Um leitor de mundo

Desde muito cedo, Luiz começou a dar duro pra ganhar a vida. Aos sete anos já trabalhava como engraxate, depois foi pedreiro. Precisava ajudar nas despesas da casa. Escola que é bom, nada! Que tempo ora o quê pra essas coisas de aprender a ler e a escrever…

Ler mais