Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged hotel

Durma entre livros nestas bibliotecas que também recebem hóspedes

0

literary-man-obidos-hotel-dining-LITMAN1122-768x480

Publicado no Nômades Digitais

Apaixonados por livros adorarão saber que podem se hospedar em um lugar que até então só pensavam existir em seus sonhos. O hotel Literary Man fica a 90 minutos de Lisboa, em Portugal, e ostenta em suas paredes mais de 45 mil títulos.

Localizado em Obidos, uma vila medieval de mais de 700 anos, o hotel Literary Man foi inaugurado no ano passado dentro de um antigo convento. Além de praticamente todas as suas paredes serem repletas de prateleiras forradas por livros, os pratos e coquetéis servidos no restaurante do local foram todos batizados em homenagem a lendas literárias.

Durante a hospedagem, é possível até mesmo reservar uma massagem à luz de velas cercado por livros, obviamente.

Este não é o único lugar onde é possível se hospedar e se sentir dentro de uma biblioteca. Na pacata cidade de Wigtown, na Escócia, uma pequena livraria chamada The Open Book possui um apartamento de um quarto no andar de cima. Quem alugá-lo pode ficar no espaço por até duas semanas pagando uma taxa de apenas US $ 42 por noite com o comprometimento de gerenciar a livraria no andar de baixo.

open_-768x576

O trabalho durante a estadia é feito com o auxílio de uma equipe de voluntários. A iniciativa faz parte de um projeto um sem fins lucrativos criada pela Wigtown Festival Company. O programa de residência “visa celebrar livrarias, incentivar a educação na execução de livrarias independentes e acolher pessoas de todo o mundo à Scotland’s National Book Town.

No Japão, o hostel Book and Bed também apostou na paixão das pessoas pelos livros para projetar suas acomodações. O estabelecimento possui 52 camas com banheiros compartilhados e atualmente possui cerca de 2 mil títulos em inglês e japonês espalhados por seu espaço.

hostel2-768x512

Todas as imagens: Divulgação

dica do Marcos Vichi

Fãs aguardam 16 horas para um autógrafo de Nicolas Sparks

0
Sparks: “Eu ainda acredito no amor verdadeiro” (Gisela Schober/Getty Images)

Sparks: “Eu ainda acredito no amor verdadeiro” (Gisela Schober/Getty Images)

 

Leitores esperaram na porta de um shopping em São Paulo

Bruno Meier, na Veja

Fãs aguardando, ansiosos, na porta do local de um grande evento, à espera da chegada do ídolo: não foi só no show de Justin Bieber que isso aconteceu. Na semana passada, havia leitores esperando na porta de um shopping em São Paulo pelo momento em que o best-seller americano Nicholas Sparks, 51 anos, apareceria para autografar seus romances melosos. Com vinte livros publicados, oito deles adaptados para o cinema, Sparks vendeu 100 milhões de exemplares no mundo (mais de 5 milhões no Brasil). Em sua passagem pelo país, Sparks tentou manter a forma e a rotina — acordou às 4 e meia da manhã para se exercitar na academia do hotel, mas não cumpriu a meta de escrever uma página por dia. Depois de 25 anos de casamento, Sparks divorciou­-se, o que decepcionou as fãs mais românticas. O autor de Querido John pede calma: “Eu ainda acredito no amor verdadeiro”.

Hotéis pelo mundo onde se pode dormir com os livros

0
Conheça os 7 hotéis onde pode dormir rodeado de livros.

Conheça os 7 hotéis onde se pode dormir rodeado de livros.

 

Publicado no Volta ao Mundo

Há hotéis que têm o ginásio ou a piscina abertos durante a noite. Mas para quem gosta de ler antes de dormir, nada como ficar num hotel repleto de livros e com bibliotecas que nunca fecham portas.

O The New York Times fez uma seleção. Nós fizemos crescer a lista: há hotéis que têm salas de leitura ou livrarias com milhares de exemplares à disposição, e que funcionam 24 horas por dia. Outros não têm telefone, wi-fi ou televisão nos quartos. Há ainda os inspirados em escritores de renome. Conheça os hotéis nas imagens abaixo:

1. Library Hotel, Nova Iorque O Library Hotel tem uma sala de leitura (library room) com seis mil livros que nunca fecha portas.

1. Library Hotel, Nova Iorque
O Library Hotel tem uma sala de leitura (library room) com seis mil livros que nunca fecha portas.

2. Heathman Hotel, Portland O Heathman Hotel, em Portland, tem uma livraria aberta 24 horas por dia, 365 dias por ano, e possui uma coleção de 2700 livros autografados por alguns dos mais importantes nomes da literatura contemporânea.

2. Heathman Hotel, Portland
O Heathman Hotel, em Portland, tem uma livraria aberta 24 horas por dia, 365 dias por ano, e possui uma coleção de 2700 livros autografados por alguns dos mais importantes nomes da literatura contemporânea.

