Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Escócia

Pub com nome de autor de Sherlock muda misteriosamente para o “The J.K. Rowling Pub”

0

Publicado no Literatura Policial

Via Daily Mail – Um bar de Edimburgo, capital da Escócia, que havia recebido o nome de Sir Arthur Conan Doyle, foi misteriosamente renomeado recentemente. O autor, que nasceu em Edimburgo em 1859 e se tornou célebre por ter criado as histórias com o detetive Sherlock Holmes, é um dos escoceses mais famosos da história do país. Mesmo assim, a homenagem passou de Doyle a outro nome célebre, o da criadora da série Harry Potter e do detetive Strike, JK Rowling.

O lugar foi renomeado para “The J.K. Rowling Pub” e, no exterior do bar, a placa com a imagem de Conan Doyle e seu generoso bigode foi substituída por uma JK sentada com as pernas cruzadas, como se estivesse fazendo uma refeição. Rowling nasceu no Reino Unido mas mudou-se para a Escócia em 1993, antes de se tornar mundialmente famosa.

The Conan Doyle pub renamed as the J K Rowling.in Edinburgh

A mudança do nome não foi bem recebida por alguns usuários, que reclamaram sobre o assunto nas redes sociais. Os donos do pub não se manifestaram ainda mas, segundo o jornal Daily Mail, um porta-voz respondeu que “ ainda não pode dizer nada sobre isso, mas que todos os segredos serão revelados em breve”. Será que eles cansaram de Sir Doyle?

(Imagens: Flickr, will_bremen, SteHLiverpool)

Durma entre livros nestas bibliotecas que também recebem hóspedes

0

literary-man-obidos-hotel-dining-LITMAN1122-768x480

Publicado no Nômades Digitais

Apaixonados por livros adorarão saber que podem se hospedar em um lugar que até então só pensavam existir em seus sonhos. O hotel Literary Man fica a 90 minutos de Lisboa, em Portugal, e ostenta em suas paredes mais de 45 mil títulos.

Localizado em Obidos, uma vila medieval de mais de 700 anos, o hotel Literary Man foi inaugurado no ano passado dentro de um antigo convento. Além de praticamente todas as suas paredes serem repletas de prateleiras forradas por livros, os pratos e coquetéis servidos no restaurante do local foram todos batizados em homenagem a lendas literárias.

Durante a hospedagem, é possível até mesmo reservar uma massagem à luz de velas cercado por livros, obviamente.

Este não é o único lugar onde é possível se hospedar e se sentir dentro de uma biblioteca. Na pacata cidade de Wigtown, na Escócia, uma pequena livraria chamada The Open Book possui um apartamento de um quarto no andar de cima. Quem alugá-lo pode ficar no espaço por até duas semanas pagando uma taxa de apenas US $ 42 por noite com o comprometimento de gerenciar a livraria no andar de baixo.

open_-768x576

O trabalho durante a estadia é feito com o auxílio de uma equipe de voluntários. A iniciativa faz parte de um projeto um sem fins lucrativos criada pela Wigtown Festival Company. O programa de residência “visa celebrar livrarias, incentivar a educação na execução de livrarias independentes e acolher pessoas de todo o mundo à Scotland’s National Book Town.

No Japão, o hostel Book and Bed também apostou na paixão das pessoas pelos livros para projetar suas acomodações. O estabelecimento possui 52 camas com banheiros compartilhados e atualmente possui cerca de 2 mil títulos em inglês e japonês espalhados por seu espaço.

hostel2-768x512

Todas as imagens: Divulgação

dica do Marcos Vichi

Original de Shakespeare é encontrado na Escócia

0
"First Folio" em três livros, encontrados na Ilha de Bute, na Escócia (Foto: The Independent)

“First Folio” em três livros, encontrados na Ilha de Bute, na Escócia (Foto: The Independent)

 

Lucas Alencar, na Galileu

Uma edição original do “First Folio” – livro lançado em 1623 com um compilado de 36 peças de William Shakespeare – foi encontrado na Escócia.

Publicado originalmente com o título “Mr. William Shakespeares Comedies, Histories, & Tragedies”, o livro tem quase todas as histórias do autor britânico, incluindo Romeu e Julieta e Hamlet. Quinze peças, incluindo a comédia A Tempestade e a tragédia Macbeth, eram inéditas até a publicação do “First Folio”.

A professora Emma Smith, especialista em Shakespeare da Universidade de Oxford, atestou que o livro encontrado é um original da época. Com a nova descoberta, agora já existem 234 cópias do “First Folio” conhecidas por especialistas. De acordo com eles, os editores John Hemings e Henry Condell imprimiram 750 cópias do livro, sete anos depois da morte de Shakespeare.

A cópia foi encontrada na mansão Mount Stuart House, na Ilha de Bute, território da Escócia. De acordo com registros no próprio livro, o exemplar pertenceu a Isaac Reed, conhecido editor literário londrino do século 18.

Uma carta encontrada nos arquivos de Reed informa que ele adquiriu sua cópia do “First Folio” em 1786. Em 1807, após a morte do editor, o livro foi vendido para um comprador desconhecido por apenas R$ 198, de acordo com outro documento encontrado na residência de Isaac Reed.

A edição encontrada na mansão tem também uma particularidade: diferente de outros exemplares já conhecidos, o “First Folio” que pertenceu a Isaac Reed está dividido em três livros, com páginas em branco que, presumivelmente, seriam preenchidas por ilustrações. A professora Smith até cogitou que a edição seja prévia ao lançamento oficial da publicação.

“Em termos de descobertas literárias, não há nada muito maior do que encontrar uma edição do ‘First Folio’ e ficamos realmente muito animados de ter sido descoberta em nossa casa”, disse Alice Martin, responsável pelas coleções da Mount Stuart House.

*Com supervisão de Cláudia Fusco

J.K. Rowling quer construir cabana do personagem Hagrid, de Harry Potter, no quintal de sua casa

0
 J. K. Rowling quer construir cabana de Hagrid em sua casa REUTERS/Suzanne Plunkett

J. K. Rowling quer construir cabana de Hagrid em sua casa REUTERS/Suzanne Plunkett

Autora da saga pretende instalar a casinha em sua propriedade na Escócia

Publicado no R7

A escritora J.K. Rowling planeja recriar cabana do personagem Hagrid no quintal de sua casa, na Escócia.

Segundo o site The Telegraph, o grandalhão de sua célebre série de livros Harry Potter é um de seus favoritos. No cenário do filme, a casa do personagem fica próxima a uma floresta e a autora afirmou que quer manter essa característica quando instalada em seu quintal.

De acordo com o site, a propriedade de Rowling possui 162 acres e foi comprada por £1.9 milhões em 2001.

Go to Top