Cartas entre Freud e sua filha tem primeira publicação

A correspondência inédita que Sigmund Freud manteve com sua filha Anna veio à tona pela primeira vez com a publicação, na França, de cerca de 300 cartas enviadas entre 1904 e 1938, nas quais se evidencia que, além do laço familiar, havia um objetivo terapêutico.

Ler mais