3. Sylvia Beach Hotel, Newport O Sylvia Beach Hotel, debruçado sobre o mar, em Newport, é o típico paraíso para escritores. Não há telefone, wi-fi ou televisão e os quartos são inspirados em autores como Agatha Christie, Mark Twain, William Shakespeare ou Jules Verne.

3. Sylvia Beach Hotel, Newport
O Sylvia Beach Hotel, debruçado sobre o mar, em Newport, é o típico paraíso para escritores. Não há telefone, wi-fi ou televisão e os quartos são inspirados em autores como Agatha Christie, Mark Twain, William Shakespeare ou Jules Verne.

 

4. B2 Boutique Hotel & Spa, Zurique Nem todos os hotéis literários ficam nos Estados Unidos, naturalmente. O B2 Boutique Hotel & Spa, em Zurique, tem uma wine library, onde os hóspedes podem beber um copo de vinho e escolher entre os seus 33 mil livros.

4. B2 Boutique Hotel & Spa, Zurique
Nem todos os hotéis literários ficam nos Estados Unidos, naturalmente. O B2 Boutique Hotel & Spa, em Zurique, tem uma wine library, onde os hóspedes podem beber um copo de vinho e escolher entre os seus 33 mil livros.

 

5. Eurostars Book Hotel, Munique No Eurostars Book Hotel, em Munique, cada andar é dedicado a um género literário.

5. Eurostars Book Hotel, Munique
No Eurostars Book Hotel, em Munique, cada andar é dedicado a um gênero literário.

 

6. Taj Falaknuma Palace, Hyderabad O Taj Falaknuma Palace, um palácio indiano do século XIX, tem uma livraria com mais de cinco mil livros e manuscritos raros.

6. Taj Falaknuma Palace, Hyderabad
O Taj Falaknuma Palace, um palácio indiano do século XIX, tem uma livraria com mais de cinco mil livros e manuscritos raros.

 

7. Gladstone’s Library, País de Gales Talvez o mais impressionante o Gladstone’s Library, no País de Gales. Tem nada mais nada menos do que 250 mil livros à disposição, e uma biblioteca com quartos. Confortáveis, garantem os responsáveis.

7. Gladstone’s Library, País de Gales
Talvez o mais impressionante o Gladstone’s Library, no País de Gales. Tem nada mais nada menos do que 250 mil livros à disposição, e uma biblioteca com quartos. Confortáveis, garantem os responsáveis.

 

 

 

J.K. Rowling posta foto de recado que deixou no hotel onde terminou de escrever Harry Potter

0
J.K Rowling terminou de escrever a série em 11 de janeiro de 2007 Foto: Twitter / Reprodução

J.K Rowling terminou de escrever a série em 11 de janeiro de 2007 Foto: Twitter / Reprodução

 

“Terminei de escrever Harry Potter e As Relíquias da Morte neste quarto (552) em 11 de janeiro de 2007”, escreveu atrás de busto

Publicado no Zero Hora

Nove anos depois de terminar de escrever a série de livros Harry Potter, completados na segunda-feira, J.K. Rowling postou uma foto em sua conta no Twitter mostrando um recado que deixou atrás de um busto no hotel Balmoral, em Edimburgo, onde finalizou Harry Potter e As Relíquias da Morte.

“Terminei Relíquias há nove anos hoje. Celebrei grafitando um busto no meu quarto de hotel. Nunca façam isso. É errado”, publicou a escritora. Na foto, pode-se ler a seguinte mensagem: “Terminei de escrever Harry Potter e As Relíquias da Morte neste quarto (552) em 11 de janeiro de 2007”.

Fãs alugam o quarto por £1,415, conforme a revista Times, que ainda salienta que o vandalismo fez bem para os negócios.

Finished Hallows 9 yrs ago today. Celebrated by graffiti-ing a bust in my hotel room. Never do this. It’s wrong. pic.twitter.com/HsqQKydY68

— J.K. Rowling (@jk_rowling) January 11, 2016

Fã de sossego e de um bom livro? Esse ‘hotel’ é para você

0

Conheça o conceito inovador do Book and Bed Tokyo

Publicado no Notícias ao Minuto

O estabelecimento funciona como um hotel, mas não tem piscinas, bares cheios de agitação ou terraços badalados. Pelo contrário: o Book and Bed Tokyo, no Japão, é voltado aos amantes de um bom livro e de muita tranquilidade.

Com vista para as ruas da região de Ikebukuro, na capital japonesa, o local tem conceito pensado pelos designers Makoto Tanijiri e Ai Yoshida. O objetivo é simples: combinar o sossego e o isolamento de um quarto de hotel com o universo de mundos paralelos oferecido pelos livros – no total, são cerca de 1.700 disponíveis aos clientes.

Confira na galeria abaixo:

naom_56308b5f6ca70

naom_56308b7b5c62a

naom_56308b7dccd1b

naom_56308b82a2b47

naom_56308b802a197

naom_56308b852d692

Go to Top