Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged cultural

Livraria Blooks abrirá loja no Paço Imperial, onde funcionava a Arlequim

0

Livraria Arlequim, no Paço Imperial, fecha as portas no dia 18 de maio Foto: Gustavo Miranda / Agência O Globo

Anúncio foi feito no dia 28 nas redes sociais; loja inicia suas atividades dia 1º de julho

Publicado em O Globo

RIO — O Paço Imperial terá uma nova livraria a partir do próximo 1º de julho. Após o fechamento da tradicional Arlequim no último dia 18 de maio, o centro cultural abrigará uma loja da Blooks. O anúncio foi feito pelo antigo dono da Arlequim, Ronald Iskin, e a dona da Blooks, Elisa Ventura, em suas redes sociais.

A Blooks ficará no mesmo espaço em que a Arlequim funcionou nos últimos 25 anos.

“Num momento em que acompanhamos livrarias e outras atividades voltadas à produção cultural encerrando suas atividades, é motivo de muito otimismo sabermos que o Paço Imperial segue dedicando sua área de lojas à difusão de produtos culturais de alto nível e relevância”, escreveram Ronaldo e Elisa.

O Centro do Rio, cuja tradição de livrarias remete aos tempos de Machado de Assis — frequentador da Garnier, na Rua do Ouvidor — vem sofrendo com o fechamento de importantes lojas do ramo nos últimos anos . Em março deste ano, a Travessa teve que fechar sua loja na Avenida Rio Branco, pois o espaço, que é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, avisou que o prédio vai entrar em obras.

No ano passado, a Livraria Cultura da Rua Senador Dantas encerrou as atividades após seis anos funcionando no local. O fechamento ocorreu pouco antes de a rede entrar com pedido de recuperação judicial, devido à crise do mercado editorial. Também fecharam as portas nos últimos anos o tradicional sebo Al-Farábi, point cultural localizado na Rua do Rosário, e a Livraria Marins, na praça Tiradentes .

Biblioteca no Rio de Janeiro está entre as mais belas do mundo

0

Publicado no Guia Viajar Melhor

O Real Gabinete Português de Literatura já serviu de locações para filmes, novelas e minisséries

Criado no século XIX, a instituição é uma verdadeira homenagem para a cultura portuguesa em solo brasileiro e teve início apenas 15 anos depois da Independência do Brasil, quando 43 imigrantes portugueses criaram um “gabinete de leitura” inspirado nos centros culturais do mesmo formato que se consolidavam cada vez mais na Europa. O objetivo era trazer um pouco da riqueza cultural portuguesa para os imigrantes que começavam a viver no Rio de Janeiro, na época capital do Império.

Foto: Rosino

Foto: Rosino

Hoje, para quem passa próximo ao metrô Uruguaiana no centro da capital fluminense nem imagina a história da tradicional instituição portuguesa. O imponente edifício que abriga a biblioteca tem arquitetura luxuosa e foi eleito pela revista “Time” como uma das mais belas bibliotecas do mundo. O Real Gabinete Português de Literatura, também reúne o maior acervo de obras lusitanas fora de Portugal e o edifício está localizado na parte histórica do centro carioca e funciona tanto como biblioteca, como centro de estudos e instituição cultural.

Foto: Roland Sorg

Foto: Roland Sorg

A criação do Real Gabinete Português de Literatura teve início em 1837 em seu primeiro prédio e posteriormente foi transferido para o seu atual endereço na Rua Luís de Camões, 30, onde está instalado desde 1872.

Foto: Frank Alvarado

Foto: Frank Alvarado

4 motivos para nunca abandonar a leitura

0
Fonte: Shutterstock

Fonte: Shutterstock

Veja a importância de manter o hábito de leitura na sua rotina

Publicado no Universia Portugal

Muitas pessoas queixam-se de não terem tempo para colocar a leitura em dia, devido à grande quantidade de tarefas acumuladas durante a semana, que acabam por deixar a agenda lotada. Muitas vezes, reservar um momento para a leitura pode parecer quase impossível, mesmo que seja apenas uma vez por semana.

No entanto, os livros não devem ser deixados de lado, pois possibilitam uma aprendizagem constante, ampliando o repertório cultural e possibilitando uma nova visão de mundo. Por sorte, existem diversas formas de adaptar a sua rotina para conseguir ler com mais frequência mesmo estando sem tempo, ainda que muitas vezes essa adaptação não seja assim tão simples.

Separamos a seguir 4 motivos para convencê-lo a nunca abandonar a leitura. A saber:

1 – Conhecimento

Os livros têm a capacidade de ampliar o repertório cultural fazendo com que tenha acesso a diversas áreas do conhecimento ao longo de uma só leitura. Em geral, as pessoas que leem frequentemente possuem assuntos abrangentes e têm mais hipóteses de obterem um bom desempenho em provas mais extensas como os exames, por exemplo.

2 – Pensamento crítico

É muito provável que desenvolva uma reflexão crítica sobre as principais temáticas que podem aparecer durante a leitura. Os livros podem mudar a visão de mundo do leitor fazendo com que ele encare muitos assuntos com uma perspetiva diferente.

3 – Exercício mental

Ler é uma ótima forma de estimular a atividade mental já que, além de ampliar o vocabulário, desenvolve as habilidades de escrita e aumenta a capacidade de interpretar textos. Além de ser um ótimo exercício para manter o cérebro ativo, a leitura é capaz de despertar a criatividade e a imaginação no leitor, estimulando o seu pensamento inovador, de forma a que ele sempre tenha novas ideias.

4 – Alívio do stresse

A leitura pode diminuir os sintomas de stresse acumulados ao longo de uma semana intensa de trabalho ou de estudos. Além disso, ler um pouco antes de dormir pode ajudá-lo a adormecer mais facilmente, fazendo com que acorde mais bem-disposto no dia seguinte.

Concurso Cultural Literário – Especial para Professores (4)

1

profprof

Em parceria com a Editora Autêntica, vamos sortear 3 livros sobre educação, direcionados para professores de todas as áreas:

Conheça as obras:

Para participar, basta deixar nome e e-mail neste formulário.

Para conhecer outras obras acadêmicas relevantes, sugerimos que curta a página da Autêntica no Facebook.

Data do sorteio: 24/2

Boa sorte!

 

 

PROMOÇÃO ENCERRADA

ATENÇÃO PARA OS GANHADORES!

– Rosemary Benedito Fernandes
– Saulo Rodrigo Bastos Velasco
– Patrícia Nascimento do Espírito Santo

Entraremos em contato com os sortudos pelo e-mail deixado no formulário da promoção.

Até o próximo sorteio! 🙂

Livros são produtos preferidos de quem recebe o Vale-Cultura

2
Fonte: citeilivros.tumblr.com

Fonte: citeilivros.tumblr.com

Giuliana Vallone, na Folha de S.Paulo

Livros, jornais, revistas e artigos de papelaria são os produtos preferidos de quem recebe o Vale-Cultura, cartão de R$ 50 mensais direcionados a atividades culturais. O benefício pode ser oferecido a funcionários por empresas.

Segundo o Ministério da Cultura, 88% dos recursos gerados pelos cartões até junho (R$ 12,11 milhões) foram gastos com esses itens. Em seguida, vêm ingressos de cinema (9%) e aquisição de instrumentos musicais (1,3%).

“No Brasil, você tem 400 cidades com sala de cinema. Banca de jornal deve ter em 3.000. Ela acaba virando o único ponto de consumo cultural a que se tem acesso”, diz André Sturm, do Sindicato da Indústria Audiovisual.

Segundo a bancária Rafaela Cruz, a rede de aceitação do Vale-Cultura, um empecilho para as compras no início do programa, está aumentando.

Ela diz ter utilizado o cartão para comprar livros, DVDs e uma entrada para o cinema em São Paulo, onde mora.

Para Cecília Andreucci, diretora de marketing da Livraria Cultura, parte dos trabalhadores que têm o cartão ainda não começou a utilizá-lo. A rede de livrarias aceita os cartões desde janeiro.

Go to Top