Posts tagged fotos

Apesar de tudo, escreva

1

Publicado por Livros e Afins

Um gentil cavalheiro como aquele – diziam – não necessita de livros. Que deixasse os livros – diziam – para paralíticos e moribundos. Mas o pior estava por chegar. Porque a doença de ler, uma vez tomando conta do organismo, enfraquece-o a ponto de torná-lo fácil presa desse outro flagelo que habita no tinteiro e supura na pena. O desgraçado dedica-se a escrever. Orlando, Virginia Woolf

Ao mesmo tempo que a leitura desperta o desejo de escrever é ela também que nos inibe. Porque lemos os grandes mestres, seus personagens incríveis, histórias mirabolantes ou narrativas sedutoras, e temos a impressão – mais do que impressão, a certeza – de que nunca chegaremos aos seus pés. Eu, particularmente, tenho dificuldade em escrever muito. Então, olho para livros de 400 páginas, 500 páginas, trilogias (!) e aquilo me parece impossível. Nem se eu começasse a escrever assim que acordo e parasse só de noite, conseguiria escrever coisas tão grandes. Vejam que só citei o fato de serem grandes, mais difícil ainda se pensarmos em qualidade.

1

E se apelarmos para os contos? Os contos contam com menor número de páginas, é verdade, mas têm um timing muito preciso. Nele o autor tem que saber exatamente aonde chegar e que efeito causar; deve informar pouco pra não se tornar cansativo, mas também não pode economizar a ponto de revelar antecipadamente o que está por vir. Pensa em algo menor ainda? Os textos de blogs e jornalísticos costumam ser menores, mas que concorrência! Tanta gente boa por aí, esbanjando cultura e estilo em qualquer assunto, dos mais banais à política internacional. Sem falar das fotos, dos vídeos e das muitas maneiras que a internet proporciona de tornar uma informação ainda mais rica.

Diante de tudo isso, escrever pode se tornar apavorante logo no primeiro parágrafo, especialmente para quem tem autocrítica demais. Então é preciso colocar a cabeça no lugar e lembrar daquela verdade: uma grande caminhada começa com um pequeno passo. Sem se colocar à prova, o aspirante a escritor nunca saberá do que é capaz. Se produzirá uma obra prima ou apenas mais um texto, quem pode dizer é o tempo, os leitores, o futuro. O que é certo é que pra isso é preciso se propor e terminar. Posso dizer que o melhor livro de Shakespeare é uma tragédia incrível que ele nunca colocou no papel? Não posso. Idéias e vontade de nada valem se não são concretizadas.

Então, escreva. Escreva apesar do medo, apesar de já terem escrito sobre o assunto, apesar das limitações. Mesmo o mundo inteiro dizendo que não, escreva. Escreva simplesmente porque a necessidade existe dentro de você.

‘The Green Dragon’- uma experiência Hobbit!

1

Publicado no Snack in Box

 

Abre_Snack_Hobbit

Os fãs do J.R.R. Tolkien vão adorar esse post. Agora o ‘The Green Dragon’ é uma realidade, a taverna em que os hobbits se deliciavam com suas cervejas e cantorias agora existe de fato na Nova Zelândia. Servem bebidas e comidinhas!

Esse curioso local foi inaugurado no mês passado. Em sua decoração busca ser bastante fiel aos detalhes para oferecer aos visitantes uma verdadeira experiência de Hobbit!

Veja as fotos abaixo. E aí? Embarcaria nessa aventura?

imagemHobbit01 imagemHobbit02 imagemHobbit03

‘The Green Dragon’

Livro revela fotos raras dos Beatles

0

Beatles: editores da revista Life compilaram as imagens


Publicado originalmente na Exame.com

Quase 50 anos depois do auge da beatlemania, um novo livro revela cenas da intimidade dos Beatles, com centenas de imagens raras ou inéditas feitas pelo falecido fotógrafo Robert Whitaker entre 1964 e 66.

Whitaker, que morreu no ano passado, aos 71 anos, foi contratado pelo empresário da banda, Brian Epstein, para documentar o cotidiano de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr.

Editores da revista Life compilaram as imagens, resultando no recém-lançado “LIFE With the Beatles”, da Time Home Entertainment Inc.

Barbara Baker Burrows, editora de fotografia da Life Books, disse que Whitaker se esforçou para catalogar sua obra, e que ela própria o incentivou a vasculhar seus arquivos.

Nascido na Grã-Bretanha, Whitaker começou sua carreira na Austrália, onde foi procurado por Epstein no meio de uma turnê dos Beatles. Inicialmente, rejeitou o convite, mas mudou de ideia ao ver o quarteto sobre o palco.

“O período de Bob com os Beatles foi uma era bastante diferente de hoje, quando um fotógrafo tem sorte se conseguir alguns minutos com seu personagem”, disse ela.

“Ele também tinha o que os fotógrafos da Life tinham: a confiança dos seus personagens, e o respeito deles.” A editora disse que Whitaker estava entusiasmado com o lançamento do livro, de 300 páginas.

“Embora ele não tenha vivido para ver a publicação concluída, acho que ele ficaria satisfeito.” (Reportagem de Nick Olivari)

Go to Top