Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged George R R Martin

As Crônicas de Âmbar | Livros de fantasia vão ganhar série com criador de The Walking Dead

0
Personagens de As Crônicas de Âmbar

Personagens de As Crônicas de Âmbar

Caio Coletti, no Observatório do Cinema

Robert Kirkman e Dave Alpert, criador e produtor de The Walking Dead, respectivamente, irão comandar a adaptação para a TV de As Crônicas de Âmbar, série de 10 livros de fantasia iniciada em 1970 que é listada por George R.R. Martin como uma das inspirações para As Crônicas de Gelo e Fogo, livros-base para Game of Thrones.

Na trama de As Crônicas de Âmbar, o protagonista Corwin acorda na Terra sem nenhuma memória, mas logo descobre que é o príncipe de uma dinastia capaz de viajar entre dimensões, conhecidas como “sombras”. Corwin e sua família reinam sobre Âmbar, conhecida como a “verdadeira e original” dimensão.

Os livros de Roger Zelazny serão produzidos para a TV pela Skybound Entertainment de Kirkman e Alpert, e devem acabar aterrizando na AMC, uma vez que Kirkman tem um acordo com a emissora para suas criações e produções.

Em um post em memória de Zelazny, que morreu em 1995, o autor de Game of Thrones George R.R. Martin o chama de “contador de histórias sem comparação” e o elogia por criar “um mundo tão exótico e memorável quanto poucos outros na fantasia”.

Por que George R. R. Martin demora para escrever? Carta a Stan Lee ajuda a entender

0
O escritor George R.R. Martin - Nick Briggs / Agência O Globo

O escritor George R.R. Martin – Nick Briggs / Agência O Globo

 

Autor de ‘Game of Thrones’ tinha 16 anos quando reclamou de furo no roteiro de HQ

Publicado em O Globo

RIO — Que George R. R. Martin não é lá um escritor muito prolífico e sofre constantemente com bloqueios criativos, já não é novidade. O autor das “Crônicas do gelo e do fogo”, saga literária que deu origem ao seriado “Game of Thrones”, inclusive já perguntou a Stephen King como o colega consegue escrever tão rápido. Agora, uma carta escrita por ele aos 16 anos para Stan Lee e Jack Kirby dá uma pista sobre o motivo pelo qual seus fãs continuam a esperar pelo aguardado “The winds of winter”.

Um usuário postou no site “Imgur” fotos de uma revista em quadrinhos dos anos 1960. Na sessão de cartas dos leitores, um Martin adolescente escreve para os criadores do Quarteto Fantástico para elogiar seu trabalho — e apontar erros de continuidade.

Depois de dizer que tinha “perdido o chão” com o “esplendor” do volume 29 da revista, o jovem George parte para a crítica:

“Entretanto, sinto informar que encontrei uma falha neste trabalho que, de outra forma, seria uma obra-prima perfeita, uma falha que, infelizmente, é comum com vocês. Quando vimos o Fantasma Vermelho pela última vez, no Quarteto Fantástico 13, ele estava preso na lua, sendo perseguido por três macacos super-poderosos lívidos de ódio que apontavam o raio paralisador do Sr. Fantástico para ele. Agora, de repente, vocês o trazem de volta com os macacos totalmente sob controle e sem uma única palavra de explicação”.

O meticuloso futuro escritor continua, apontando outro erro já cometido pela icônica dupla da Marvel:

“Não é a primeira vez que vocês trazem um vilão de volta sem explicar direito o que aconteceu. Vocês fizeram isso quando reviveram o Mestre dos Bonecos no Quarteto Fantástito 14, depois que Reed tinha dito que ele estava morto no Quarteto Fantástico 8. Que cientista! Não consegue saber se um cara está vivo ou morto, mas é inteligente o suficiente para criar um super-raio-radioativo-de-energia-cósmica-amplificada de uma hora para outra! Concluindo, desejo boa sorte a vocês nas próximas histórias, mas, Stan, não tire nenhum outro vilão do chapéu. Da próxima vez, mostre como foi que eles conseguiram se safar, ok? Ok!”.

Se Martin já tinha esse nível de atenção a detalhes quando ainda era garoto, como esperar rapidez ao lidar com um universo complexo como o de Westeros, que envolve centenas de personagens, famílias nobres, criaturas fantásticas, deuses, etc? Se, por um lado, a internet ajuda o escritor com uma série de sites que são verdadeiras enciclopédias virtuais de “Crônicas do gelo e do fogo”, por outro, são também milhões de críticos do mundo inteiro prontos a repetir o que ele mesmo fazia na adolescência, apontando cada pequena inconsistência.

Em tempo: Stan Lee e Jack Kirby não deram voltas e responderam que haviam esquecido o que tinha acontecido com o Fantasma Vermelho. Sob pressão da editora para entregar a história, eles não tiveram tempo de pesquisar os números anteriores.

GOT: 10 personagens diferentes dos livros

0

game-of-thrones-personagens-da-serie-vs-livros_781243

A HBO adaptou muito bem os livros de George R.R. Martin, mas não significa que foi fiel. Entenda!

