Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged empréstimo de livros

Biblioteca Mário de Andrade inaugura serviço de empréstimo e devolução de livros 24 horas por dia

0

Clássicos brasileiros já são os mais buscados pelos vestibulandos na madrugada

Publicado no R7

 Serviço de autoatendimento é o 1º da América Latina Divulgação

Serviço de autoatendimento é o 1º da América Latina Divulgação

Inédita no país, a iniciativa da Biblioteca Mário de Andrade disponibilizará os cerca de 60 mil títulos da biblioteca por meio de um sistema de automação que permite que os leitores emprestem ou devolvam materiais automaticamente, sem necessidade de um funcionário. A Biblioteca é a 1ª da América Latina a ter funcionamento 24 horas.

Para isso, o usuário precisará apenas cadastrar uma senha e passar o código de barras do livro em um dos equipamentos disponíveis na biblioteca, na hora de pegar o material. Um comprovante em papel será impresso, com as informações sobre a retirada e prazo para devolução. Fabricio Reiner, supervisor de planejamento do local, conta que os clássicos brasileiros já são os mais buscados pelos vestibulandos na madrugada e explica melhor o processo.

— O projeto de expandir os horários da Biblioteca começou no ano passado quando abrimos os espaços de convivência durante toda a noite. Iniciamos o processo com as viradas culturais e vamos conclui-lo agora, quando os testes do sistema de automação ficaram prontos proporcionando à população a retirada de livros em qualquer horário do dia ou da noite.

Para incentivar a ocupação, a biblioteca vai realizar uma festa por mês ao espaço, sempre no último sábado. Neste dia 27 de Agosto a balada começa às 23h30 e terá discotecagem do filósofo Vladmir Safatle. A Mário de Andrade fica na Rua da Consolação, 94, na zona central de São Paulo.

Aplicativo ajuda a ‘manter amizades’ controlando empréstimo de livros

0
Interior da Biblioteca Mario de Andrade, na região central de São Paulo

Interior da Biblioteca Mario de Andrade, na região central de São Paulo

 

Carol Prado, na Folha de S.Paulo

Sabe aquele livro que você emprestou há uns dois anos —nunca voltou— e, agora, nem sabe mais com quem está?

Um trio de Florianópolis conseguiu transformá-lo em negócio.

Lançado oficialmente em janeiro, o aplicativo Livrio é uma espécie de facilitador de empréstimos de livros. Além disso, “ajuda a manter amizades” que seriam destruídas por algum título não devolvido, diz um de seus criadores, o engenheiros de softwares Aurélio Saraiva, 30.

Funciona assim: o usuário cadastra seus livros na ferramenta, se conecta a outras pessoas, navega pela biblioteca de seus contatos e pode solicitar ou receber pedidos de empréstimo. Também é possível recomendar obras a amigos.

Para consumar o empréstimo, é claro, é preciso marcar um encontro —a internet não resolve tudo.

“Existe um vínculo e um prazo. Quem emprestou consegue saber com quem está o livro e quando ele tem que ser devolvido. Quem pegou emprestado é notificado sobre quando precisa devolver”, explica Saraiva.

Ele e mais dois amigos investiram cerca de R$ 150 mil na criação da ferramenta. A ideia surgiu há um ano e, em outubro do ano passado, o aplicativo foi aberto a um número restrito de pessoas.

Menos de dois meses após o lançamento oficial, o serviço tem 2.500 cadastrados e mais de 20 mil livros disponíveis para empréstimo.

“O objetivo é que, com o tempo, as pessoas percam o medo de emprestar”, afirma o criador.

O software está disponível para aparelhos com sistemas operacionais iOS e Android.

Go to Top