Escola E3

Posts tagged Lira

 

Eterno dilema de quem ama livros

1

1

Márcia Lira, no – 1 na estante

Um fluxograma simples, mas que retrata bem os dilemas de todo dia de quem ama livros. Você está precisando de um livro? Não. Você deve estar errado, compre um novo livro. Ou se a resposta for “sim”, compre um novo livro. Essa vontade louca que dá de sair comprando tudo que você quer ler um dia na vida. E em vez de usar esse tempo para ler, você vai gastando na demora em escolher o que quer, e a estante lotada de livros pedindo #menos1naestante.

Tudo é tentador. Você vai no shopping, tem aquela livraria. Anda na rua, passa por um sebo. Recebe um e-mail com “todos os livros do site com 10% de desconto” e fica se debatendo. Estou numa fase bem controlada, só não tenho conseguido resistir muito quando recebo e-mail da Amazon com promoções de e-books por R$ 9,90. Um clique, e está lá no Kindle <3

Se eu tivesse feito esse fluxograma, acrescentaria outras opções para solucionar o problema: pegue um livro emprestado (e devolva), faça uma troca temporária com um amigo, alugue um livro, vá na biblioteca. O importante é ler.

 

Títulos de livros de auto-ajuda contêm arte

0

1

Márcia Lira, no – 1 na estante

Tem quem junte os livros e pinte, tem quem monte cenários com eles, tem quem use as capas para fazer bolsas e os artistas que fazem até bancos e cadeiras. A arte a partir de livros físicos é um mundo à parte da leitura. Inclusive, muitas dessas criações são bem questionáveis (apesar de visualmente impressionantes) porque simplesmente acabam com a função primordial de um livro, que a de é ser lido.

Nesta série fotográfica de Kent Rogowski, a matéria-prima são os títulos dos livros, especialmente os de auto-ajuda. Uma narrativa é construída a partir da colagem de títulos. O resultado é interessantíssimo, e o melhor, não deixa os livros inutilizáveis.

1

2

3

 

Joel Robinson e os livros gigantes

1

1

Márcia Lira, no – 1 na estante

O trabalho do fotógrafo Joel Robinson é muito interessante e por isso mesmo não é a primeira vez que ele aparece aqui. Inclusive é frequente encontrar séries fotográficas dele envolvendo livros. Dessa vez, Robinson imaginou um mundo onde somos pequeninos diante da imponência dos livros e máquinas de escrever gigantes.

1

1

1

Vi aqui.

 

Como a gente se sente #1

1

Márcia Lira, no – 1 na estante

Como uma boa fã de gifs animados e do genial tumblr Como eu me sinto quando, decidi abrir uma seção no blog pra gente fazer um post semanal inspirado nessa vibe. Digo a gente, porque realmente só vai dar certo se vocês gostarem e me ajudarem. É só lembrar das situações que vivemos envolvendo livros e encontrar gifs animados que as retratem com bom humor.

Sexta-feira, convoquei os fãs do Facebook do blog e contei com a participação de Paula Alvarez, Maria Eduarda e Luciana Brito. Foi beeeem divertido. Obrigada, meninas! Vejam o resultado.

Quando o personagem principal do livro morre:

1

Quando dou de cara com o dono daquele livro que eu não devolvi há 5 anos:

1

Quando descubro que o livro que quero entrou numa super promoção:

1

Quando sem querer estrago a capa de um livro que peguei emprestado:

1

O que dá vontade de fazer com quem devolve livro estragado:

1

Quando o livro não acaba como eu imaginei que acabaria:

1

Quando o carteiro entrega aquele livro tão esperado:

1

Vejo um filme e percebo que mudaram quase tudo do que está no livro:

1

 

Estante humana

0

1

Márcia Lira, no – 1 na estante

A foto é do espanhol David Blazquez, e faz parte de uma série que explorou a ideia de mobiliário urbano num ensaio fotográfico inusitado. Estante, mesa de jantar, sofá, tudo construído com os corpos e o equilíbrio dos modelos. Vi no Catraca Livre, que tem mais fotos da série.

Go to Top