Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged dica de livros

Veja 9 livros que podem dar uma boa ideia do que é o mundo profissional

0

Imagem Google

Publicado originalmente no Portal InfoMoney

A juventude é uma época boa da vida. Muitos não precisam se preocupar com filhos, contas mensais ou chefe. Essa fase, porém, é conhecida por ser um pouco traumática quando o assunto é escolher a profissão, ou seja, decidir por qual área quer se dedicar nos próximos 40 anos de vida.

Os jovens, porém, devem prestar atenção a diversos elementos para fazer a melhore escolha. De acordo com especialistas, devem observar seus gostos e características pessoais e ver se combinam com as profissões selecionadas. Devem fazer pesquisas para entender como a profissão funciona, como é o dia a dia do profissional e se esses elementos combinam com ele.
Mesmo fazendo esse trabalho, nada garante o sucesso na escolha, obrigando a uma eventual reviravolta no meio da trajetória profissional. Há muitos motivos que explicam por que os jovens fazem escolhas erradas e um deles é a própria imaturidade ou falta de experiência.

Para ajudar os jovens a tomar uma decisão mais coerente, a equipe InfoMoney, contando com a ajuda de especialistas, elaborou uma lista com 9 livros que podem “abrir” a mente e apresentar o mundo corporativo de forma acessível.

1- Fraldas corporativas – Desenvolvendo hoje o líder de amanhã (Alfredo Assumpção / Ed. Scortecci Editora) – a professora e coordenadora do curso de Administração da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Elisabete Adami, faz a primeira indicação da lista. A professora explica que o livro traz “dicas de como se desenvolver e como orientar sua trajetória profissional e é uma obra recheada de elementos interessantes do mundo corporativo”.

2- Identidade Profissional (Edgar H. Schein / Ed. Nobel) – nesse livro, o autor desenvolve o conceito de “âncoras de carreiras”, ou seja, de como as características pessoas devem ser descobertas no sentido de fazer a melhor opção profissional.

3- Condutores do amanhã (Ruy Leal / Ed. Saraiva) – “é um livro que mostra trajetórias profissionais, fala do significado do trabalho e como desenvolver os projetos”, explica Elisabete.

4- Transformando suor em ouro (Bernardo Rocha de Rezende / Ed. Sextante) – a mensagem principal do livro é de que “não existe qualquer vitória sem trabalho duro”, diz o diretor da De Bernt Entschev Human Capital, Julio Bonrruquer. O diretor explica que o livro trata como é importante se esforçar para alcançar o sucesso.

Em sua avaliação, Bonrruquer entende que os profissionais muitas vezes exageram ao tratar do tema qualidade de vida. Para ele, nem sempre trabalhar um pouco a mais quer dizer que não se tem qualidade de vida. A juventude, inclusive, é o momento em que as pessoas têm grande disposição para trabalhar, aprender e construir uma carreira. O livro mostra que aqueles que estão em busca de moleza dificilmente encontrarão o sucesso.

5- Paixão por vencer (Jack Welch / Ed. Campus) – “consegue mostrar de maneira bem clara os desafios que existem em manter uma estrutura funcionando”, explica o diretor da De Bernt, complementando que o título mostra o que deve ser valorizado e o que não deve.

“Mostra, para quem não está no mundo corporativo, o que ele vai encontrar lá”, explica. A leitura ainda permite entender que não existe “o emprego dos sonhos”, onde tudo é maravilhoso. Se o jovem está atrás de um emprego perfeito, uma carreira perfeita, o livro ajuda a desconstruir de forma saudável essas ideias. “É bem didático e baseado em perguntas e respostas”.

6- Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes (Stephen R. Covey / Ed. Best Seller) – Julio também recomenda esse livro, pois fornece “métodos para quem tem muita vontade e realmente não consegue organizar essa energia toda”. E é assim que é a maioria dos jovens em início de carreira: tem muita vontade, muita energia, mas nem sempre consegue se focar. “Oferece dicas e métodos para aplicar toda essa energia”.

7- Como conseguir um emprego e descobrir a sua profissão ideal (Richard Nelson Bolles / Ed. Sextante) – “é como se fosse uma Bíblia, que trata da caça às oportunidades”, avalia o coach da Ricardo Xavier Recusos Humanos, Jonas Tokarski. É uma obra sugerida tanto para aqueles que querem encontrar um emprego, quanto para aqueles que querem mudar de rumo.

Na obra, o autor enfatiza a importância do networking. “Quando você está em busca de algo, quanto mais contatos tiver, mais fácil será de conquistar”, explica Tokarski, lembrando que, na juventude, é muito importante conversar com as pessoas, falar sobre suas dúvidas e perguntar sobre experiências profissionais.

8- As sete lições das pessoas que vencem na vida (Robin Sieger / Ed. Gestão Competitiva) – antes de mais nada, não é um livro de autoajuda, mas, sim, uma obra que mostra como o sucesso pode ser obtido por qualquer pessoa, independentemente do berço ou da formação. Fala sobre metas, que devem ser claras, da necessidade do planejamento, da dedicação e do esforço para subir e conquistar os objetivos.

9- Ah, se eu soubesse (Richard Edler / Ed. Negocio editora) – o livro mostra o que as pessoas bem sucedidas, aquelas que chegaram ao topo, gostariam de ter sabido quando tinham seus 25 anos. “É um verdadeiro manual de experiências”, explica Tokarski.

