Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Livro Infantil

Saraiva espalha histórias de amor pelas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro

0

4ca2ccc895314c6eb1cee13e644add57_L

Ação faz parte do #LerFazBem, plataforma de incentivo à leitura da rede, em comemoração ao Dia Dos Namorados

Marina Shimamoto, no Investimentos e Notícias

Saraiva promove ação especial em comemoração ao Dia dos Namorados. Como parte da campanha de Dia dos Namorados, a rede vai espalhar pelos Ninhos de Livros – pequenas bibliotecas colaborativas –, nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, diversas obras que abordam o universo romântico e autores do gênero. Com a ação, os leitores poderão retirar gratuitamente títulos para leitura e deixar também um livro para outra pessoa e, assim, continuar esse ciclo de trocas.

Nos mais de 40 ninhos espalhados pelas capitais paulista e carioca, o público poderá escolher diferentes títulos para conhecer e se emocionar. Entre os livros que podem ser encontrados nos ninhos estão: A história de nós dois, Você entendeu tudo errado, Geek Love: O manual do amor nerd, Ligeiramente casados, entre outros. A ação conta com a parceria das editoras Gente, Arqueiro e Planeta.

Além disso, a campanha de Dia Dos Namorados da Saraiva conta com diversas iniciativas nas redes sociais e no site de e-commerce voltadas para os casais que querem presentear seus parceiros. Com o selo #LivroDePresente, reforça o conceito do livro como o melhor presente para despertar sentimentos e emoções. Durante a campanha, itens de diversas categorias, como livros, filmes e música, papelaria, games e acessórios estarão em promoção. Alguns produtos chegam a ter até 50% de desconto, como é o caso dos filmes e séries. Já na categoria de livros os descontos vão até 30%. A relação de itens e muito mais, pode ser encontrada tanto nas mais de cem lojas da rede em 17 estados brasileiros e no Distrito Federal quanto no hotsite.

Projeto Ninho de Livro
Projeto nascido no Rio de Janeiro, por meio da agência de benfeitorias Satrápia, os ninhos de livros integram o #LerFazBem, plataforma de incentivo à leitura da rede, levando cultura para toda a cidade. Não é a primeira vez que a Saraiva promove uma ação semelhante. No Dia Internacional da Mulher, a rede espalhou pelas capitais paulistana e fluminense obras sobre mulheres inspiradoras e/ou escritas por autoras renomadas. No Dia Nacional do Livro Infantil, obras de literatura infantil e em comemoração ao Dia do Orgulho Nerd, foram diversos títulos relacionados ao universo geek. Quer saber mais e onde encontrar o ninho mais próximo? Acesse aqui.

Homem mata vendedor de livros para roubar 1.ª edição de famosa obra infantil

0

Vítima foi encontrada um dia depois.

Vítima foi encontrada um dia depois.

Andrea Pinto, no Noticias ao Minuto

Michael Danaher foi condenado a prisão perpétua por ter esfaqueado, até à morte, um vendedor de livros, para lhe roubar a primeira edição do livro infantil ‘Wind in the willows’.

O suspeito, de 50 anos, terá esfaqueado mais de 30 vezes Adrian Greewood na garganta e no peito para lhe roubar um livro com 180 anos e cujo valor atinge os 56 mil euros.

A polícia encontrou a arma do crime e umas botas ensanguentadas na casa de Michael. Posteriormente, este havia colocado o livro à venda no eBay.

O suspeito teria uma dívida no valor de 14.500 euros e continha no seu computador um documento com vários figuras que poderiam ser alvo de assaltos, refere o Metro UK.

Mestre do horror, Stephen King vai lançar primeiro livro infantil

0

stephens-696x392

Caio Coletti, no Observatório do Cinema

Stephen King é o autor de clássicos do terror, suspense e fantasia. Livros como O Iluminado, O Cemitério Maldito, A Torre Negra, Jogo Perigoso e Carrie – A Estranha, que também fizeram ou vão fazer sucesso nos cinemas e na TV.

No entanto, o novo projeto do escritor é um pouco curioso: Charlie the Choo-Choo é o primeiro livro infantil assinado por King sob o pseudônimo Beryl Evans. Evans, não por acaso, é um personagem na saga A Torre Negra.

A história de Charlie the Choo-Choo segue o Engenheiro Bob, que tem um segredo: a locomotiva em que trabalha está viva, fala constantemente com ele, e é sua melhor amiga. Segundo King, é uma história sobre “amor, amizade e trabalho duro”.

O livro chegará às prateleiras americanas no dia 22 de novembro.

Inspirada por mudança do pai, escritora cria livro infantil de ursinho transgênero

0

eeee

Publicado em UOL

Certo dia, o ursinho Thomas confessa ao seu melhor amigo que não quer mais brincar porque está triste. Ele sempre soube que no fundo é uma ursinha que gostaria de ser chamada de Tilly.

