Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Galileu

Brasileiros ficam em 1º lugar em Olimpíada Internacional de Matemática

0
Foto: Divulgação/ IMPA)

Foto: Divulgação/ IMPA)

 

Nathalia Fabro, na Galileu

Com quatro medalhas conquistadas, o Brasil ficou em primeiro lugar na 7ª Olimpíada de Matemática da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP). A disputa aconteceu de 23 a 30 de julho de 2017, na cidade de Porto, em Portugal.

As condecorações foram ganhadas por quatro jovens: Pedro Gomes Cabral, de Pernambuco, e Gabriel Ribeiro Paiva, do Ceará, que receberam a medalha de ouro; e André Hiroshi Koga, de São Paulo, e Eduardo Quirino de Oliveira, do Distrito Federal, levaram a de prata.

A equipe viajou com tutores e, já em Portugal, passou por dois dias de provas. Cada avaliação tinha três problemas matemáticos, e o tempo destinado à resolução era de quatro horas e meia.

“Os problemas são bem diferentes dos que os que se encontram no ensino normal”, diz Pedro Gomes, de 15 anos, que está cursando o primeiro ano colegial, em entrevista à GALILEU. “É necessário explicar cada detalhe da sua solução e a dificuldade é muito alta.”

Já para Gabriel Paiva, de 14 anos, estudante do 9º ano no ensino fundamental, a preparação foi a parte mais difícil. “Estudei muito e assisti a várias aulas ministradas”, conta. “Depois disso, comecei a treinar de forma intensiva para estar mais bem preparado para realizar a prova.”

Todo esfoço foi recompensando. Além da medalha, o feito será importante para o futuro profissional dos garotos. “Foi uma experiência diferente e boa, pois ganhei novas amizades, aprendi sobre algumas culturas diferentes e ganhei mais experiência com olimpíadas internacionais”, declara Paiva.

Olimpíada
A competição reuniu jovens de diversos países de língua portuguesa: Angola, Brasil Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.

O Brasil participa da CPLP desde o ínicio, e já sediou o torneio em 2012 e 2016. Com a vitória deste ano, o país agora possui, no total, 11 medalhas de ouro, 16 pratas e uma de bronze.

* Com supervisão de Isabela Moreira

Ladrões invadem galpão em Londres e roubam livros raros estimados em R$ 8 milhões

0

Dante-2

Gangue evita alarmes de sensores e escapa com obras de Da Vinci, Newton, Copérnico e Dante

Caio Soares, no Omelete

Em uma ação descrita por jornais britânicos como “cinematográfica”, a Scotland Yard confirmou que mais de 160 obras valiosas, entre eles uma edição de A Divina Comédia de Dante Alighieri datada de 1569, foram roubadas de um armazém localizado no Oeste de Londres no fim de janeiro.

De acordo com o Daily Mail, ladrões invadiram o galpão fazendo buracos na fibra de vidro do teto e desceram em equipamentos de rapel de uma altura de 12 metros enquanto desviavam dos alarmes. Estima-se que o valor dos livros cheguem à quantia de £2 milhões (aproximadamente R$ 8 milhões). Entre as obras roubadas, estavam manuscritos raros de Galileu, Isaac Newton e Leonardo da Vinci. Segundo especialistas, o livro mais valioso era uma edição de 1566 de De Revolutionibus Orbium Coelestium, de Nicolau Copérnico, avaliada em £ 215,000.

“Uma situação desta proporção nunca havia atingido o mercado de livros raros”, confessou Brian Lake, da Associação de Livreiros de Antiguidades. “Estes livros não vão ser vendidos em casas de leilões. Não estamos falando de Picassos ou Rembrandts ou até barras de ouro – esses livros seriam impossíveis de se rastrear. Algum especialista ou colecionador deve estar por trás disso”, disse uma fonte próxima à investigação.

A polícia metropolitana de Londres segue investigando e ainda não divulgou novas informações sobre o processo.

