Posts tagged filmes

Suzanne Collins anuncia novo livro de Jogos Vorazes para 2020

0

Mariana Moebus, no Poltrona Vip

“E que a sorte esteja sempre ao seu favor”

A sorte definitivamente está do lado dos fãs da saga Jogos Vorazes! Suzanne Collins, escritora da trilogia, anunciou, nesta segunda-feira, o lançamento de um novo livro do universo “Jogos Vorazes”, para 2020. Suzanne ainda não revelou o título do romance, mas afirmou em comunicado que irá explorar os anos seguintes aos chamados “Dark days”.

“Com este livro, eu queria explorar o estado da natureza, quem somos e o que percebemos é necessário para nossa sobrevivência. O período de reconstrução 10 anos após a guerra, comumente referido como os Dias Sombrios – enquanto o país de Panem se recupera – fornece terreno fértil para os personagens lidarem com essas questões e, assim, definirem suas visões da humanidade“, disse Collins.

O primeiro livro, que também dá nome a saga, foi lançado em 2008 nos Estados Unidos e logo entrou na lista de mais vendidos do The New York Times. O romance recebeu crítica positiva de escritores consagrados, como Stephen King e John Green. Os outros dois livros, “Em chamas” (2009) e “Esperança” (2010), tiveram recepções parecidas e também figuraram como best sellers.

O sucesso chegou as telas dos cinemas em 2012. Distribuída pelo estúdio Lions Gate, a série de filmes foi dividida em quatro, iniciada em “Jogos Vorazes” e finalizada em “Esperança – parte 2”. Os filmes entraram na lista de maiores bilheterias da história e impulsionaram ainda mais a venda dos livros.

A trama conta a história de Katniss Everdeen, e se passa em um mundo pós-apocalíptico, na nação chamada Panem. Divididos em 12 distritos, os moradores se veem reféns da Capital, cidade ocupada pela elite. Após uma revolução fracassada, o governo instaura o chamado “Jogos Vorazes”, torneio anual onde dois cidadãos de cada distrito, um homem e uma mulher de até 18 anos, são colocados em arenas temáticas. O jogo sádico só termina com um dos participantes vivo.

O novo livro tem data de lançamento marcada para 19 de maio de 2020. Mal podemos esperar!

Trailer oficial de “It: Capítulo 2” já chegou

0

Diogo Vieira, no Cinema 7 Arte

Pennywise está de volta! A Warner Bros. lançou o primeiro trailer oficial de “It: Capítulo 2”, a continuação do filme de terror “It“, de 2017, e promete ser igualmente assustador.

O seu antecessor superou as expectativas quanto às receitas de bilheteira, tendo arrecadado cerca de 327 milhões de dólares só nos Estados Unidos, sendo que o bolo total atingiu os 700 milhões. Isto fez de “It” o filme de terror mais lucrativo de sempre, o que trará responsabilidades acrescidas ao seu sucessor.

O elenco de “It: Capítulo 2” será composto por Jessica Chastain (“A Árvore da Vida”, 2011), Bill Skarsgård (“It”, 2017), Bill Hader (“Gémeos Para Sempre”, 2014), James McAvoy, (“Fragmentado”, 2016), Jay Ryan (“Being Eve”, 2002), ou Javier Botet (“A Múmia”, 2017).

A história do filme passa-se 27 anos depois dos eventos finais do seu antecessor. Esta consiste no retorno dos membros crescidos do “Losers’ Club” à sua cidade natal Derry, Maine, depois de Pennywise (Bill Skarsgård) voltar mais forte e cruel que nunca.

O romance “It”, escrito por Stephen King, contava simultaneamente a história do “Losers’ Club” como crianças e adultos, mas a sua adaptação para o grande ecrã dividiu os dois cronogramas em dois filmes separados. Para além dos atores em versão adulta, haverá também a participação das estrelas infantis do primeiro filme, com aparições em flashbacks. Entre os atores estão Jaeden Lieberher, Sophia Lillis, Finn Wolfhard, Jeremy Ray Taylor, Chosen Jacobs, Jack Dylan Grazer e Wyatt Oleff.

O clipe divulgado mostra Bev (Jessica Chastain) a deparar-se com uma idosa assustadora a viver na sua casa de infância, criando assim uma situação muito awkward…

Realizado por Andy Muschietti, o filme chegará às salas de cinema portuguesas no dia 6 de setembro de 2019.

