Atriz, que completou quatro décadas em fevereiro, pretende publicar obra com casos mais leves de sua conturbada vida pessoal

Publicado na Quem

Se tem uma celebridade de Hollywood que tem muitas histórias para contar, certamente ela é Drew Barrymore. Aos 40 anos, celebrados no último dia 22, com direito a post fofo e discreto em seu Instagram, a atriz se prepara para lançar outra autobiografia.

Segundo informações exclusivas da revista People, Drew já está em negociações com a editora Dutton para publicar uma coletânea de memórias sobre sua vida. “Amo histórias que são bem humoradas, emocionantes e atrativas, e este é meu objetivo com este livro”, disse ela em comunicado à publicação.

drew-2

Famosa desde que estrelou E.T. – O Extraterrestre, um clássico de Steven Spielberg, Drew teve uma infância e adolescência conturbadíssimas. Aos 9 anos já era alcóolatra e viciada em cigarros e, aos 10, já consumia cocaína. Presença constante em festas, encarou a reabilitação pela primeira vez aos 13 anos e tentou se matar aos 14. Em 1990, esta fase obscura de sua vida foi retratada no livro Little Girl Lost. Em 1996, fez uma pequena participação em Pânico e, a partir daí, voltou em doses homeopáticas a Hollywood, alternando entre filmes de sucesso (como Nunca Fui Beijada, Afinados no Amor e a franquia As Panteras) e alguns filmes menores.

Ainda sem título definido, a obra vai falar de sua emancipação aos 15 anos (quando deixou para trás as drogas e o álcool ao se mudar para seu próprio apartamento e nunca mais teve uma recaída), a despedida do pai “de modo que só ele entenderia” e outras aventuras bem específicas da loira. Isso, claro, sem faltar seu papel mais importante: o de mãe. Casada com Will Kopelman, ela tem dois filhos: Olive, 2, e Frankie, de apenas 10 meses.