Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Detetive

The Alienist | Daniel Brühl, Luke Evans e Dakota Fanning aparecem em novas fotos

0

Rafael Gonzaga, no Omelete

A Entertainment Weekly divulgou novas imagens de The Alienist, série de suspense protagonizada por Daniel Brühl, Dakota Fanning e Luke Evans. As imagens também revelam o visual de Matthew Shear, Douglas Smith e Q’orianka Kilcher, que também integram o elenco. Confira:

 

 

A série traz Cary Fukunaga na produção executiva, em seu primeiro trabalho desde True Detective. Fukunaga também tem créditos no roteiro, escrito com Hossein Amini, de Drive.

Baseado nos livros de Caleb Carr, de 94, a série de psicologia criminal se passa na Nova York do século 19 e acompanha o Dr. Laszlo Kreizler, que usa do seu novo método de psicologia para caçar o primeiro serial killer da cidade.

Daniel Bruhl (Capitão América: Guerra Civil, Bastardos Inglórios) será Kreizler, enquanto Luke Evans (O Hobbit) será John Moore, um ilustrador do New York Times que se vê arrastado para os planos de Laszlo. Dakota Fanning será Sara Howard, secretária do comissário de polícia Theodore Roosevelt que tem como objetivo ser a primeira mulher a tornar-se uma detetive policial.

The Alienist tem sua estreia marcada para o dia 22 de janeiro.

Menina vira Sherlock Holmes em ensaio cheio de magia e mistério

0
Sherlock Holmes é o detetive mais famoso de todos os tempos.

Sherlock Holmes é o detetive mais famoso de todos os tempos.

 

Meninas podem ser quem elas quiserem!

Publicado no Razões para Acreditar

Ano passado, mostramos aqui o ensaio do ‘Pequeno Príncipe Brasileiro’, feito pelas lentes da fotógrafa Mari Merlim. Desta vez, ela ressignificou a história de Sherlock Holmes e ganhou mais ainda nossa admiração.

Contrapondo-se à ideia de que meninas podem interpretar apenas papéis de personagens femininas, Merlim transformou a menina Gigi em Sherlock, num ensaio cheio de magia e mistério.

“Normalmente, os personagens inteligentes e aventureiros são feitos por homens. Por isso, ressignificar o papel das meninas dentro das histórias é dar a elas o poder do protagonismo em lugares onde já nos disseram que não eram nossos”, disse a fotógrafa.

Segundo Merlim, é na infância que começamos a pensar em quem queremos ser. “Escolhemos nossos heróis e heroínas conforme acreditamos onde podemos chegar”, afirma.

Nas fotos da série, Gigi começa a andar em uma biblioteca antiga até encontrar o livro “As Aventuras de Sherlock Holmes”, do escritor Sir Arthur Conan Doyle, entre quinze mil títulos.

Corre pra ver:

MG_7332-768x512

MG_7334-768x1152

MG_7371-768x512

MG_7412-768x512

MG_7482-768x512

MG_7493-768x512

MG_7584-768x512

“Sherlock Holmes da vida real” dá dicas para dominar arte da dedução

0
Sherlock

Sherlock

 

Renan Guerra, no Observatório do Cinema

O último episódio da temporada de Sherlock foi exibido no domingo (15), agora os fãs terão uma espera longa pela frente. Porém, o cientista forense Colin Cloud, conhecido como o “Sherlock Holmes da vida real”, está dando lições sobre dedução e observação.

Colin fez fama com seus poderes de adivinhar o que você comeu no café da manhã ou mesmo o nome de seu primeiro cachorrinho. O cientista pesquisa a arte da dedução desde a infância e entrou em um programa universitário de investigação forense logo aos 15 anos de idade.

“Eu certamente não sou um paranormal…”, esclarece Colin ao jornal The Independent. “Nada do que eu faço é um truque – é tudo baseado no conhecimento e prestando muita atenção.”

“Você vê, mas você não observa”, é uma das falas favoritas de Sherlock. E é uma observação que Colin provavelmente faria sobre a maioria de nós. Mesmo assim, o cientista acredita que as habilidades do detetive criado por Sir Arthur Conan Doyle podem ser desenvolvidas por qualquer um que se dedique ao estudo com esmero.

“Você tem que se treinar para ver as coisas de forma diferente e descobrir o que você pode aprender sobre alguém”, diz ele. “Muitas vezes conversamos com as pessoas e não prestamos atenção a coisas como sua respiração, o quanto elas estão piscando, a maneira como elas estão sentadas ou de pé – e todas essas pequenas coisas que revelam muito sobre uma pessoa”.

“Eu fui inspirado por ele”, continua Colin sobre Sherlock. “Eu folheava as páginas dos livros e o via deduzindo coisas sobre as pessoas, fazendo coisas fascinantes com sua memória e ele sempre era capaz de demonstrar como fez essas descobertas. De qualquer forma, eu rapidamente descobri que não era tão fácil como ele fez parecer.”