6 dicas para investir na sua educação além da faculdade

0

publicado na Galileu

O que grandes gênios da informática Bill Gates e Steve Jobs têm em comum com o Silvio Santos? Além de serem empreendedores de sucesso, eles nunca terminaram a faculdade. Bom, não queremos que você largue a faculdade, mas saiba que existe vida além do curso superior.

pugestudioso

Pesquisas recentes do CareerBuilder revelaram que 51% dos formandos de 2014 estão trabalhando em uma área que não exige curso superior. Isso mesmo, mais da metade nem precisaria se formar pra ter o emprego que tem. E mais: 40% dos entrevistados acreditam que a faculdade não prepara para o mercado de trabalho.

Como já dissemos, não queremos que você largue a faculdade – e vá vender sua arte na praia -, mas aqui vão 6 dicas feitas pelo Mashable para se dar bem no mercado de trabalho mesmo sem curso superior.

Adquirir conhecimento
Existem milhões de formas de conseguir conhecimento – e com a internet tudo ficou mais simples. Leia livros, revistas, jornais e blogs para se manter atualizado. Participe de fóruns e cursos onlines.

Para facilitar sua vida, GALILEU indica alguns sites, como o Veduca, Coursera, e Udemy – sem falar no YouTubeEDU, canal que reúne algumas das videoaulas masi bacanas do site. Além dos cursos, existe também o Google Acadêmico, que conta com uma variedade enorme de trabalhos e monografias.

Ganhar experiência e construir um portfólio
Não adianta nada ter um diploma e nunca ter trabalhado na área. Conhecimento requer experiência. Invista seu tempo acumulando experiências e construindo seu portfólio. Vale qualquer coisa, não só trabalhar. Viajar é ótimo, e ainda pode te render um segundo idioma.

Um ótimo site para criar e divulgar seu portfólio é o Kawek.

Ter habilidades e valores básicos
Nem tudo se aprende na faculdade. Aliás, não é porque você não tem diploma, que não pode ser ético ou ter espírito de liderança. De acordo com o CareerBuilder, as maioria das empresas procuram funcionários que tenham ética, saibam trabalhar em equipe e sob pressão. Outras habilidades recomendadas são boa comunicação e organização.

Ter bons tutores
Um dos segredos para uma boa carreira são tutores. Muito além de contatos, busque pessoas que tenham algum valor para agregar. Envolva-se com pessoas que trabalham em uma empresa que você admira – ou queria trabalhar. Se essas pessoas não forem muito acessíveis, acompanhe-as em redes sociais e procure saber o que elas fizeram para atingir o sucesso. Espelhar-se em alguém não é algo ruim e pode te levar adiante.

Acreditar em si mesmo
A carreira profissional é cheia de momentos bons e ruins. Não desanime nos momentos de turbulência, acredite em você. Muitas pessoas irão te desanimar – ainda mais se você ainda não tiver um diploma de faculdade. Mas fique firme. Faça uma lista de pequenos objetivos e vá concluindo aos poucos.

Conhecer suas opções
Mesmo sem curso superior, oportunidades não faltarão. O diploma do ensino médio já lhe renderá bons caminhos para sua carreira. E você pode ser seu chefe – empreender é sempre uma boa opção. Pequenos negócios começam com um blog, ou na garagem de casa. Trabalhos freelancer também são bem vistos. E lembre-se, nunca é tarde pra recomeçar, ou até mesmo terminar a faculdade.

6 dicas para investir na sua educação além da faculdade

1

publicado na Galileu

O que os grandes gênios da informática Bill Gates e Steve Jobs têm em comum com o Silvio Santos? Além de serem empreendedores de sucesso, eles nunca terminaram a faculdade. Bom, não queremos que você largue a faculdade, mas saiba que existe vida além do curso superior.

pugestudioso

Pesquisas recentes do CareerBuilder revelaram que 51% dos formandos de 2014 estão trabalhando em uma área que não exige curso superior. Isso mesmo, mais da metade nem precisaria se formar pra ter o emprego que tem. E mais: 40% dos entrevistados acreditam que a faculdade não prepara para o mercado de trabalho.

Como já dissemos, não queremos que você largue a faculdade – e vá vender sua arte na praia -, mas aqui vão 6 dicas feitas pelo Mashable para se dar bem no mercado de trabalho mesmo sem curso superior.

Adquirir conhecimento

Existem milhões de formas de conseguir conhecimento – e com a internet tudo ficou mais simples. Leia livros, revistas, jornais e blogs para se manter atualizado. Participe de fóruns e cursos onlines.

