Os atores Cauã Reymond e Matheus Abreu, que vivem os “dois irmãos” da série de TV - Maurício Fidalgo / Maurício Fidalgo

Os atores Cauã Reymond e Matheus Abreu, que vivem os “dois irmãos” da série de TV – Maurício Fidalgo / Maurício Fidalgo

 

Publicado em O Globo

RIO — Antes do anúncio de que serie transformado em minissérie na TV Globo, o premiado livro “Dois irmãos” (Companhia das Letras), das obras mais conhecidas do autor Milton Hatoum vendia cerca de 60 exemplares por semana.

O levantamento foi feito pelo Publishnews, baseado em informações do Bookscan, ferramenta da Nielsen que monitora o varejo de livros no país. Nas duas últimas semanas de novembro, os números começaram a mudar: as vendas chegaram às 90 unidades.

A partir de dezembro, a escalada foi ganhando força: entre 28 de novembro e 4 de dezembro, foram vendidas 174 unidades; na semana seguinte, 281. De 12 a 18 de dezembro, foram 746 exemplares vendidos e na semana do Natal, 827. Na última semana do ano, quando a minissérie que estreou no último dia 9 foi anunciada, as vendas ultrapassaram a casa dos milhares e fecharam em 1.060 unidades.

A minissérie da TV Globo estreou na segunda, dia 9, às 22h20m, quando três episódios já estavam disponíveis na plataforma de vídeos Globo Play. A adaptação para a TV é assinada pela roteirista Maria Camargo, e pretende ser “totalmente fiel ao romance’’, segundo o diretor Luiz Fernando Carvalho, que define a história como “um grande drama familiar”.