Karen, no Por essas Páginas

cada-um

Na sexta-feira passada estive em São Paulo para a seção especial de cinema da Fox Filmes da animação Cada Um na Sua Casa, a convite do querido Sérgio Pavarini, da Editora Gutenberg. Vale lembrar que o filme é uma adaptação do livro de mesmo nome, do autor Adam Rex. Para saber mais sobre o livro, clique aqui.

Sinopse: O planeta Terra foi invadido por seres extra-terrestres, os Boov, que estão em busca de um novo planeta para chamar de lar. Eles convivem com os humanos pacificamente, que não sabem de sua existência. Entretanto, um dia a jovem adolescente Tip (Rihanna) encontra o alien Oh (Jim Parsons), que foi banido pelos Boov devido às várias trapalhadas causadas por ele. Os dois logo embarcam em uma aventura onde aprendem bastante sobre as relações intergalácticas.” Fonte

A seção aconteceu no Cinemark do Shopping Eldorado, em Pinheiros. Chegamos (eu estava acompanhada pela minha irmã) por lá um pouco depois das dez da manhã. Conversei com o pessoal da Gutenberg e da Fox Filmes ao chegar e eles foram mega simpáticos e gentis! Estava marcado um pequeno café da manhã com os convidados, mas uau, de “pequeno” não tinha nada! Muitas comidinhas e bebidinhas deliciosas, e mais ou menos às dez e meia nos dirigimos à sala de exibição completamente empanturradas de coisas gostosas.

cadaumnasuacasa

A seção era 3D (oba! AMO 3D!) e dublada, mas o bom de animação é que fica bonitinha dublada, legendada ou até no mudo. Animações são tudo de bom! E, então, o filme começou…

E… gente, que filme LINDO! A história é sobre um grupo de alienígenas, os Boov, que vivem fugindo há muito, muito tempo, procurando um novo lar. É quando eles encontram a Terra, despacham todos os humanos para a Austrália (ou melhor, a Cidade dos Humanos Felizes) e assumem o planeta. Antes de tudo é preciso que vocês saibam algumas coisinhas sobre os Boov: eles são extremamente medrosos e bem pouco sociais. Então, quando um Boov chamado Oh resolve dar uma festa de boas-vindas aos vizinhos para comemorar o novo lar, é claro que ninguém aparece. Acontece que Oh enviou o convite da sua festa para… todo mundo na galáxia! Inclusive os seus super inimigos, dos quais eles estão fugindo todo esse tempo.

cadaumnasuacasa3
Com o pessoal da Gutenberg e da Fox Filmes

Enquanto isso, Tip, uma garota humana, está triste (e brava!) porque sua mãe foi sequestrada pelos Boov. Ela e seu gatinho, o Porquinho, saem em busca da mãe de Tip em seu carro, mas por causa de um fuga alucinada de Oh dos Boov, ela acaba batendo e os dois se encontram em um mercadinho. Improvável? Sim, mas acontece (e uma parte muito engraçada!). A partir daí uma deliciosa aventura começa.

Nem sei dizer o que eu mais gostei no filme. Foram tantas coisas! Talvez o fato de que, na verdade, os Boov, apesar de fofinhos, não eram assim “tão bonzinhos”, e o próprio Oh amadurece bastante e evolui como personagem ao longo da trama. Tip também evolui; de uma garota deprimida e cheia de raiva (mas ela totalmente tinha seus motivos!), ela acaba abrindo seu coração. Também adorei que a protagonista do filme é uma garota negra, ou seja, duas vezes mais legal! E ela está à procura da mãe, não de um príncipe encantado. Três vezes mais legal! O filme é cheio de personagens femininas fortes, com motivações próprias, independente de homens. Um exemplo fantástico para as meninas e os meninos também! E o Oh! Ele muda de cor de acordo com suas emoções, o que quer dizer que Tip sempre descobre quando ele está mentindo… e quando ele aprende a dançar! E as suas perguntas inocentes? Ou será que eu amei mais o gatinho? Tão fofo! Ronronando, fazendo pãozinho na Tip, dançando… Awwn!.

gatinho_home

Obviamente saímos de lá divididas entre lágrimas e sorrisos. Impossível não se emocionar! O filme foi maravilhoso. Uma das melhores animações que já vi: divertido, sensível, criativo, tocante, cheio de reviravoltas surpreendentes, diálogos deliciosos, super colorido e muito bem produzido. Fala de amizade e de família, de fazer o que é certo, sem cair na moral pela moral, mas de um jeito muito espontâneo. Foi lindo, gente. Simples assim. Tem que assistir! O filme chega aos cinemas no 9 de abril! Anotem na agenda!

littlegirl_home

Porque esse filme é muito importante <3

E, como se não bastasse tudo isso (e o fato de que estávamos saindo da sala limpando as lágrimas dos olhos), ao sair nos deparamos com uma surpresa fantástica! Mimos incríveis de presente! Sério, o nosso queixo deve ter batido no chão ao ver todo aquele carinho. Como uma imagem vale mais que mil palavras, olha só os mimos que a gente ganhou:

CadaumMIMO

Um Oh de FOM! (tão fofinho!) E a coleção inteira de bonequinhos do Oh da campanha do Mc Lanche Feliz! OMG! Cada um mais lindo que o outro, gente! Tem alguns que acendem, outros que giram, vibram (ou ronronam? rs). Uma graça, gente. Sério, vocês vão amar!

Agora, depois desse filme lindíssimo, estou DOIDA para ler o livro da Gutenberg! Mas, enquanto não leio, vou buscando mais e mais informações sobre o filme (e abraçando meu Oh!). Deixo vocês com um “prólogo” da animação, Almost Home, ou “Quase em Casa” – em tradução livre. Só pra vocês terem um gostinho.

Ficha Técnica
Título: Cada Um na Sua Casa
Direção: Tim Johnson
Roteiro: Tom J. Astle e Matt Ember
Duração: 94 minutos
Ano: 2015
Distribuidora: Fox Filmes
Avaliação: