Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Dan Brown

Após estreia de Inferno, Dan Brown explica por que O Símbolo Perdido ainda não ganhou os cinemas

0
Dan Brown, Omar Sy, Felicity Jones, Tom Hanks, Ron Howard em Berlim, promovendo Inferno.

Dan Brown, Omar Sy, Felicity Jones, Tom Hanks, Ron Howard em Berlim, promovendo Inferno.

 

Todos os livros de Brown sobre o personagem Robert Langdon já foram adaptados para as telonas, com a exceção de O Símbolo Perdido.

João Vitor Figueira, no Adoro Cinema

A estreia de Inferno marcou a terceira atuação de Tom Hanks no papel do professor de iconografia e simbologia Robert Langdon, personagem criado por Dan Brown em seus romances campeões de venda em diversos países mundo afora.

“Inferno” (2013) foi o quarto livro da franquia dedicada aos mistérios e conspirações decifrados por Langdon. Os anteriores foram O Código Da Vinci e Anjos e Demônios. Entretanto, apesar de ter sido lançado antes mesmo de “Inferno”, o livro “O Símbolo Perdido” (2009) jamais ganhou uma adaptação para as telonas.

Durante uma première em Florença, na Itália, Dan Brown comentou o assunto em entrevista ao site Collider. “Quer saber? Eu respeito muito o fato de nós não termos feito isso. Nós ainda não sabemos como fazer um bom filme com ele. É um livro grande e complexo e eu acho que nós vamos adaptar em filme um dia. Mas quer saber? É melhor levar um tempo para fazer uma coisa da maneira correta do que simplesmente lançar um filme ruim.”

Em “O Símbolo Perdido”, Langdon tem um de seus amigos, um maçom e filantropo, sequestrado por Mal’akh, que acredita que os fundadores de Washington esconderam um tesouro capaz de dar habilidades sobre-humanas.

Em Inferno, Langdon acorda com amnésia e um ferimento de bala na cabeça em um hospital italiano. Mesmo sem saber o que aconteceu consigo nos últimos dias, o professor de Harvard une forças com a Dr. Sienna Brooks (Felicity Jones), a médica que cuidou dele, para recuperar suas memórias e impedir que se coloque em prática o plano de espalhar uma praga inspirada pela Divina Comédia, de Dante Alighieri.

Tom Hanks lança ‘Inferno’, filme baseado em livro de Dan Brown

0
Ganhador de dois Oscar, pela terceira vez Tom Hanks encarna o professor Robert Langdon (Divulgação)

Ganhador de dois Oscar, pela terceira vez Tom Hanks encarna o professor Robert Langdon (Divulgação)

 

Publicado no O Povo

A cidade italiana de Florença vive três dias “infernais” que culminarão com o lançamento no sábado do filme “Inferno”, com Tom Hanks, protagonista da nova adaptação do cineasta Ron Howard do livro homônimo de Dan Brown.

“Florença é uma cidade charmosa. Inventar um plano malvado aqui é uma tarefa impossível, porque há apenas beleza, mistérios e enigmas”, comentou na quinta-feira Howard ao inaugurar os festejos para a estreia mundial.

A encantadora cidade dos Médicis, berço no século XIV do Renascimento, é a verdadeira protagonista do filme, baseada no bem-sucedido romance de Brown, que confessou ser fascinado por sua arte e arquitetura.

Toda a equipe do filme viajou para a ocasião à capital da Toscana. Além de Hanks e Ron Howard, estavam presentes o francês Omar Sy, Felicity Jones, Irrfan Khan e o autor de Inferno, um romance de mistério e suspense baseado na simbologia oculta na Divina Comédia, a obra clássica de Dante Alighieri, mas que também fala dos problemas da superpopulação mundial.

No esplêndido Salone dei Cinquecento (Salão dos Quinhentos), no Palazzo Vecchio, onde foram rodadas várias cenas de “Inferno”, responderam as perguntas de dezenas de jornalistas do mundo todo.

“A ignorância é o maior perigo para a humanidade”, disse o ator americano Hanks, de 60 anos, ao comentar um dos aspectos abordados pelo livro.
Hanks, simpatizante do Partido Democrata, também se referia às eleições presidenciais em seu país.

“Se observarem a história, ou se lerem os livros de Dan Brown, poderão perceber que o mundo se encontrou frequentemente diante de uma encruzilhada que o obriga a aprender a conviver uns com os outros”, explicou o ator. “Alguns países respondem com simplicidade a problemas complexos”, comentou, lançando outra indireta aos seus compatriotas.

O talentoso ator, ganhador de dois Oscar, pela terceira vez encarna o professor Robert Langdon, que dessa vez acorda com amnésia em um hospital, onde é atendido pela doutora Sienna Brooks (Felicity Jones). Ela o ajudará a recuperar a memória e evitar a propagação de um vírus que ameaça a metade da população do planeta.

Depois de “Código da Vinci” (2006) e “Anjos e Demônios” (2009), Hanks conta o inferno que inspirou o poeta florentino Dante para descrever os círculos que atravessa em sua própria jornada na vida após a morte.

Com a jovem médica, Sienna Brooks, participa de uma corrida contra o tempo entre Florença, Veneza e Istambul para frustrar o malvado plano de um cientista decidido a exterminar 90% da humanidade com um vírus assassino.

“Dan Brown nos conta o inferno que criamos na terra. Dante descreve em seus cantos um lugar específico, enquanto o filme narra como o terrorista quer mudar o que considera um inferno”, afirma.

E este inferno é representado pelos problemas ambientais, as pessoas escravizadas, a superpopulação…

Por sua vez, Dan Brown explicou que a ideia partiu de uma estatística que leu: “A população mundial triplicou em 80 anos”.

“O filme aborda este problema porque se tivéssemos que rodar cada cena do livro teria durado 35 horas. O diretor centrou o problema da superpopulação, é um fio condutor”, explicou um dos autores que mais vendeu livros em todo o mundo, cerca de 200 milhões de exemplares.

Dan Brown já tem novo livro previsto para o próximo ano

0

dan-brown

Bruna Vieira, no Cabana do Leitor

De acordo com o The Bookseller, Dan Brown irá a publicar um novo thriller de Robert Langdon, intitulado ‘Origem’ em setembro de 2017.

Pouco se fala sobre o enredo do novo livro, mas a editora Transworld disse que será “de acordo com a marca estilo [Brown], com códigos, ciência, religião, história, arte e arquitetura”. A editora acrescentou que o enredo seria impelido pelo simbologista de Harvard, Robert Langdon, “sobre o cruzamento perigoso de duas das mais duradouras perguntas da humanidade e a descoberta de abalar a terra que vai respondê-las”.

‘Origem’ será publicado no Reino Unido em 26 de setembro de 2017, o romance será lançado simultaneamente nos EUA e no Canadá. Também estará disponível em um e-book e em audiolivro.
Brown é o autor de seis best-sellers internacionais, incluindo O Código Da Vinci, Inferno, O Símbolo Perdido, Anjos e Demônios, Ponto de Impacto e Fortaleza Digital. Existem mais de 200 milhões de cópias dos livros de Dan Brown em todo o mundo, de acordo com a Transworld, e seus romances foram traduzidos para 56 idiomas.

No total, o autor americano vendeu 16 milhões de livros impressos somente no Reino Unido.
Esse autor é trevoso ou não é? A Editora Arqueiro, ainda não se pronunciou sobre quando ‘Origem’ será lançado no Brasil, tendo em vista que o lançamento nos EUA será em setembro do ano que vem, pode ser que a editora demore um pouco para se pronunciar sobre a obra.

Qual era o livro mais vendido no ano em que você nasceu?

1

Livraria_0

Compilamos os best-sellers dos últimos 40 anos no Brasil e nos Estados Unidos

Pamela Carbonari, na Superinteressante

Você já deve ter lido por aqui que quem lê vive mais. Ok, leitura não garante longevidade, mas pode diminuir suas chances de morrer se você mantiver o hábito de ler livros durante toda a vida – e não apenas jornais ou revistas (não há nenhuma ressalva se você ler Superinteressante, então continue conosco). Por isso e pelos outros tantos benefícios da leitura, não é novidade para nenhum leitor que a atividade seja primordial desde muito cedo.

Não importa se você é leitor desde o berço ou se adquiriu o hábito depois de adulto: se você pudesse comprar um livro no ano em que nasceu, que livro seria?

Compilamos os maiores best-sellers de ficção: para selecionar os hits literários no Brasil recorremos à lista dos mais vendidos da revista Veja. Também utilizamos a lista do The New York Times para encontrar as obras mais compradas pelos americanos nas últimas quatro décadas. Boa leitura!

