Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged John Green

Taylor Swift em “Quem é Você, Alasca?”: John Green quer a intérprete de “Bad Blood” no filme!

0

Taylor Swift

Publicado no Purebreak

Após Shailene Woodley (“A Culpa é das Estrelas”) e Cara Delevingne (“Cidades de Papel”), a cantora pode ser a próxima mocinha do autor nas telonas.

Já imaginou a diva da Taylor Swift vivendo uma das protagonistas do autor John Green? Seria muita causação para um projeto só! Depois de ser citada para um papel em “X-Men: Apocalipse”, a gata já pode estar na mira de outra produção de Hollywood. Segundo o próprio escritor, a cantora seria super bem-vinda no elenco de “Quem é Você, Alasca?”, próxima adaptação de uma história sua para as telonas.

“Não é minha decisão definir o elenco. Eu gosto muito da Taylor Swift, sou um grande fã”, declarou durante sua participação no programa “Access Hollywood”. Green, que só conversou com a artista em uma teleconferência, por intermédio de Cara Delevingne, ainda fez questão de elogiar a namorada de Calvin Harris. “Felizmente, ela é a pessoa incrível que eu esperava. Aprecio o apoio que ela deu aos meus livros. Adoraria conhecê-la”, acrescenta.

Após os sucessos “A Culpa é das Estrelas”, protagonizado por Shailene Woodley, e “Cidades de Papel”, com Cara e Nat Wolff, a bola da vez é o livro “Quem é Você, Alasca?”. O drama vai ser dirigido por Rebecca Thomas e ainda não tem data de lançamento definido. Se a galera já tava ansiosa antes de saber que a Taylor pode dar as caras no filme, quem dirá agora!

83100--quem-e-voce-alasca-vai-ser-a-620x0-3

Foi criado o “Dia do John Green”!

0

105254

Autor de Cidades de Papel recebeu a grande honra na sua cidade natal.

Publicado no Adoro Cinema

John Green já ganhou o carinho do público literário e cinematográfico, especialmente após o lançamento de A Culpa das Estrelas nas telonas em 2014 e Cidades de Papel agora em 2015, tendo vindo ao Brasil divulgar o longa.

Green tocou tantas pessoas com suas histórias – e se mostrou tão atencioso com os fãs, autografando centenas de livros durante a pré-estreia no Rio de Janeiro – que, durante a turnê de divulgação do mais novo filme baseado em um livro seu, recebeu uma grande honra: um dia só para ele!

Isso mesmo! Em Indianápolis, nos Estados Unidos, cidade natal de Green e local onde ele escreveu Cidades de Papel, o dia 14 de julho foi proclamado como o Dia de John Green (John Green Day, originalmente).

O prefeito Greg Ballard fez o anúncio no evento Get Lost, Get Found Tour (Turnê Perca-se, Encontre-se, em tradução livre), que aconteceu ontem em Indianápolis para a divulgação do filme. O autor fez uma publicação em seu Instagram agradecendo pelo seu “dia especial”.

Cidades de Papel está em cartaz e foi visto por 556 mil espectadores no Brasil no seu fim de semana de estreia.

Top Ten Tuesday: Dez livros famosos que eu nunca li

0

Lany, no Por essas páginas

toptentuesday-300x166[1]

O Top Ten Tuesday dessa semana é bem simples: Dez livros famosos que eu nunca li. Mas quando eu fui sentar para escrevê-lo eu percebi que… Não, ele não é tão simples assim. É bem mais fácil falarmos do que nós já lemos do que nunca fomos atrás! Enfim, eu não só citei livros, mas também autores que eu nunca li (porque não achei justo escolher só um livro deles). Além disso, eu tentei escolher autores que eu não tivesse lido nenhuma obra (só teve uma exceção a essa regra).

Lembrando que o Top Ten Tuesday é um meme semanal criado pelo The Broke and the Bookish!

John-Green1. Todos os livros do John Green, com exceção de “A culpa é das estrelas” [Resenhas] Por favor, não me taquem pedras, mas eu não gosto tanto assim dos livros do John Green. Comecei a ler Looking for Alaska – e nunca consegui terminar. Então fui para “A culpa é das estrelas” e adorei, mas certamente não tanto quanto todo mundo. Por isso, não me animei em ler os outros livros do autor. Mas quem sabe um dia, quando a minha lista estiver bem menor?

