Contando e Cantando (Volume 2)

Posts tagged imagens

Copa do Mundo: 5 jogadores do Brasil que possuem livros lançados

0

MIGUEL SCHINCARIOL/AFP/Getty Images)

Gabu Camacho, no Beco Literário

Você sabia que além de jogadores de futebol, muitos esportistas do Brasil possuem livros lançados? São biografias em sua maioria, que contam desde sua trajetória até lições valiosas que aprenderam na difícil jornada até o estrelato.

Não é comum que estes livros, assim como outras biografias, possuem o que chamamos de ghost-writers, isto é, jornalistas que ouvem todo o relato do perfilado e escrevem a história dando o tom que desejam. O dom da escrita não é para qualquer um, apesar de todos terem boas histórias para contar.

1- Um olho na bola, outro no Cartola (Romário)

As revelações do ex-jogador Romário sobre o crime organizado no futebol brasileiro. Ele foi ídolo do Vasco, Flamengo, Barcelona, de todos os times que jogou. Eleito o melhor jogador do mundo por duas vezes, foi o herói da seleção brasileira que conquistou a Copa do Mundo em 1994, nos Estados Unidos. O “baixinho”, grande responsável pelo tetra, virou um gigante na política. Primeiro, como deputado federal. Em seguida, como o senador com o maior número de votos no estado do Rio de Janeiro, o político Romário vem fazendo tanto barulho no Congresso como fazia nos gramados. Foi ele quem brigou pela criação da CPI que investigou as suspeitas de irregularidades na gestão financeira da CBF e do Comitê Organizador da Copa do Mundo no Brasil, em 2014. Foram dois anos de muitos depoimentos, provas e discussões que levaram ao Fifagate e à prisão de vários cartolas. Neste livro, o agora escritor Romário lembra os grandes momentos de sua carreira, conta como o nascimento de sua filha caçula, Ivy, portadora da síndrome de Down, mudou a sua vida e o levou à política. E revela em detalhes todo o processo da CPI cujo objetivo, segundo ele, era colocar na cadeia quem enriqueceu ilicitamente às custas do esporte de maior apelo popular no planeta.

2- Raí: Auto-Fotobio (Raí)

Raí foi um dos melhores jogadores do mundo ao longo da década de 1990. É ídolo supremo do São Paulo, e também do Paris Saint-Germain, clubes onde fez carreira, em uma trajetória repleta de títulos, incluindo a Copa de 1994, o Mundial de Clubes, duas Libertadores, Copa da Europa, Campeonatos Brasileiros, Franceses, Paulistas e muitos outros. Conquistou tudo o que podia. No livro ‘Raí Auto-Fotobio’, o craque, que acaba de completar 50 anos, conta da infância, da família e da descoberta da vocação e início de carreira, aos 17 anos, no Botafogo de Ribeirão, com a responsabilidade de ser irmão do Dr. Sócrates, grande – e o mais controvertido – jogador da época. Em seguida, repassa a carreira e sua vida pessoal em paralelo, avaliando os privilégios e restrições que essa vida dupla oferece. E chega ao pós-carreira, em que também tem colecionado realizações relevantes como a Fundação Gol de Letra, a Ong Atletas pelo Brasil e a empresa Raí+Velasco. No livro, cada relato é acompanhado de um conjunto de imagens, somando cerca de 100 fotos e reportagens, que permitem ao leitor visualizar a história em campo, nas narrativas da época e em momentos da vida privada de Raí, sendo conduzido por essa sequência integrada de textos e imagens.

3- Casagrande e seus demônios (Walter Júnior Casagrande)

Ricamente ilustrado, com um caderno recheado de fotos, a publicação tem prefácio de Marcelo Rubens Paiva, amigo de sempre, que endossa a hipótese de que tantas coisas boas, e outras tantas ruins, que permearam a vida do ex-jogador dariam um bom roteiro para um livro. “Casão faz questão de contar o inferno que viveu quando era viciado em drogas e sua internação, pois para ele é fundamental passar adiante a experiência, dividir as dores da dependência e alertar para os perigos de um vício frenético, sem preconceitos, desvios ou mentiras. A verdade ajuda a sanidade”.

4- Neymar Jr. de A a Z (Neymar Jr.)

‘Neymar Jr. de A a Z’ é o primeiro livro oficial do ídolo brasileiro. Além de registrar os principais acontecimentos, o livro traz detalhes da vida e da carreira de Neymar de um jeito moderno e irreverente, repleto de fotos. Um gol de placa para os fãs de um dos principais jogadores do mundo na atualidade.

5- Pelé: Minha vida em imagens (Pelé)

Com um sincero depoimento autobiográfico, pontuado por mais de 70 imagens, entre raras e inéditas, o livro ‘Pelé – Minha Vida em Imagens’ condensa a narrativa mítica do garoto franzino de Três Corações, que se transformou no maior jogador de futebol de todos os tempos. Em formato de scrapbook, o volume traz uma série de ítens de colecionador que podem ser destacados e guardados pelo leitor, como ingressos dos principais jogos, o cartaz da Copa do Mundo de 1958, recortes de jornais da época e até um ofício da Casa Branca que trata da visita de Pelé ao presidente Nixon. As imagens são um espetáculo à parte e retratam lances memoráveis do jogador: a seqüência do gol de número 1.000, o retrato de Pelé feito pelo artista Andy Warhol, em 1977, e o abraço no amigo Muhammad Ali na cerimônia de sua despedida definitiva do futebol. A edição traz ainda um apêndice que elenca todos os gols que Pelé marcou no decorrer da carreira, divididos por ano, data, time e adversário.

Confira as primeiras imagens da nova série de George R.R. Martin, o criador de “A Guerra dos Tronos”

0

“Nightflyers” é uma produção de ficção científica do Syfy e que será distribuída pela Netflix.

