Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Google Maps

A fim de um passeio literário? Confira o Google Maps de livros

0
(Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

Fernando Bumbeers, na Galileu

Você fica meio perdido quando lê um livro novo e não sabe onde ele se passa? Então esse mapa de livros elaborado pela organização britânica Lovereading vai te ajudar. Até agora, existem 200 obras de literárias cadastradas em todo mapa – que foi feito através do Google Maps. Você mesmo pode adicionar algumas!

“Tivemos a idéia de um mapa do livro por que o livro te transporta para o local onde ele acontece – e eu, por exemplo, sempre gosto de ler um livro baseado em lugares que eu vou viajar”, explicou o diretor e co-fundador da Lovereading, Peter Crawshaw para a Wired. “Demorou um pouco para selecionar os 200 livros e, em seguida, fazer toda a pesquisa e construção.”

A maioria dos livros contém capa e uma breve sinopse, do tamanho de um tweet. Ainda não existem livros cadastrados no Brasil, mas vários clássicos mundiais já estão na primeira versão do mapa: O amor em tempos de cólera, de Gabriel García Márquez, em Cartagena. On The Road, de Jack Kerouac, em São Francisco. Moby-Dick, de Herman Melville, em Nantucket.

O Reino Unido é o mais recheado de obras, desde os romances policiais de Arthur Conan Doyle até a série Harry Potter de J.K. Rowling. O bacana de ter um mapa de livros é que você pode organizar um passeio literário para o local onde se passa seu livro favorito!

Não achou seu livro favorito no mapa? Calma! Você mesmo pode adicioná-lo. Mas vai ter que esperar até a próxima atualização do mapa, por que as alterações precisam ser aprovadas pela equipe da Lovereading.

Uma minilivraria na porta de casa

0

Little Free Library é feita de material reaproveitado e pode ficar no quintal

Alice Sant’Anna, no O Globo

Um exemplar do projeto Little Free Library Divulgação

Um exemplar do projeto Little Free Library Divulgação

Apesar do tamanho exíguo, a ideia é grandiosa. Inaugurada em 2009 nos Estados Unidos, a intenção da Little Free Library é, como diz o nome, ser uma pequena biblioteca de graça, onde os livros circulam livremente. É uma biblioteca de bairro: pode ficar dentro de um café, por exemplo, ou no quintal de casa. A condição é que a casinha, feita com material reaproveitado, sirva como ponto de partida e de chegada de obras literárias.

O projeto, que inicialmente almejava algo em torno de 2.500 pontos, deslanchou. Se em 2011 os criadores Todd Bol e Rick Brooks festejavam a marca de cem bibliotecas, em 2013 viram o número extrapolar para seis mil, somando um total de dois milhões de livros trocados em mais de 32 países.

No Google Maps, há um mapeamento de todas as coleções registradas, incluindo três na África (bit.ly/JDzl7o). Na América do Sul, ainda não há nenhuma. A estimativa é que, seguindo esse ritmo, até o fim do ano o projeto alcance impressionantes 25 mil registros.

As pessoas que doam seus livros são encorajadas a escrever um pequeno bilhete apresentando o conteúdo. E os leitores seguintes, de preferência, devem adicionar suas impressões ao papel. A ideia é que a seleção seja formada por “títulos preferidos” — incluam-se aí romances e histórias infantis — e também por ensinamentos práticos, como manuais.

Para cadastrar uma biblioteca na Little Free Library em sua cidade, é preciso pagar uma licença no valor de US$ 35. O preço cobrado pela casinha varia, mas no site (littlefreeli brary.org.) há instruções completas para se construir uma (aí sim, de graça), usando elementos recicláveis e resistentes. A criatividade cuida do resto.

Go to Top