Para facilitar sua vida, GALILEU indica alguns sites, como o Veduca, Coursera, e Udemy – sem falar no YouTubeEDU, canal que reúne algumas das videoaulas masi bacanas do site. Além dos cursos, existe também o Google Acadêmico, que conta com uma variedade enorme de trabalhos e monografias.

Ganhar experiência e construir um portfólio
Não adianta nada ter um diploma e nunca ter trabalhado na área. Conhecimento requer experiência. Invista seu tempo acumulando experiências e construindo seu portfólio. Vale qualquer coisa, não só trabalhar. Viajar é ótimo, e ainda pode te render um segundo idioma.

Um ótimo site para criar e divulgar seu portfólio é o Kawek.

Ter habilidades e valores básicos
Nem tudo se aprende na faculdade. Aliás, não é porque você não tem diploma, que não pode ser ético ou ter espírito de liderança. De acordo com o CareerBuilder, as maioria das empresas procuram funcionários que tenham ética, saibam trabalhar em equipe e sob pressão. Outras habilidades recomendadas são boa comunicação e organização.

Ter bons tutores
Um dos segredos para uma boa carreira são tutores. Muito além de contatos, busque pessoas que tenham algum valor para agregar. Envolva-se com pessoas que trabalham em uma empresa que você admira – ou queria trabalhar. Se essas pessoas não forem muito acessíveis, acompanhe-as em redes sociais e procure saber o que elas fizeram para atingir o sucesso. Espelhar-se em alguém não é algo ruim e pode te levar adiante.

Acreditar em si mesmo
A carreira profissional é cheia de momentos bons e ruins. Não desanime nos momentos de turbulência, acredite em você. Muitas pessoas irão te desanimar – ainda mais se você ainda não tiver um diploma de faculdade. Mas fique firme. Faça uma lista de pequenos objetivos e vá concluindo aos poucos.

Conhecer suas opções
Mesmo sem curso superior, oportunidades não faltarão. O diploma do ensino médio já lhe renderá bons caminhos para sua carreira. E você pode ser seu chefe – empreender é sempre uma boa opção. Pequenos negócios começam com um blog, ou na garagem de casa. Trabalhos freelancer também são bem vistos. E lembre-se, nunca é tarde pra recomeçar, ou até mesmo terminar a faculdade.

7 livros que todo mundo precisa ler, de acordo com Neil deGrasse Tyson

0
  (Foto: wikimedia commons)

(Foto: wikimedia commons)

Luciana Galstri, na Galileu

O astrofísico Neil deGrasse Tyson, que ganhou ainda mais notoriedade após apresentar a nova versão de Cosmos, acredita que há 7 livros que todos precisam ler. Além de listar, abaixo, as recomendações do cientista, também mostramos onde você pode baixar as obras de graça (e de forma legal!). Confira:

A Bíblia

“Para entender que é mais fácil acreditar nos outros sobre o que pensar do que pensar e crer por si mesmo”

Baixe aqui

A idade da razão – Thomas Paine

“Para aprender que o poder do pensamento racional é a fonte primária da liberdade do mundo”

Baixe aqui  (em inglês)

O príncipe – Maquiavel

“Para entender que quem não tem poder vai fazer de tudo para conseguí-lo – e também perceber que quem tem poder vai fazer de tudo para mantê-lo”

Baixe aqui

A arte da guerra – Sun Tzu

“Para perceber que o ato de matar outros humanos pode ser elevado ao status de arte”

Baixe aqui (em inglês)

Principia – Newton

“Para notar que o Universo é um lugar que pode ser conhecido”

Baixe aqui (em latim ) e em inglês

A origem das espécies – Darwin

“Para compreender como estamos relacionados com todos os outros seres da Terra”

Leia aqui

As viagens de Gulliver – Jonathan Swift

“Para notar, entre outras lições cheias de sarcasmo, que, na maior parte do tempo, os humanos são Yahoos”

Baixe aqui

A riqueza das nações – Adam Smith

“Para entender que o capitalismo é uma economia de ganância, uma força da natureza dentro de si mesma”

Baixe aqui (em inglês)

Go to Top