2. Livros da Sylvia Day – Muito foi falado sobre a Sylvia Day na última Bienal do Livro no Rio de Janeiro, já que ela participou do evento, e pelo tamanho da fila ela é muito famosa. Mas eu sempre fico com um pé atrás quando penso em ler algo dela…

Capa-Métrica3. Série Métrica, Collen Hoover – Com a vinda da autora a Bienal, ela está em bastante alta no momento. Muitas pessoas gostaram dessa série, e eu agora estou pensando seriamente em dar uma chance.

4. Série Guerra dos Tronos – Esse é um caso bem peculiar, porque eu cheguei a comprar os primeiros livros da série, e depois desisti de ler. O motivo? Algumas pessoas estavam reclamando bastante dos últimos livros. E para começar a ler uma série imensa e depois acabar me decepcionando… Achei melhor nem começar.

John-boyne5. Livros do John Boyne [Resenhas] Eu nunca li um livro do John Boyne, mas nem é porque eu não queria, mas por falta de tempo mesmo. A Karen fala tão bem dele que eu sei que tenho que conhecer o autor. “O menino do pijama listrado” está há séculos na minha estante – mas eu sempre coloco outro livro na frente.

6. Mentirosos, E. Lockhart [Resenha] Quando esse livro foi lançando, foi um BOOM enorme. Eu já até comprei o livro, mas não tive tempo de ler.

stephen king7. Livros do Stephen King [Resenhas]Como eu já disse muitas vezes aqui, eu sou muito medrosa para ler livros de terror. Mas isso não significa que eu não vou dar uma chance para o Stephen King. Sim, eu vou ler, já até comprei “À Espera de um Milagre”, porém esse é mais um caso de um livro que está eternamente na minha estante.

8. Livros do Paulo Coelho – Ninguém pode negar que Paulo Coelho é famoso e inclusive diversos dos seus livros já foram até traduzidos, mas… Não, obrigada.

Belo-desastre9. Série Belo Desastre, Jamie McGuire – Depois dessa resenha da Karen, eu preciso mesmo comentar o motivo de nunca ter lido essa série? E estou passando longe dela!

10. Livros do Neil Gaiman [Resenhas] – Pois é, estou descobrindo com essa lista que a minha pilha de livros para ler está de um tamanho assustador. Sim, eu tenho livros do Neil Gaiman. Não, eu ainda não li nada dele!
 
 
 
 

Filme Cidades de Papel, de John Green, estreia hoje nos cinemas

0
Nat Wolff e a ex-modelo Cara Delevingne estreiam como protagonistas no cinema em Cidades de Papel, onde interpretam Quentin e Margo

Nat Wolff e a ex-modelo Cara Delevingne estreiam como protagonistas no cinema em Cidades de Papel, onde interpretam Quentin e Margo

Segundo filme da obra de John Green, filme busca refazer os passos do sucesso A Culpa é das Estrelas

André Bloc, em O Povo Online

Aos 37 anos, o escritor norte-americano John Green tem seis romances publicados, todos entre 2005 e 2014. Ano passado, pela primeira vez, uma das obras chegava ao cinema: A Culpa é das Estrelas, de Josh Boone. O retorno foi imediato e o longa lucrou 25 vezes mais do que seu orçamento de produção. Partindo desse sucesso, o cronograma cinematográfico de Green está engarrafado, com um total de três longas programados para lançamento até o final de 2016. A primeira parada dessa lista é hoje, data de estreia de Cidades de Papel no mundo todo.

John Green é hoje o principal autor da chamada “literatura de ficção para jovens adultos”, categoria na qual todos os seus seis romances se enquadram. A estudante de Odontologia Ana Maria Jucá, 17, se encaixa bem nesta faixa etária. “Estou ansiosa desde o momento em que li a última linha do livro! Minha curiosidade maior é saber se a Margo vai ser tão incrível quanto a do livro”, elege a fã.

