Publicado no Canaltech

Tenha você gostado ou não de WandaVision, fato é que a primeira série da Marvel Studios diretamente conectada ao Universo Compartilhado Marvel (MCU, na sigla em inglês) causou bastante barulho e conquistou muitos fãs ao longo das últimas semanas. E como costuma acontecer com adaptações, o público sempre quer saber mais consultando o material o original. Assim, a Marvel viu uma corrida em busca de seus quadrinhos que acabou esgotando as impressões disponíveis nos Estados Unidos.

A Marvel Comics informou aos varejistas que suas quatro coleções mais relacionadas às tramas vistas em WandaVision se esgotaram no nível do distribuidor em fevereiro, e as novas impressões não estarão prontas até o final de abril. The Vision Complete Collection, Vision & Scarlet Witch: The Wanda and Vision Saga, House of M e Scarlet Witch by James Robinson: The Complete Collection estão todos em espera para publicação, com todas as cópias que as lojas de quadrinhos e livrarias estadunidenses previstas para 21 de abril, na melhor das expectativas.

Os três primeiros já se esgotaram na Amazon gringa, com cópias disponíveis apenas nos marketplaces da varejista, a maioria de segunda mão e pelo dobro do preço de capa — ou mais. No Brasil, se você procurar por Dinastia M no site da Magalu também não vai encontrar edições à venda. É bem possível que comics shops locais e sebos ainda tenham coleções da minissérie Visão ou formatinhos com histórias dos Vingadores da Costa Oeste.

 

Agora, se você buscar essas edições em formato digital, sem problema, basta encontrar as opções no Comixology ou no próprio site da Marvel. A Marvel Comics tem adotado nos últimos anos um perfil mais conservador na impressão de coleções para vendas a longo prazo, preferindo tiragens menores em tempos de hype — como este — para diminuir os riscos financeiros. Embora a estratégia beneficie o lado administrativo, deixa a editora com possibilidade de escassez como essa.

Vale destacar que a Marvel passou por isso recentemente, quando Infinity Gauntlet sumiu das prateleiras gringas e teve seu valor inflacionado com o sucesso de Vingadores: Guerra Inifinita. E a Dark Horse também passou por problema semelhante, com o sucesso de Umbrella Academy na Netflix.

E, com esse hype todo, pode ser que a Marvel também repense o lançamento de um evento envolvendo o livro proibido Darkhold, com a Feiticeira Escarlate e Doutor Destino. As publicações estavam inicialmente previstas ainda para 2020, mas sumiram do calendário, justamente quando a pandemia de COVID-19 avançou pelo planeta e paralisou o mercado de quadrinhos por alguns meses nos Estados Unidos.

Fonte: GamesRadar