seu próprio laboratório de computação em sua casa, em Coventry (centro da Inglaterra), com uma rede de informática que ele mesmo construiu.

O menino passa cerca de duas horas por dia aprendendo sobre sistemas operacionais e como instalar programas.

Quando Ayan foi prestar o exame da Microsoft – geralmente prestado por quem quer se tornar técnico em TI -, os monitores da empresa acharam que ele era muito novo para ser um candidato. O pai assegurou-lhes que o menino ficaria bem.

A família Qureshi se mudou do Paquistão para a Inglaterra em 2009.

“Estou muito, muito orgulhosa”, disse a mãe do menino, Mamoona. “Não quero que ele bata um recorde mundial a cada dia. Mas quero que ele dê o seu melhor no que quer que faça na vida.”

Ayan contou que sonha em criar no Reino Unido uma região semelhante ao Vale do Silício americano, concentrando empresas de tecnologia, e em abrir uma empresa própria.

Go to Top