Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Hbo

Em 2017 vamos poder beber o vinho oficial de “A Guerra dos Tronos”

0

gerra-754x394

A HBO juntou-se a uma empresa vinícola dos Estados Unidos para lançar uma uma linha de vinhos inspirado na série.

Adriano Guerreiro, no NIT

“A Guerra dos Tronos” vai ter uma linha oficial de vinhos. Esta é com certeza a melhor notícia para Tyrion Lannister, uma das personagens que não passa sem um copo de vinho. “Tudo fica melhor com vinho no estômago”, “é isto que eu faço: bebo e sei coisas”, “eu sou o Deus das mamas e do vinho”, foram algumas das frases ditas por Tyrion e que a “Entertainment Weekly” compilou.

giphy-2-1

A HBO juntou-se à Santa Rosa Winery, da Vintage Wine Estates, para lançar uma linha oficial de vinhos da série. Ao todo vão ser três as garrafas com rótulos especiais. São eles um tinto, um Cabernet Sauvignon e ainda um Chardonnay. Os vinhos vão ser postos à venda na primavera de 2017 e segundo o site “Food and Wine” vão custar entre 18,80€ e 47€.

Esta não é a primeira vez que a série inspirada nos livros de George R. R. Martin dá origem a produtos. A Brewery Ommegang já tinha criado um conjunto de cervejas com os nomes dos vários reinos e em 2012 foi lançado um livro de receitas oficial de “A Guerra dos Tronos”. Já em 2014 foram colocados à venda vinhos não oficiais da série pela The Wines of Westeros na altura da quinta temporada.

Game of Thrones: Maisie Williams revelou o motivo de não ter lido os livros

0

A atriz que vive Arya Stark, aparentemente, nunca leu a obra que originou o seriado. Entenda o porquê

Stef M. Nunes, no Blasting News

Maisie Williams nunca leu 'As Crônicas de Gelo e Fogo'

Maisie Williams nunca leu ‘As Crônicas de Gelo e Fogo’

Uma das personagens mais queridas pelo público e pela legião de fãs da série ‘#Game of Thrones’ – e que continua viva, é claro – é Arya Stark. Sem dúvida, a intérprete Maisie Williams, e sua exímia atuação, imprimiram a personalidade forte, força e coragem que a personagem demanda. Mas você sabia que a atriz nunca leu os livros de George R.R. Martin – “#As Crônicas de Gelo e Fogo” – que deram origem ao seriado de televisão?

Não foi por falta de interesse da jovem, acontece que, quando foi selecionada para o papel, em 2010, ela tinha apenas 12 anos, e quando a primeira temporada foi exibida pela primeira vez, em 2011, ela tinha 13 anos, e sua mãe não permitiu que ela lesse.

Game of Thrones é famoso, principalmente, por seu conteúdo adulto, e cenas explícitas, ou seja, impróprio para a grande parte do elenco que foi escalado quandro criança e cresceu diante das câmeras, como por exemplo, os atores que viveram os irmãos de Arya Stark, Sophie Turner (Sansa Stark), Isaac Hempstead-Wright (Bran Stark) e Art Parkinson (Rickon Stark).

Em recente entrevista cedida ao Telegraph, Maisie Williams revelou que, embora quisesse ler a saga para melhor entender sua personagem, sua mãe a proibiu: “Minha mãe julgava imprópria a temática das crônicas. Eu era uma atriz inexperiente, e não insisti porque nunca fui apaixonada pelo hábito da leitura. Eu apenas fui Arya quando eu era mais jovem, e parece que esse caminho deu certo”, contou.

Contudo, a jovem afirmou que, hoje, gostaria de ter assimilado a Arya dos livros nestes anos de atuação.

“Eu incorporei o que eu sou para vivê-la, e estou muito contente com o que estranhamente criei para Arya agora. Seria realmente ótimo se eu pudesse voltar no tempo e recriar minha interpretação baseada nos livros, e ver como ela deveria de fato ser”, expôs Maisie.

A atriz ainda foi comentou, bem-humorada: “Eu fico imaginando como seria hilário se alguém me visse pelo metrô Londrino, lendo o primeiro livro ‘As Crônicas de Gelo e Fogo: O Jogo dos Tronos'”.