Ricardo Farinha, no NiT

Em janeiro foi anunciado que a próxima série a contar uma história de George R.R. Martin, o escritor dos livros de “A Guerra dos Tronos”, seria “Nightflyers”. Esta terça-feira, 20 de março, foi revelado o primeiro trailer.

Não será a HBO que vai produzir, mas antes o SyFy, onde vai estrear nos EUA, em conjunto com a Netflix, que terá a distribuição internacional. No vídeo, George R.R. Martin descreve o projeto como “psicótico no espaço”. Já Jeff Buhler, o responsável por adaptar a história para televisão, disse numa entrevista à “USA Today” que seria uma espécie de “Alien” com um fantasma ou um ‘The Shining’ no espaço”.

A história não tem nada a ver com o universo dos sete reinos de Westeros. “Nightflyers” é um thriller de ficção científica publicado em 1980, e que deu origem a um filme em 1987.

O livro fala de uma expedição de oito cientistas e de um poderoso telepata que embarcam numa viagem até ao limite do sistema solar com a esperança de encontrar vida extraterrestre.

O Nightflyer é a nave espacial que, além do grupo de cientistas, leva uma pequena tripulação. Quando se desenrolam acontecimentos violentos, todos começam a questionar-se uns aos outros e a sobrevivência à viagem torna-se mais difícil do que o esperado.

O elenco inclui atores como Gretchen Mol, Eoin Macken, David Ajala, Sam Strike, Maya Eshet, Angus Sampson, Jodie Turner-Smith e Brian F. O’Byrne.

Fahrenheit 451 | Adaptação da HBO ganha novas imagens

0

Tayná Garcia, no Jovem Nerd

O Twitter da HBO PR divulgou novas imagens de Fahrenheit 451, nova adaptação da HBO do livro homônimo de Ray Bradbury.

Nas imagens, cores neon se destacam e os personagens Beatty (Michael Shannon), Montag (Michael B. Jordan) e Clarisse (Sofia Boutella) aparecem. Veja:

O romance, publicado em 1953, conta a história de um futuro distópico quando o pensamento crítico é proibido, a mídia é usada apenas para distração e os livros devem ser queimados. O número “451” é a temperatura que o fogo deve ter para queimar as obras!

O filme original HBO acompanha Montag (Michael B. Jordan), um jovem bombeiro que se rebela contra o sistema e decide recuperar a humanidade. O elenco conta com Michael B. Jordan, Michael Shannon, Laura Harrier, Sophia Boutella e Lilly Singh. A direção é de Ramin Bahrani.

A previsão é que Fahrenheit 451 seja exibido no canal em 2018.

Uma campanha chocante para denunciar o quão pouco ganham os escritores

0

Fabio Mourão, no Dito pelo Maldito

Você pode ficar rico com a literatura? É bem provável que não. Embora as manchetes destaquem escritores que ganham milhões com seus livros, sabemos bem que isso não é o que acontece com a maioria dos autores. De acordo com um estudo britânico recente, apenas um em cada dez escritores conseguem viver apenas do que escrevem. Na verdade, o mesmo estudo conclui que apenas uma elite de 5% de escritores dominam 42,4% de toda a receita gerada pelos livros.

Infelizmente essa realidade é ignorada por parte dos leitores que, de forma contraditória, continuam pirateando PDFs de autores que dizem admirar. Para elucidar essa discrepância, uma associação francesa que representa escritores e ilustradores, lançou uma campanha que nos convida a pensar sobre o caso.

As imagens ilustram a situação econômica dos autores, mostrando o número de livros vendidos necessários para se conseguir comprar coisas básicas do nosso dia a dia.

Confira abaixo:

530 livros para comprar um óculos novo

530 livros para comprar um óculos novo

 

13 livros para comprar um livro de bolso

13 livros para comprar um livro de bolso

 

2.646 para comprar um notebook

2.646 para comprar um notebook

 

2 livros para comprar uma bisnaga

2 livros para comprar uma bisnaga

 

7 livros para comprar um pacote de café

7 livros para comprar um pacote de café

 

4 livros para uma caixa de paracetamol

4 livros para uma caixa de paracetamol

25 imagens que resumem a sua relação com os professores

0

Quando ele te faz uma pergunta porque pensa que você tá desatento e você acerta.

Rafael Capanema, no BuzzFeed

1. Quando ele te faz uma pergunta e você erra.

1

Via Twitter: @momentoselena

2. Quando ele faz pergunta pros melhores alunos.

Via Twitter: @victorac

Via Twitter: @victorac

3. Quando ele te faz uma pergunta porque pensa que você tá desatento e você acerta.

Via Twitter: @tiago_costa9

Via Twitter: @tiago_costa9

4. Quando ele te faz uma pergunta porque pensa que você tá desatento e você acerta. (2)

Via Twitter: @raafaelacvieira

Via Twitter: @raafaelacvieira

5. Quando ele te faz uma pergunta porque pensa que você tá desatento e você acerta. (3)

Via Twitter: @BatataReal

Via Twitter: @BatataReal

6. Quando ele manda sublinhar.

Via Twitter: @SamuelBeuran

Via Twitter: @SamuelBeuran

7. Quando ele passa filme na aula.

Via Twitter: @realjoaoverde

Via Twitter: @realjoaoverde

8. Quando ele falta…

Via Twitter: @gomeznoiada

Via Twitter: @gomeznoiada

9. …mas tem professor substituto.

Via Twitter: @opaparazzii

Via Twitter: @opaparazzii

10. Quando ele coloca conteúdo a mais na prova.

Via Twitter: @ejuniorls

Via Twitter: @ejuniorls

(mais…)

Go to Top