1975

Brasil – Gabriela, Cravo e Canela, Jorge Amado

Estados Unidos – A Saga do Colorado, James Michener

1976

Brasil – Araceli, Meu Amor, de José Louzeiro

Estados Unidos – Triniy, Leon Uris

1977

Brasil –

Estados Unidos – Pássaros Feridos, Colleen McCullough

1978

Brasil- Conversa na Catedral, Mario Vargas Llosa

Estados Unidos – A Herdeira, Sidney Sheldon

1979

Brasil – Farda, Fardão, Camisola de Dormir, Jorge Amado

Estados Unidos – O círculo Matarese, Robert Ludlum

1980

Brasil- A Falta que Ela me Faz, Fernando Sabino

Estados Unidos- A identidade Bourne, Robert Ludlum

1981

Brasil- Crônicas de uma morte anunciada, Gabriel García Márquez

Estados Unidos- Os Rebeldes, James Michener

1982

Brasil – O Analista de Bagé, Luis Fernando Veríssimo

Estados Unidos – O Mosaico de Parsifal, Robert Ludlum

1983

Brasil – A Velhinha de Taubaté, Luis Fernando Veríssimo

Estados Unidos – A Garota do Tambor, John Le Carré

1984

Brasil – Tocaia Grande, Jorge Amado

Estados Unidos – Operação Aquitânia, Robert Ludlum

1985

Brasil – A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera

Estados Unidos – Tripulação de Esqueletos, Stephen King

1986

Brasil – A Insustentável Leveza do Ser, Milan Kundera

Estados Unidos – A Coisa, Stephen King

1987

Brasil – As Brumas de Avalon, Marion Zimmer Bradley

Estados Unidos – O Preço do Amor, Danielle Steel

1988

Brasil – As Brumas de Avalon, Marion Zimmer Bradley

Estados Unidos – O Cardeal do Kremlin, Tom Clancy

1989

Brasil – As Areias do Tempo, Sidney Sheldon

Estados Unidos – A casa da Rússia, John Le Carré

1990

Brasil – Diário de um Mago, Paulo Coelho

Estados Unidos – O Ônus da Prova, Scott Turow

1991

Brasil – O Alquimista, Paulo Coelho

Estados Unidos – Scarlett, Alexandra Ripley

1992

Brasil – O Alquimista, Paulo Coelho

Estados Unidos- O Dossiê pelicano, John Grisham

1993

Brasil – Noite sobre as Águas, Ken Follett

Estados Unidos – As Pontes de Madison, Robert James Waller

1994

Brasil – Brida, Paulo Coelho

Estados Unidos – A Profecia Celestina, James Redfield

1995

Brasil – Comédias da Vida Privada, Luis Fernando Veríssimo

Estados Unidos – A Profecia Celestine, James Redfield

1996

Brasil – O Mundo de Sofia, Jostein Gaarder

Estados Unidos – Segredos do Poder, Joe Klein

1997

Brasil – O Mundo de Sofia, Jostein Gaarder

Estados Unidos – A Montanha Gelada, Charles Frazier

1998

Brasil – O Livro das Virtudes para Crianças, William j. bennett

Estados Unidos – O Advogado, John Grisham

1999

Brasil – O Homem que Matou Getúlio Vargas, Jô Soares

Estados Unidos – O Testamento, John Grisham

2000

Brasil – Harry Potter e a Pedra Filosofal, J.K Rowling

Estados Unidos – A Confraria, John Grisham

2001

Brasil – Harry Potter e a Pedra Filosofal, J.K. Rowling

Estados Unidos – O diário de Suzana para Nicolas, James Patterson

2002

Brasil – Harry Potter e a Câmara Secreta, J.K. Rowling

Estados Unidos – The Lovely Bones, Alice Sebold

2003

Brasil – Onze Minutos, Paulo Coelho

Estados Unidos – O Código da Vinci, Dan Brown

2004

Brasil – Budapeste, Chico Buarque

Estados Unidos – O Código da Vinci, Dan Brown

2005

Brasil – Fortaleza Digital, Dan Brown

Estados Unidos – O Corretor, John Grisham

2006

Brasil – Quando Nietzsche Chorou, Irvin D. Yalom

Estados Unidos – For One More Day, Mitch Albom

2007

Brasil – A Cidade do Sol, Khaled Hosseini

Estados Unidos – A Cidade Do Sol, Khaled Hosseini

2008

Brasil – A Menina que Roubava Livros, Markus Zusak

Estados Unidos – O Recurso, por John Grisham

2009

Brasil – A Cabana, William Young

Estados Unidos – O Símbolo Perdido, Dan Brown

2010

Brasil – A Cabana, William P. Young

Estados Unidos – A Rainha do Castelo de Ar, Stieg Larsson

2011

Brasil – A Guerra dos Tronos, George R. R. Martin

Estados Unidos – A Resposta, Kathryn Stockett

2012

Brasil – A Escolha, de Nicholas Sparks

Estados Unidos – Cinquenta Tons de Cinza, E. L. James

2013

Brasil – Inferno, Dan Brown

Estados Unidos – Um Porto Seguro, Nicholas Sparks

2014

Brasil – A Culpa é das Estrelas, John Green

Estados Unidos – O Pintassilgo, Donna Tartt

2015

Brasil – O Pequeno Príncipe, Antoine de Saint-Exupéry

Estados Unidos – A Garota no Trem, Paula Hawkins

Os escritores mais bem pagos do mundo, segundo a Forbes

0
Paula Hawkins, a autora de A Garota do Trem, estreia na lista da Forbes Matt Dunham

Paula Hawkins, a autora de A Garota no Trem, estreia na lista da Forbes
Matt Dunham

