Contando e Cantando (Volume 2)

Posts tagged Hollywood Reporter

Locke and Key – História em Quadrinhos de Joe Hill vai virar série na Netflix!

0

Lucas Rafael, no Legião dos Heróis

A HQ de terror Locke and Key, criada por Joe Hill (Filho de Stephen King) e ilustrada por Gabriel Rodríguez está perto de virar uma série da Netflix. O quadrinho já conta com 8 anos de publicação, apresentando uma trama não-cronológica que circula uma mansão repleta de mistérios, com portais para outros mundos. A história chega até flertar com elementos Lovecraftianos, visto que o subtítulo da primeira edição é “Bem-Vindo à Lovecraft“.

Agora, o Hollywood Reporter afirma que a Netflix está prestes a fechar um contrato adaptando a obra de Joe Hill como uma série, que deve ser produzida por Carlton Cuse. A série estava, um tempo atrás, para ser comprada pelo Hulu, mas acabou indo para a gigante do streaming com um novo elenco e diretor. A versão do Hulu seria dirigida por Andy Muschietti, que está ocupado dirigindo a sequência de seu filme, IT: A Coisa. Ainda assim, ele será creditado como produtor da série Netflix.

Fontes do Hollywood Reporter afirmam que os executivos do Hulu queriam a série, mas o novo CEO, Randy Freer, tinha a palavra-final e decidiu passar a adaptação.

Vale lembrar que Locke and Key já passou diversas quase-adaptações, incluindo uma pela Fox, oito anos atrás, que chegou a ter um piloto produzido, embora tenha sido mal recebido. Agora, parece que o drama de horror sobre uma casa com portais demoníacos finalmente encontrou um lar na Netflix.

Romance inédito de Nicholas Sparks vai virar filme

0

Patrícia Borba no Pipoca Moderna

 

Mais um livro de Nicholas Sparks vai virar filme. Desta vez, a obra nem foi lançada ainda, tal é a popularidade do autor, cujos romances já renderam oito filmes, entre eles “Um Amor Para Recordar” (2002), “Diário de uma Paixão” (2004), “Querido John” (2010) e “Um Porto Seguro” (2013).

Segundo o site The Hollywood Reporter, a nova produção vai adaptar o livro “Uma Longa Jornada”, que será lançado nos EUA em setembro. A trama acompanha dois casais. Aos 91 anos, com problemas de saúde e sozinho no mundo, Ira Levinson sofre um terrível acidente de carro. Em sua luta para sobreviver, lembra de Ruth, sua falecida esposa. Perto dali, Sophia Danko, uma jovem estudante de história da arte, conhece Luke Collins, um cawoby que a salva do assédio de seu ex-namorado. O destino unirá a história dos dois casais apaixonados, mostrando que, para além do desespero, da dificuldade e da morte, a força do amor sempre nos guia na longa jornada da vida.

O filme terá produção de Marty Bowen e Wyck Godfrey, responsáveis pela saga “Crepúsculo”. O roteirista Craig Bolotin (“Falando Francamente”) é um dos nomes cotados para escrever a adaptação.

Sparks virá ao Brasil lançar o novo livro na Bienal do Rio no dia 31 de agosto. “Uma Longa Jornada” é seu 19º livro e sua adaptação tem previsão de estreia para fevereiro de 2015 nos EUA.

Imagem: intenet

O Mágico de Oz pode virar seriado

1

1

Tatiany Leite, no Vá ler um livro

Enquanto os nervos estão à flor da pele com a estreia do filme Oz: Mágico e Poderoso (8 de março), com, entre outros, James Franco e Michelle Williams, o The Hollywood Reporter anunciou que, possivelmente, haverá uma adaptação da história para a TV, em forma de seriado de fantasia.

A Warner Horizon (produtora do Pretty Little Liars), que possivelmente estará por trás da produção, contará com nomes como Rob Prior (que, ainda segundo a matéria, estará por trás do conceito artístico e gráfico da série), Mark Wolper (produtor executivo de, entre outros, Brumas de Avalon), Roy Lee e Adrian Askarieh (produtor do Hitman), estes dois últimos já em produção com outras séries para a Warnes Bros. Pictures.