Cidades de Papel segue Quentin (Nat Wolff), um rapaz de 17 anos que acredita que sua vida vai mudar após uma amiga de infância, e paixão atual, convocá-lo para uma “missão de vingança”. Mas as certezas de Quentin somem, assim como sua amada Margo (Cara Delevingne).

Grande parte da expectativa em torno da obra é fruto do sucesso de A Culpa é das Estrelas, que arrecadou US$ 307 milhões nos cinema em 2014. Mas se o antecessor chamava a atenção pelo clima melancólico, John Green garante uma visão mais positiva para a nova obra. “Agora foi completamente diferente. Cidade de Papel tem momentos tristes, mas também partes românticas e engraçadas”, comparou o autor, em entrevista à Forbes. Em 2016, os romances Quem é Você, Alasca? (2005) e Deixe a Neve Cair (2008) devem chegar aos cinemas.

As primeiras resenhas sobre o novo filme vêm confirmando a visão positiva de Green, que garante que algumas mudanças para o cinema até melhoram sua obra. “Pode até não subverter todos os clichês do gênero ‘romance de Ensino Médio’, mas a dramédia adolescente de Jake Schreier pulsa em momentos tanto tocantes quanto melancólicos”, escreveu o crítico Justin Chang, do semanário de cinema norte-americano Variety.

Visita ao Brasil
No início do mês, Green esteve no Brasil para uma pré-estreia do filme no Rio de Janeiro. Após poucos dias por aqui, ele usou o Twitter para mostrar sua gratidão à recepção. “Maluca, bonita première do filme Cidades de Papel no Brasil. Obrigado a todos. Eu nunca experimentei nada como isso”, derreteu-se, em uma das mensagens, o autor que chegou a gravar participação na novela teen Malhação, da Rede Globo.

A visita de John Green e Nat Wolff ao Brasil despertou ainda mais a ansiedade de Vivienne Bezerra, 16. A estudante de Mecânica Industrial, que lembra ter lido Cidades de Papel em apenas um dia, defende que o autor norte-americano tem a rara capacidade de se conectar com o público. “Todos os livros que eu li dele, eu me identifiquei. Chorei com todos, sem exceção. De A Culpa é das Estrelas e Quem é Você, Alasca? não consigo nem falar que as lágrimas já aparecem”, confidencia.

Além dos livros, o autor comanda, ao lado de seu irmão Hank, o canal do Youtube Crash Course, no qual dá aulas de história mundial e literatura americana. “A forma descontraída, tanto nos livros quanto nas aulas online é o que mais me atrai no trabalho dele. Ele transforma coisas sérias em algo leve e ao alcance do público jovem”, diz Ana Maria.

John Green, autor de A Culpa é das Estrelas e Cidades de Papel, vem ao Brasil e envia recado para fãs

0

Rosa Felix, no Cinema10

John Green, autor dos livros que inspirou o sucesso A Culpa é das Estrelas e o aguardado Cidades de Papel, gravou um vídeo especialmente para os fãs brasileiros e afirmou que deseja conhecer todos em sua visita ao Brasil em julho. Isto mesmo! Ele virá divulgar o novo trabalho ao lado de Nat Wolff, protagonista do longa.

No vídeo ele ainda agradece o imenso carinho dos brasileiros: “Sou muito grato a todos do Brasil que foram tão receptivos com aquele filme [A Culpa é das Estrelas] e espero que gostem deste [Cidades de Papel] tanto quanto eu”. Confira:

Em Cidades de Papel, os adolescentes Quentin e Margo (Cara Delevingne) terão uma noite repleta de aventuras. Mas, na manhã seguinte, ela desaparece deixando várias pistas. Agora, Quentin terá que juntar tudo e encontrá-la. Juntar tudo e encontrar o verdadeiro sentido das palavras amor e amizade. A direção é de Jake Schreier.

O elenco ainda conta com Caitlin Carver, Halston Sage, Austin Abrams, Griffin Freeman, Hannah Alligood, Jaz Sinclair, Jim R. Coleman, Josiah Cerio, Justice Smith, Kendall McIntyre, Madeleine Murden, Meg Crosbie e Tom Hillmann.

Cidades de Papel chega aos cinemas nacionais em 23 de julho de 2015. Aproveite e assista ao trailer legendado:

Go to Top