Stef M Nunes, no Blasting News

Até que ponto a adaptação de “As Crônicas de Gelo e Fogo” para a televisão, “Game of Thrones”, se manteve fiel à obra literária? Os fãs já apontaram e notaram inúmeras divergências na trama. Aqui estão listados os 10 personagens que não foram tão fieis ao livro, confira!

Tyrion

Peter Dinklage não é tão fiel ao anão Lannister quanto o público pensa, a não ser pela estatura. O Tyrion dos livros possui uma cabeça enorme e suas juntas são extremamente problemáticas, e por isso ele usa uma bengala. Possui um olho de cada cor e seu cabelo cresce em tufos de cores diferentes. Por isso ele foi apelidado de “the imp” (o duende). Além da Batalha da Água Negra, que na verdade arrancou seu nariz, ao invés de deixar uma cicatriz.

Daenerys Targaryen

Nos livros, a mãe dos dragões não é imune ao fogo, ela se queima bastante e chega a perder os cabelos na fuga de Meereen. Ela é resistente, porém não imune. E ela, assim como os outros de sua linhagem, possuem os olhos lilás. No seriado ela começa com 17 anos, porém sua jornada deveria se iniciar aos 13.

Missandei

Primeiramente o arco entre ela e o Verme Cinzento nunca existiu, e ela deveria ter apenas 10 anos de idade.

Daario Naharis

Ele deveria trajar roupas coloridas e brilhantes, além de ter barba e cabelo azuis, tingidos, como era de costume em sua cultura. Além de não condizer com a adaptação, dois atores distintos o interpretaram.

Bran

Iniciando a série como um pré-adolescente, quando na verdade deveria ser uma criança, Bran Stark também abandonou suas características Tully – ele deveria ser mais parecido com os traços de Sansa – e possui apenas os traços da casa Stark. Atualmente o personagem está mais alto que seus irmãos mais velhos, caso Robb ainda estivesse vivo.

Jeyne Westerling

Na série, é chamada de Talisa, o amor da vida de Robb Stark. Nos livros, Jeyne é basicamente feia, o que faz muitos acharem que Robb está louco por querer trocar o trono por ela. Jeyne também não morreu no Casamento Vermelho, já Talisa…

Robb Stark

O Jovem Lobo tinha apenas 14 anos quando a história começou, a mesma idade de Jon, e seus traços da família de Catelyn também foram abandonados e apenas a predominância Stark ficou.

Euron Greyjoy

Caracterizado como longos cabelos negros e um olho a menos, por isso utiliza um tapa-olho, o visual do personagem deveria ser muito mais próximo de um pirata.

Sandor Clegane

As aparências bizarras não são tão bem adaptadas. O Cão de Caça descrito nos livros teve uma grande parte do corpo queimada por seu irmão, Gregor. Tão profundamente que, em determinados lugares, como a boca, os ferimentos nem cicatrizaram e os ossos ficam aparentes.

George R.R. Martin questiona como Stephen King escreve tão rápido

0

George-Martin-Stephen-King

Autor d’As Crônicas de Gelo e Fogo se impressiona com eficiência do escritor

Arthur Eloi, no Omelete

George R.R. Martin, autor d’As Crônicas de Gelo e Fogo, recentemente questionou Stephen King sobre sua eficiência em escrever romances: “Como é que você escreve tão rápido? Em seis meses eu escrevi três capítulos enquanto você terminou três livros nesse período!”, perguntou Martin em tom cômico – veja abaixo:

Entre risadas, King respondeu que escreve “entre três e quatro horas por dia” e tenta produzir “meia dúzia de páginas” nesse período. “Se o manuscrito tem 360 páginas, por exemplo, isso dá uns dois meses de trabalho”, concluiu o autor.

Martin, cuja obra serve como base para o programa Game of Thrones, é conhecido por estar produzindo “The Winds of Winter”, sexto livro da saga, desde a publicação de “A Dança dos Dragões” em 2011. Já Stephen King tem mais de 50 romances publicados em diversos gêneros, alguns dos quais foram adaptados para filmes como O Iluminado e séries como Under the Dome.

George R. R. Martin divulga capítulo inédito de ‘The Winds of Winter’

0

Publicado no Catraca Livre

George R. R. Martin, o autor dos livros “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que serve de base para a série “Game of Thrones”, divulgou um novo capítulo de “The Winds of Winter”, o sexto livro da saga.

O trecho segue a perspectiva de Arianne Martell, uma personagem que não aparece na série da HBO. O trecho chega em um momento no qual a série de TV está passando os fatos da literária.

Novo capítulo acompanha a princessa Arianne Martell.

Novo capítulo acompanha a princesa Arianne Martell.

 

O trecho substitui um capítulo anterior, mas o autor negou em seu blog que isso signifique que o livro está pronto. Ele assegurou, no entanto, que está fazendo progresso.

Leia o novo capítulo aqui.

Go to Top