Red Brick Road,Estrada de tijolos vermelhos (em tradução livre), ainda não tem data de estreia nem muitas informações, mas será uma sequência de O mágico de Oz, inspirado nos livros de L. Frank Baum.

Enquanto isso, assista ao trailer de Oz: Mágico e Poderoso

Comediantes mulheres faturam alto no mercado editorial

0
Tina Fey está faturando com livro de memórias e Amy Poehler escreverá diário / Divulgação

Tina Fey está faturando com livro de memórias e Amy Poehler escreverá diário Divulgação

Publicado por O Globo

As comediantes mulheres estão em alta no mercado editorial e recebendo bem por isso. Só nesta semana, Amy Poehler, da série “Parks and Recreations”, assinou contrato, sem divulgar cifras mas há suposições de que seja milionário, para escrever um diário humorado e o primeiro livro da atriz Judy Greer, do filme “De repente 30”, foi adquirido pela Doubleday por US$ 1 milhão.

Tina Fey, de “30 Rock”, já está fazendo sucesso nas livrarias americanas com o livro de memórias “Bossypants”. A publicação já vendeu mais de 2 milhões de exemplares.

E a criadora e protagonista da série “Girls”, Lena Dunham, recebeu em outubro US$ 3.7 milhões como adiantamento para seu livro.

De acordo com reportagem da “Hollywood Reporter”, livros de comediantes têm tido boa saída desde o sucesso da publicação da apresentadora Chelsea Handler, em 2005, com “Minha vida na horizontal”. Ellen DeGeners também figurou na lista de best-sellers.

“É uma era de ouro para mulheres da comédia”, afirma o editor executivo da It Books, Carrie Thornton.

“Elas vão fundo para contar histórias não só engraçadas, como também pessoais e compartilham experiências de vida”.

As próximas na lista de pedidos dos editores atualmente são Kristen Wiig, de “Saturday Night Life”, e Julia LouiS-Dreyfus, de “Seinfeld” e atualmente em “Veep”.

Família de Tolkien processa estúdio de ‘O senhor dos anéis’, diz revista

0

Elijah Wood no papel de Frodo, um dos
protagonistas de ‘O senhor dos anéis’
(Foto: Divulgação/Divulgação)


Publicado originalmente no G1

Os responsáveis pelo espólio do escritor J. R. R. Tolkien (1892-1973) abriram nesta segunda-feira (19), em Los Angeles, um processo de US$ 80 milhões contra o estúdio New Line, empresa subsidiária da Warner Bros., que filmou os três filmes inspirados na obra mais famosa do autor, “O senhor dos anéis”. A informação é da revista “The Hollywood Reporter”.

De acordo com reportagem do site da publicação, os herdeiros de Tolkien alegam que a Warner está “ultrapassando seus direitos quando se trata da comercialização de propriedade de ‘O senhor dos anéis'”. A “Hollywood Reporter”, que informa ter obtido uma cópia da ação judicial, acrescenta que a HaperCollins, editora dos livros, apoia a família do escritor.

A infração dos direitos autorais estaria especificamente ligada à violação de contrato, que previa a criação apenas de mercadoria “tangível”, caso de criações que reproduzem personagens e figurinos – e não exploração de conteúdos digitais, como games jogados na internet, por exemplo. A família usa o termo “caça-níqueis online” para se referir ao que a Warner tem feito, segundo a “Hollywood Reporter”.

A ação vem à tona poucas semanas antes da estreia de “O Hobbit: Uma jornada inesperada”, também baseado na obra de J. R. R. Tolkien. Em 2008, a família do autor já entrado com um processo contra a Warner, acusando a empresa de não ter pago “nem um centavo” dos lucros obtidos com a trilogia “O senhor dos anéis”, estimados em cerca de US$ 6 bilhões desde a estreia do capítulo inaugural, em 2001.

Na época, os herdeiros e a HarperCollins figuravam como codemandantes da ação apresentada pelo Tolkien Trust, grupo de caridade com sede na Grã-Bretanha, na Corte Superior de Los Angeles.

Go to Top