O amiguinho Errol fica aliviado, porque “está tudo bem” e lhe promete amizade eterna.

Assim começa Introducing Teddy – Apresentando Teddy, em tradução literal -, o livro infantil que a australiana Jessica Walton está perto de financiar através do site Kickstarter.com.

A obra foi inspirada na história do pai de Walton, que há alguns anos assumiu que, por dentro, sempre se sentiu mulher.

Durante a transformação do pai, Walton – que é casada com uma mulher – teve um filho. Para ele, Errol, o pai de Walton é, desde sempre, a avó Tina.

“Em muitos aspectos, a minha família é das mais normais e desinteressantes. A minha companheira e eu somos gays, o meu pai é transgênero – mas nós vivemos o dia a dia como todo mundo. Podemos até parecer estranhos para quem nunca foi exposto a coisas assim, mas estamos apenas tentando ser felizes e vivendo as nossas vidas”, afirmou Walton à BBC.

Ilustrador

A australiana diz que a transição do pai também lhe chamou atenção para o fato de que não existem livros infantis com personagens transgênero.

“Quando o meu filho nasceu, a minha companheira e eu procuramos por todos os cantos livros com pais gays, para que o nosso garoto pudesse crescer lendo livros que refletem a sua vida e a sua família. Achamos alguns excelentes livros com personagens que são pais gays”, diz Walton no Kickstarter. “No entanto, a única coisa que ainda está faltando na estante do Errol é um livro ilustrado com personagens transgênero e de gênero fluidos.”

Para ilustrar a obra, Walton convenceu o artista Dougal MacPherson, criador dos “desenhos de 15 minutos”.

Até o momento, as ofertas já ultrapassaram o valor mínimo, mesmo faltando 20 dias para a conclusão do leilão de crowdfunding.

A funcionária pública australiana, que já foi professora, levantou quase 16 mil dólares australianos (mais de R$ 40 mil) no site até agora.

Para Walton, a publicação do livro, até dezembro, deve marcar o início de uma série de histórias sobre minorias.

Ela própria, além de homossexual, é também amputada – ela perdeu uma perna em consequência de uma doença na infância.

“Gostaria de continuar escrevendo livros com personagens diversos e famílias. Acho que existe uma necessidade de mais livros ilustrados com personagens transgêneros, gêneros fluidos, gays, lésbicas e bissexuais”, escreveu Walton.

A tiragem inicial deve sair com 400 livros. Se todos forem vendidos, a escritora já planeja uma segunda edição.

Para quem está curioso sobre o fim do livro, Tilly e Errol aparecem fazendo as mesmas brincadeiras que sempre fizeram. Mas a agora ursinha está feliz.

“O Pequeno príncipe” é o livro infantil mais vendido do Brasil

0

o-pequeno-principe-1-20152207

Jonatan Silva, no Contracapa

Enquanto se consolida com o livro infantil mais vendido do Brasil há meio século, O Pequeno príncipe ganha cinco novas edições. A primeira, lançada pela Zahar, está programada para chegar às livrarias em agosto. A Companhia das Letras também anunciou a sua edição do livro de Antoine de Saint-Exupéry. Os gaúchos da L&PM programam uma tradução ainda para este ano. A tradutora Denise Bottmann é responsável pela edição nacional da Novo Século e a Geração também terá o seu quinhão do mercado recém aberto. Até cair em domínio público, em 2015, somente a Agir tinha os direitos de publicação.

Somente no ano passado, de acordo com a Nielsen, foram mais de 140 mil exemplares comercializados, o que deixo o livro no 8° lugar geral de vendas – e primeiro lugar entre os livros infanto-juvenis. Os dados do site Publisnews afirmam que, até meados de julho de 2015, O Pequeno príncipe vendeu82.008 livros – somente pela editora Agir.

Apesar de a concorrência ficar mais acirrada, as casas editoriais terão um impulso a mais: no dia 20 de agosto estreia nos cinemas uma animação inspirada no livro de Saint-Exupéry.

Ao redor do mundo

No total, o livro já foi traduzido para mais de 250 idiomas e vendeu mais de 150 milhões de cópias em todo o globo. Entre as edições mais interessantes já lançadas estão uma adaptação feita pela Agir com as aquarelas em pop-up.Em Portugal a edição lançada pela Porto Editora possuiu prefácio do escritor Valter Hugo Mãe.

James Dean

O ator norte-americano James Dean era um leitor fervoroso de O Pequeno príncipe e o considerava como seu livro predileto. Em homenagem ao astro do cinema, o cantor inglês Morrissey aparece lendo o livro no clipe de “Suedehead”. (O vídeo é inspirado na vida do ator).

Go to Top