Remake de Cemitério Maldito chega às telonas

0

Ana Vitória Queiroz, no R7

Trinta anos depois da primeira adaptação do filme “Cemitério Maldito”, do livro de Stephen King, os diretores Kevin Kölsch e Dennis Widmyer são responsáveis pelo remake que estreia nesta quinta-feira (9) prometendo deixar os cabelos em pé de quem for assistir.

De acordo com os diretores, essa nova adaptação promete ser mais fiel ao livro, sombria e emocional. O próprio King já garantiu, em material de divulgação, que gostou do resultado do filme e o longa que começou com um orçamento de 21 milhões, já conseguiu alcançar mais de US$ 100 milhões de bilheteria mundial.

Em “Cemitério Maldito” conhecemos a história da família Creed. Após a mudança para uma cidade mais calma, Louis (Jason Clarke) viu a chance de conciliar o trabalho como médico e passar mais tempo com sua esposa, Rachel (Amy Seimetz) e seus dois filhos, Ellie (Jeté Laurence) e o pequeno Cage (Hugo Lavoie e Lucas Lavoie).

Depois de fazer amizade com o vizinho Jud (John Lithgow), a família descobre sobre um cemitério indígena próximo à propriedade, onde segundo lendas, os corpos enterrados nele são ressuscitados. Quando o gato Church, de sua filha sofre um terrível acidente, Louis decide enterrá-lo para o trazer de volta à vida, mas não tinha ideia das consequências que iria sofrer depois disso.

Diferente da versão de 1989 que é um terror mais “gore” (subgênero de terror que se concentra em representações gráficas de sangue e violência gráfica), a de 2019 possui um equilíbrio entre os “jumpscares” (técnica usada em filmes de terror para dar sustos) e o terror psicológico, causando medo, angústia e aflição de quem acompanha a trama.

Em diferentes momentos do filme, é possível perceber que sempre há sinais para o personagem principal não recorrer ao cemitério, sabendo que lá é um lugar amaldiçoado. Principalmente após enterrar o gato de sua filha e Church mudar após voltar a vida.

Cemitério Maldito | Stephen King elogia nova adaptação

0

Longa estreia em maio

Julia Sabbaga, no Omelete

Em entrevista à EW, Stephen King foi questionado sobre a nova adaptação de sua obra, Cemitério Maldito, e elogiou o longa:

“Está incrivelmente bom! É um filme realmente bom. É um filme maduro, para adultos. Não é tipo 12 adolescentes morrendo em um acampamento. Filmes como este tem sido muito bem-sucedidos. Filmes como Corra! do Jordan Peele ano passado e acho que Nós também será grande. Será como estas fantasias tipo adultas”.

O filme terá John Lithgow (Uma Família de Outro Mundo) no papel de Jud Crandall. No livro, uma família se muda para uma pequena cidade do Estado do Maine, nos EUA, e encontra um cemitério de animais próximo de um misterioso sepulcro indígena. Não demora para que coisas estranhas comecem a acontecer.

Dennis Widmyer e Kevin Kolsch, dupla que co-dirigiu a fantasia de horror Starry Eyes, estão por trás do projeto. O filme chega ao Brasil em 9 de maio.

Os Três Mosqueteiros – Netflix está desenvolvendo filme baseado na história clássica!

0

Raphael Martins, no Legião dos Heróis

Os Três Mosqueteiros, um grande clássico da literatura escrito pelo francês Alexandre Dumas no século XVII, será adaptado no formato de um filme mais uma vez, mas não no cinema. Desta vez, é a Netflix, a maior plataforma de streaming do mundo, que contará a história de d’Artagnan e seus amigos.

O novo projeto será uma abordagem moderna dos personagens Athos, Porthos, Aramis e d’Artagnan e é baseado no roteiro de Harrison Query. O filme será produzido por Eric Newman e Bryan Unkeless, responsáveis pela produção de Bright com Will Smith. A produtora Sarah Bowen vai supervisionar o a produção.

Pouco se sabe sobre esta nova adaptação do clássico além de que ele deve ter um tom assemelhante ao dos filmes da série Missão Impossível. O elenco, as locações e a história do filme ainda não foram revelados pela Netflix, mas acredita-se que deve ser uma versão atualizada da história para os dias atuais.

A última adaptação de Os Três Mosqueteiros para o cinema se deu em 2011, com Logan Lerman, Milla Jovovich, Orlando Bloom, Christoph Waltz e Mads Mikkelsen interpretando os personagens principais. O filme foi dirigido por Paul W.S. Anderson, o mesmo que dirigiu os filmes da série Resident Evil.

A versão da Netflix de Os Três Mosqueteiros ainda não tem data de estreia.

Fonte: ComicBook

Go to Top