 

James Patterson é o‘camisa amarela’ com lucros de 95 milhões de dólares. Mas a concorrência é forte, de nomes bem conhecidos na famosa lista anual da revista norte-americana

Publicado no Visão

Há de tudo neste pódio dos escritores milionários, bilionários e mais além: autores de thrillers, de literatura fantástica, de séries infantojuvenis, de ficção histórica ou de histórias mais ou menos cor de rosa. São nomes separados de um pelotão constituído por milhares de candidatos aos tops de vendas e às preferências dos leitores, que, por vezes, se revelam inconstantes. Suzanne Collins e Gillian Flynn que o digam: as autoras da famosa saga The Hunger Games/Os Jogos Vorazes e do best seller Gone Girl, respectivamente, ganharam ambas 13 milhões de dólares no ano passado. Depois, os seus lucros mergulharam a pique, dizem os entendidos nestas matérias de tops superlativos (ainda que os admiradores da talentosa Gillian Flynn se preocupem seguramente menos com o tilintar da caixa registradora e mais com a qualidade das suas histórias…)

James Patterson lidera o ranking pelo terceiro ano consecutivo

James Patterson lidera o ranking pelo terceiro ano consecutivo

 

As contas do ranking foram meticulosamente feitas: somaram-se os livros vendidos, sem esquecer os números obtidos pelo segmento dos e-book e dos audiolivros, acrescentaram-se os lucros originados por televisão e indústria cinematográfica, ouviram-se os autores, os agentes literários, as editoras e outros especialistas da indústria. Os valores obtidos, e agora divulgados pela Forbes, prestigiada revista norte-americana dedicada a temas econômicos, dizem respeito aos ganhos compreendidos entre junho de 2015 e junho de 2016 – antes de descontados os impostos, taxas e taxinhas. Mas o conjunto de catorze escritores contemplados perfazem o astronômico valor de 269 milhões de dólares.

James Patterson lidera a lista dos autores mais lucrativos pela terceira vez consecutiva. Pode dizer-se que trabalhou para o recorde: com a ajuda da sua equipe de co-autores, publicou cerca de doze livros novos durante estes doze meses. Uma presença forte na lista são os escritores que se dedicam igual ou exclusivamente ao público infantojuvenil: J.K. Rowling lucrou 19 milhões de dólares ainda com os dividendos de Harry Potter, tendo agora acrescentado mais um lançamento à saga com a publicação de The Cursed Child; Jeff Kinney vai a caminho do 11º volume de Diário de um Banana, série de sucesso em todos os mercados onde foi lançada; John Green que soma e segue com histórias para jovens adultos, como The Fault in our Stars/A Culpa é das Estrelas; Dan Brown está a ultimar uma versão simplificada, orientada para o público de leitores jovens, do best seller O Código da Vinci.

O Diário de um Banana valeu a Jeff Kinney a presença no ranking

O Diário de um Banana valeu a Jeff Kinney a presença no ranking

 

A autora mais jovem presente na lista da Forbes é Veronica Roth: a criadora da saga Divergente, que também já tem adaptações cinematográficas, nasceu ‘apenas’ em 1988. Uma veterana de anos recentes, E.L. James, continua a usufruir do sucesso de Cinquenta Tons de Cinza: a autora teve um aumento de vendas de 168% nestes últimos doze meses, devido ao lançamento da versão da história contada pelo personagem masculino.

A nova presença no ranking dos mais vendidos, com um sprint que deixaria qualquer ciclista de cabeça à roda, é Paula Hawkins, autora de The Girl on the Train /A Garota no Trem, um dos livros-fenômeno de 2015, também já adaptado ao cinema. E há nomes cativos neste ranking, que, ano após ano, mantêm posições de destaque: é o caso de Stephen King (que ao longo da sua carreira já somou 450 milhões de dólares), de Nora Roberts (que escreve cerca de cinco a seis livros por ano), de John Grisham (que, desde 1988, publica um livro por ano) ou Danielle Steel (com 129 romances publicados e 650 milhões de exemplares vendidos).

Veja a lista completa dos escritores contemplados na lista da Forbes:

1. James Patterson $95 milhões de dólares
2. Jeff Kinney $19.5 milhões
3. J.K. Rowling $19 milhões
4. John Grisham $18 milhões
5. Stephen King $15 milhões
5. Danielle Steel $15 milhões
5. Nora Roberts $15 milhões
8. E.L. James $14 milhões
9. Veronica Roth $10 milhões
9. John Green $10 milhões
9. Paula Hawkins $10 milhões
12. George R.R. Martin $9.5 milhões

12. Dan Brown $9.5 milhões
12. Rick Riordan $9.5 milhões

Go to Top