Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Danny Boyle

Trainspotting pode ganhar série de TV, segundo autor do livro

0

trainspotting-1

Irvine Welsh diz que uma adaptação de seus outros romances pode ser interessante

Arthur Eloi, no Omelete

Trainspotting pode acabar ganhando uma série de TV segundo Irvine Welsh, autor do livro que inspirou o filme de 1996 e sua vindoura sequência.

Em entrevista ao NME, Welsh contou que poderia muito bem fazer um seriado baseado em seus livros derivados que expandem a história dos personagens: “Basicamente, tenho planos para todos eles em vários tipos de adaptações. TV a cabo está dando certo e tem vários processos de desenvolvimento interessantes. Estamos trabalhando com essas coisas diferentes.”

Por fim, o autor também falou que o processo de criação dos livros já deve considerar possíveis adaptações: “Penso que quando se escreve personagens para um livro, goste ou não, você já planeja como eles funcionariam em um filme. Tenha isso em mente: assim que você os escreve, você já pensa em como leva-los à outros meios.”

Na trama de Trainspotting 2, 20 anos se passaram, muitas coisas mudaram e muitas continuam iguais quando Mark Renton (Ewan McGregor) retorna para o único lugar que pode chamar de lar, enquanto Spud (Ewen Bremmer), Sick Boy (Jonny Lee Miller) e Begbie (Robert Carlyle) esperam por ele. Além disso, sentimentos do passado como tristeza, perda, alegria, vingança, ódio, amor, desejo, arrependimento e auto-destruição também retornam.

Danny Boyle dirige e o lançamento da sequência no Brasil é previsto para 16 de fevereiro de 2017.

Crime, de Irvine Welsh, será adaptada para televisão

0

welsh

Obra fala sobre as investigações de um detetive escocês em Miami. Transpotting 2 deve estrear no Brasil em fevereiro de 2017

Caio Soares, no Omelete

Irvine Welsh, autor do clássico Trainspotting, terá mais um de seus livros adaptado. Crime, que tem como protagonista um detetive escocês alcóolatra e viciado em cocaína, ganhará uma adaptação para a televisão feita pelo próprio Welsh. Ainda não existem informações sobre qual emissora irá comprar os direitos da série de seis episódios com duração de uma hora cada. No Brasil, o livro foi publicado pela Rocco.

No livro, o detetive Ray Lennox vai passar férias em Miami e assim que chega na Flórida se vê envolvido em uma rede de corrupção e pedofilia. Crime é reconhecida como um dos melhores trabalhos de Welsh. “A história é uma jornada clássica de autodescoberta do protagonista, que sai da escuridão em direção à luz. Apesar da temária complicada, Crime fala sobre esperança”, comentou Welsh durante evento em Cannes neste fim de semana.

A produção ficará por conta da Buccanner Media, responsável pela série dramática Marcella, da Netflix. “Irvine Welsh é um dos grandes nomes da literatura contemporânea, e seu trabalho define nossa geração. Estamos muito felizes por poder adaptar um autor deste calibre para a televisão”, disse Tony Wood, presidente da produtora.

As filmagens de Trainspotting 2, sequência do icônico filme de 1996, estão em andamento e reúne os protagonistas Ewan McGregor, Ewen Bremner, Johnny Lee Miller e Robert Carlyle. Danny Boyle dirige o lançamento da sequência, e o lançamento no Brasil é previsto para 16 de fevereiro de 2017.

Livro revela segredos do guarda-roupa da rainha Elizabeth II da Inglaterra

0

Imagem Google


France Presse, no G1

Da confecção ultrasecreta do modelo que utilizou no encontro com James Bond na abertura das Olimpíadas de Londres 2012 até os pesos colocados nas bainhas de suas saias para evitar voos inconvenientes, um livro revela alguns segredos do vestuário da rainha Elizabeth II.

Em ‘Dressing the Queen’ (‘Vestindo a rainha’, em tradução livre), lançado nesta segunda-feira, a personal stylist da soberana desde 2002, Angela Kelly, conta em primeira pessoa alguns dos detalhes do estilo meticulosamente cuidado da que continua sendo, com 86 anos, uma das mulheres mais fotografadas do mundo.

Kelly explica que trabalhou durante vários meses, em estreita colaboração com o diretor Danny Boyle, para criar o famoso vestido de renda e contas de cristal de cor pêssego que a rainha utilizou em agosto na cerimônia inaugural dos Jogos Olímpicos.

A personal stylist confessa que nem mesmo os outros estilistas do palácio sabiam por que estavam fazendo duas versões do mesmo vestido, um para a verdadeira monarca e o outro para o dublê que rodou a cena na qual Elizabeth II saltava de paraquedas sobre o estádio a partir de um helicóptero.

Kelly revelou que outra escolha fundamental foi a cor do traje, que tinha que se destacar durante a queda noturna da rainha de paraquedas e não podia se associar com nenhum país participante em particular.

Mas a equipe de estilistas da rainha está acostumada a pensar em todo tipo de detalhes em função de seus compromissos, como demonstram os dois anos de trabalho gastos para criar seu vestuário para o 60º aniversário de sua ascensão ao trono, marcado neste ano por diversas cerimônias.

Para o clímax das celebrações, a majestosa procissão fluvial liderada pela rainha no início de junho – realizada em meio ao frio e a uma intensa chuva -, Kelly criou um vestido com casaco combinando inspirado em sua antepassada Elizabeth I, e teve a feliz ideia de incluir uma pashmina.

‘Nunca pensamos que o tempo estaria tão ruim, mas estou feliz por termos dado a ela um pouco de proteção da chuva e do vento’, escreveu em seu livro.

Entre outros detalhes, Angela Kelly tambem descreve que a soberana não utiliza chapéu a partir das seis da tarde e que às vezes pede para que sejam colocados pesos nas bainhas de suas saias.

‘A rainha realiza uma ampla gama de compromissos, muitos dos quais ao ar livre, onde um vento inesperado pode provocar constrangimentos’, afirma neste livro com fotografias e esboços que está disponível por 24,95 libras (40 dólares, 31 euros).

Go to Top