Livros para baixar a libido

0

Rafael R., na Revista Época

Você está cansado da enorme excitação de Cinquenta tons de cinza – o livro mais comentado do momento? Poderíamos seguir recomendando a leitura de outros tantos romances eróticos que estão devidamente guardados nas estantes secretas da literatura. Coisas como os famosos livros de Marquês de Sade, os romances desconhecidos de Leopold von Sacher-Masoch ou alguns livros da escritora Catherine Millet, para citar alguns. No entanto, muitos leitores estão com a libido tão alta que resolvemos fazer algo diferente: recomendar uma lista alternativa com cinco livros para você baixar as altas temperaturas, recompor as forças e estimular outras partes do seu corpo, como o cérebro, por exemplo.

1. Deus foi almoçar, de Ferrez
De uma hora para outra a vida cotidiana de um homem comum perde totalmente o sentido e ele não sabe como reagir. Assim começo o périplo de Calixto até a sua redenção. É como topar com Dostoiévski e Herman Melville na periferia da vida.

2. O perseguidor, de Júlio Cortázar
Um crítico musical persegue uma lenda do jazz chamada Johnny Carter na tentativa de compreender e apresentar ao público sua obra brilhante e sua vida atormentada. O conto pertence originalmente ao livro As armas secretas, publicado em 1959. A edição ganhou um belo tratamento gráfico com as ilustrações do quadrinista argentino José Muñoz.

3. O sentido de um fim, de Julian Barnes
Escrito de forma precisa e brilhante. O livro captura as dores e delícias do envelhecimento, do resgate da memória e da passagem irreversível do tempo.

4. Granta em português – volume 9
Com o subtítulo “Os melhores jovens escritores brasileiros”. Uma seleção que captura a diversidade e a ambição da nossa prosa contemporânea. Rende discussões excitantes na mesa do bar ou nas redes sociais.

5. Razão e sensibilidade, de Jane Austen
Um clássico! A história das irmãs Elinor e Marianne Dashwood continua sendo a melhor introdução sobre o amor, a desilusão e a dinâmica do casamento na sociedade inglesa do século XIX.

5 livros para ler e se apaixonar

0
5 livros para ler e se apaixonar 5 livros para ler e se apaixonar

Foto: Thinkstock

Juliana Cazarine, no Dicas de Mulher

Ler é um hábito saudável para a mente. Além de transportar o leitor para um universo mágico, de fantasia (quando se trata de uma ficção), proporciona conhecimento e repertório cultural. Portanto, a dica é: nunca deixe de ler.

Quando você vai à livraria, tem dúvidas de quais títulos escolher? O psicanalista Tiago Lupoli diz quais são as áreas que mais despertam o interesse feminino: “as mulheres procuram romances, histórias de amor, amizade e família; aventuras que abordam espiritualidade, autoconhecimento e comportamento; além de livros de autoajuda”, diz. O interesse é baseado em uma questão cultural. “A mulher tende a expor e trabalhar suas emoções sem tantas barreiras quanto os homens. Por serem muito cuidadoras consigo e com a família, simbolizam nas grandes histórias românticas as fantasias e desejos particulares”, completa.

Com base nesta análise, fizemos uma lista com 5 livros que nenhuma mulher pode deixar de ler. Vamos a eles:

A cidade do sol de Khaled Hosseini

Em Cabul, capital do Afeganistão, duas mulheres, com idade para serem mãe e filha, encontram-se morando sob o mesmo teto sendo comandadas por um marido tirano, ao melhor estilo “talibã” (regime que comandava o país).

Mariam e Laila, que são obrigadas a se casar com 15 anos de idade, constroem uma bonita relação de amizade e confiança. Como pano de fundo, existe o amor de infância entre Laila e Tariq, que passa por muitas provas antes de se concretizar.

Sem asas ao amanhecer de Luciana Scotti

A história verdadeira é narrada por sua própria protagonista: a jovem Luciana. No auge de sua juventude, a garota apaixonada e intensa, que adorava curtir todos os momentos até não poder mais, procurou um médico para tomar anticoncepcional e poder transar tranquilamente com o namorado.

Mesmo tendo feito o procedimento correto, o medicamento, aliado ao cigarro e à bebida, foi responsável por um AVC (acidente vascular cerebral). Depois do episódio, Luciana deixou de andar e passou a depender da família para fazer tudo. A vida agitada da garota mais desejada pelos homens deu lugar a uma história de superação e vitórias.

Comer, rezar e amar de Elizabeth Gilbert

Aos 30 anos, Elizabeth Gilbert conquistou uma posição profissional e uma vida pessoal estável, era casada. Mas o que, em geral, deixaria qualquer mulher feliz, não a estava satisfazendo.

Portanto, depois de pedir o divórcio e cair em depressão, Elizabeth decidiu deixar de lado todos os bens materiais para passar um ano viajando pelo mundo em busca de sua recuperação pessoal. Elizabeth provou que as pessoas são responsáveis por sua própria felicidade e que sempre é possível buscar o melhor caminho.

Deixe os homens aos seus pés de Marie Forleo

Este é um livro que trata os relacionamentos amorosos de forma bem humorada, mas também pode ser considerada uma leitura de autoajuda. Afinal, mostra às mulheres como realçar suas melhores características e deixar de dar importância aos seus pontos fracos. O interesse é torná-las atraentes e capazes de desfrutar de relações saudáveis.

O pequeno príncipe de Antoine de Saint-Exupéry

Considerado o livro das modelos, “O pequeno príncipe” é poético e filosófico porque aborda os mistérios da infância de forma desmistificadora. O livro contém bonitas lições de amizade e amor. E claro, também a famosa frase: “Tu és eternamente responsável por aquilo que cativas”.

Escolha qual será o primeiro livro e boa leitura.

Go to Top