Maise Williams já pode ficar tranquila, a personagem que ela criou foi extremamente bem recebida.

Fahrenheit 451 ganhará nova adaptação cinematográfica produzida pela HBO

0

229327

Filme terá a direção, roteiro e produção executiva de Ramin Bahrani.

João Vitor Figueira, no Adoro Cinema

O diretor Ramin Bahrani foi escalado para dirigir, roteirizar e ser o produtor executivo de uma nova adaptação do livro “Fahrenheit 451”, clássico romance distópico do escritor Ray Bradbury.

De acordo com informações do site The Wrap, o longa-metragem será produzido pela HBO Films e contará com Alan Gasmer (Vikings) e Peter Jaysen (Pelas Garotas e Pela Glória) dividindo a função de produtores executivos com Bahrani.

Ambientado em um futuro dominado por um governo opressor, Fahrenheit 451 acompanha a história de Guy Montag, um bombeiro que tem como missão incendiar livros, que são considerados inúteis e fonte de improdutividade e frustrações. Ao atender um chamado em uma casa que era uma verdadeira biblioteca clandestina, Montag passa a furtar livros e questionar o status quo após conhecer uma mulher não conformada com o regime vigente.

A trama de Bradbury foi adaptada para os cinemas pelo influente cineasta francês François Truffaut em 1966. O Fahrenheit 451 do cineasta contou com Oskar Werner no papel principal e trilha-sonora do cultuado Bernard Herrmann. O longa-metragem foi indicado ao prêmio Leão de Ouro no Festival de Veneza.

Ramin Bahrani começou sua carreira com filmes como Man Push Cart e Desmanche – Perigo nas Ruas. Ele trabalhou com Dennis Quaid e Zac Efron em A Qualquer Preço e com Andrew Garfield, Michael Shannon e Laura Dern no drama 99 Casas.

Universidade lança curso sobre Game of Thrones, nos Estados Unidos

0
Game of Thrones (Reprodução HBO)

Game of Thrones (Reprodução HBO)

A Northern Illinois University abriu um curso sobre a série Game of Thrones, da HBO, para discutir a Idade Média e as relações humanas

Publicado na Caras

A série Game of Thrones, que está na sua quinta temporada na HBO, agora é tema de um curso na Northern Illinois University, nos Estados Unidos. As aulas do programa chamado Game of Thrones, Television and Medieval History vão discutir a Idade Média e as relações humanas da forma que são mostradas na televisão.

“A série representa aspectos da Idade Média de um jeito muito mais realista do que qualquer outra produção da mídia”, argumentou o co-professor Valerie Garver. “Se destaca porque ela comenta a condição humana de um jeito que parece real para as pessoas. É um ótimo exemplo de um pedaço da cultura moderna que desenha como o passado impacta no presente”, completou.

Game of Thrones é baseada nos livros George R.R. Martin. Os alunos terão que ler os livros e assistir aos episódios da série, na tentativa de fazer um relato da história contada com a cultura moderna. Se tudo der certo, o curso irá continuar na grade no próximo semestre.

Autor dos livros de Game of Thrones desenvolve série sci-fi para a HBO

0

George-R-R-Martin-george-r-r-martin-30987322-1024-683-600x389

Publicado no Pipoca Moderna

O escritor George R.R. Martin, criador da saga literária “As Crônicas de Gelo e Fogo” , que inspira a série “Game of Thrones”, está produzindo uma nova atração para o canal pago HBO, informou o site The Hollywood Reporter.

Intitulada “Captain Cosmos”, a atração é centrada em um escritor de ficção científica que vive em 1949, durante a ascenção da TV, e escreve histórias que ninguém mais ousaria escrever.

O roteiro do piloto está sendo escrito por Michael Cassut (série “Z Nation”), baseado na premissa original de Martin, que, por enquanto, não estará diretamente envolvido na nova série, por conta de seu comprometimento em terminar “The Winds of Winter”, o sexto volume da saga dos Sete Reinos.

Em estágio inicial de desenvolvimento, “Captain Cosmos” não tem cronograma definido. Já a 5ª temporada de “Game of Thrones” estreia em 12 de abril, tanto nos EUA quanto no Brasil.

Go to Top