“Eu acho que eles tentam fazer as deduções de forma mais lógica possível, e eles são ótimos nisso”, comenta ele sobre a série da BBC. “É claro, é ficção, então eles têm a liberdade de criar cenários que são, em última instância, perfeitos para o personagem conseguir o que quer que eles queiram”, finaliza.

De qualquer forma, Cloud diz que é tão fã da série quanto dos livros: “A escrita é simplesmente fenomenal”, elogia. “Eu acho que cada episódio é, simplesmente, uma obra-prima”.

Colin Cloud, o Sherlock Holmes da vida real

Colin Cloud, o Sherlock Holmes da vida real

Depois de ‘Crespúsculo’, Stephenie Meyer aposta em leitores adultos

0
Após o sucesso da saga Crepúsculo, Stephenie Meyer mira novo público com 'A química' (foto: Valerie Macon/AFP )

Após o sucesso da saga Crepúsculo, Stephenie Meyer mira novo público com ‘A química’ (foto: Valerie Macon/AFP )

 

Autora abandona universo mágico e narra história de uma ex-agente do governo em novo livro

Publicado no UAI

Conhecida pelas sagas Crepúsculo e A hospedeira, a escritora Stephenie Meyer está lançando uma nova obra. Depois de seis anos sem publicar produções inéditas, a autora traz A química, que tem como foco um novo público: o adulto. Além disso, ela abandonou as criaturas, como vampiros, lobisomens e alienígenas, que foram os personagens das obras anteriores. “Eu fiquei um pouco entediada. Histórias meio que se esgotam e você quer fazer algo muito diferente”, afirmou à imprensa internacional sobre a mudança.

A química conta a história de uma ex-agente do governo, que fez parte de uma agência clandestina. Após ser descoberta, ela passa a ser perseguida, até que um antigo mentor lhe oferece uma oportunidade de fuga. No entanto, tudo muda quando ela se apaixona por ele e também o coloca na mira dos ex-chefes.

O fato engraçado é que a história surgiu na cabeça da escritora durante as gravações de Amanhecer – Parte 1, terceiro filme da saga Crepúsculo. A produção também é inspirada nos filmes de Jason Bourne e na fanfiction de uma amiga que criou um final alternativo para a história do agente desmemoriado. “Eu sei que isso não traz os mesmos leitores, mas não é por isso que eu escrevo”, completou.

Nascida em Connecticut, a escritora Stephenie Meyer estreou no mundo da literatura com Crepúsculo. Logo no ano do lançamento, figurou na lista de autores promissores de 2015. A saga ganhou as sequências Lua nova, Eclipse e Amanhecer, além de mais duas outras produções relacionadas ao universo: A breve segunda vida de Bree Tanner e Vida e morte: Crepúsculo reimaginado. No currículo, ela ainda tem Formaturas infernais e A hospedeira.

Confira as primeiras imagens de Cormoran Strike, série baseada nos livros de J.K. Rowling

0

cormoran_strike-810x456-770x405

Paula Ramos, no Omelete

A semana vai está agitada para os fãs e seguidores da autora britânica J.K. Rowling.

Além do lançamento do filme Animais Fantásticos e Onde Habitam no próximo dia 17, foram divulgadas as primeiras imagens de Cormoran Strike e Robin, protagonistas da série de livros do autor Robert Galbraith.

Tá, mas onde entra a Rowling nisso ?

Para quem não sabe, Robert Galbraith é o pseudônimo de ninguém menos que a autora dos livros de Harry Potter, J.K. Rowling (entenderam agora ?). A conta oficial do ‘autor’ no Twitter divulgou as duas primeiras fotos de The Strike Series, a adaptação televisiva dos romances de Cormoran Strike. O detetive já tem três livros descrevendo seu trabalho: O Chamado do Cuco, O Bicho da Seda e Vocação Para o Mal, todos já publicados em português.

cormoran-strike-tv-show-768x511

Na foto podemos ver Cormoran Strike (Tom Burke) em Londres. Apesar de parecer um pouco ‘limpo demais’, pode ser que venhamos a conhecer o verdadeiro Strike durante os episódios. A série será baseada nos três livros e irão ao ar tanto na HBO quanto na BBC One, mas ainda não foi estabelecida uma data.

cormoran-robin-tv-show-768x511

Também podemos ver Robin (Holliday Grainger), a paciente secretária de Strike, e o detetive em frente ao Pub The Tottenham.

“Eu estou extremamente feliz de estar me inserindo no papel de Cormoran Strike, que é mais complexado do que a vida. Eu sei que estou me juntando a um time extraordinário de pessoas, em uma série que, para mim, é apimentada com momentos de profunda emoção e estabelecida meticulosamente no virar das páginas dos livros. O mundo de Cormoran é rico e rústico ” – comentou Burke.

“ Estou emocionada com a escolha de Tom Burke, um ator extremamente talentoso que irá trazer o personagem para a vida perfeita. Cormoran Strike é pura alegria de se escrever, e mal posso esperar para ver Tom interpretá-lo ” – disse J.K. Rowling.

A autora está, no momento, escrevendo o quarto livro, que irá (se Deus quiser) ser lançado em algum momento em 2017.

Go to Top