Posts tagged livros gigantes

3 Livros de Stephen King para quem quer fugir do óbvio

0

Flavia Viana, no Mundo Hype

Certa vez ouvi dizer que Stephen King é novela escrita e isso não é mentira, também não é crítica. Ele é um escrito que divide opiniões, mas não há como negar: suas histórias marcaram a literatura e trouxeram novos rumos para o cinema e para a TV também, mesmo com as produções abaixo da média.

O histórico de adaptações de livros do Stephen King não é daqueles repleto de sucessos. Alguns deram certo e outros foram um fracasso completo, bem como na TV. A questão é: é tão difícil adaptar Stephen King? Sua escrita descritiva demais, detalhada demais e às vezes até prolixa, enfadonha muitos dos leitores e, em contra partida, apaixona outra parcela de leitores aficionados pelos universos complexos e cheios de detalhes de Stephen King. Talvez essa minúcia de King atrapalhe a maioria dos roteiristas. Alguns de seus livros adaptados se tornaram clássicos (O Iluminado, Conta Comigo, It, A Espera de Um Milagre e Um Sonho de Liberdade) e o mérito vai para os diretores que arriscaram mudar as narrativas e alterar os padrões de King em suas histórias. O mesmo vale para a TV, algumas tentativas de adaptação foram feitas, mas sem muito sucesso, tais como Under The Dome e The Mist, só para começar.

Agora vamos ao que interessa: Stephen King só escreve suspense, terror, sobrenatural e em livros gigantes? Vez ou outra ele escreve alguma coisa mais leve ou até mesmo com o seu lugar comum no suspense e sobrenatural, mas sem aquela carga pesada como IT por exemplo.

Então se você quer ler livros dele que se distanciam disso ou nem tanto, aqui vão 3 livros dele para você. Os 3 livros a seguir são curtos, dá pra ler rápido e se aprofundar bem nas histórias.

1 – Joyland

O universitário Devin Jones começa um trabalho temporário no parque Joyland, esperando esquecer a namorada que partiu seu coração. Mas é outra garota que acaba mudando seu mundo para sempre: a vítima de um serial killer. Linda Grey foi morta no parque há anos, e diz a lenda que seu espírito ainda assombra o trem fantasma. Dev conta com a ajuda de Mike, um menino com um dom especial e uma doença grave. O destino de uma criança e a realidade sombria da vida vêm à tona neste eletrizante mistério sobre amar e perder, sobre crescer, envelhecer e sobre aqueles que sequer tiveram a chance de passar por essas experiências porque a morte lhes chegou cedo demais. *Sinopse retiradas do Skoob.

2 – As Quatro Estações

Uma coletânea de contos divida nas estações do ano. Em “Primavera eterna – Rita Hayworth e a redenção de Shawshank”, o escritor toma a injusta condenação de um homem à prisão perpétua como ponto de partida para falar sobre o desejo de liberdade. A adaptação para as telas do cinema – com atuações de Tim Robbins e Morgan Freeman – fez grande sucesso sob o título Um sonho de liberdade. Já a perda da inocência é retratada por King em “Verão da corrupção – Aluno inteligente”, que descreve a estranha relação entre um velho torturador nazista e um rapaz de apenas 13 anos de idade fascinado pelo terror do III Reich. A novela chegou às grandes telas como O aprendiz. Na trama seguinte, “Outono da inocência – O corpo”, o autor dá novos contornos ao tema do rito de passagem da juventude para a maturidade, utilizando-se das reações de um grupo de adolescentes confrontados com a morte ao se verem diante de um cadáver. (Desse livro temos 2 filmes: Sonho de Liberdade e Conta Comigo). *Sinopse retiradas do Skoob.

3 – A Hora do Vampiro (Salem)

Ambientado na cidadezinha de Jerusalem’s Lot, na Nova Inglaterra, o romance conta a história de três forasteiros. Ben Mears, um escritor que viveu alguns anos na cidade quando criança e está disposto a acertar contas com o próprio passado; Mark Petrie, um menino obcecado por monstros e filmes de terror; e o Senhor Barlow, uma figura misteriosa que decide abrir uma loja na cidade. Após a chegada desses forasteiros, fatos inexplicáveis vêm perturbar a rotina provinciana de Jerusalem’s Lot: uma criança é encontrada morta; habitantes começam a desaparecer sem deixar vestígios ou sucumbem a uma estranha doença. A morte passa a envolver a pequena cidade com seu toque maléfico e Ben e Mark são obrigados a escolher o único caminho que resta aos sobreviventes da praga: fugir. Mas isso não será tão simples, os destinos de Ben, Mark, Barlow e Jerusalem’s Lot estão agora para sempre interligados. E é chegada a hora do inevitável acerto de contas. (Existem dois filmes que adaptam essa história: A Mansão Marsten de 1979 e outro filme de 2004). *Sinopse retiradas do Skoob.

Com esses livros você conhece várias facetas de Stephen King em livros curtos, como sempre bem escritos e mesmo com suas cargas dramáticas; divertidos.

Universitários fazem exposição de livros gigantes em Vitória

0
Livros gigantes são recriados por estudantes de pedagogia (Foto: Carlos Alberto Silva/ A Gazeta)

Livros gigantes são recriados por estudantes de pedagogia (Foto: Carlos Alberto Silva/ A Gazeta)

 

Alunos recriaram clássicos da literatura infantil, como a ‘Bela e a Fera’.
Exemplares atingem 1,60m de altura e têm 1,15m de largura.

Tatiana Moura, no G1

Alunos do curso de pedagogia de uma faculdade particular de Vitória realizam, nesta sexta-feira (6), uma exposição de livros clássicos da literatura infantil, entre eles ‘A Bela e a Fera’ e ‘Rapunzel’. O curioso da história é que os exemplares atingem 1,60m de altura e têm 1,15m de largura.

A atividade é parte da disciplina Fundamentos Teóricos e Metodológicos da Alfabetização, e integra o projeto de exposição e contação de histórias idealizado e coordenado pela professora Lilian Menenguci.

Ao todo, a exposição vai contar com dez livros, que foram confeccionados ao longo de três meses. Foram usadas as mais variadas técnicas e materiais, entre eles PVC, cartão paraná, adesivação e relevo.

As turmas foram divididas em grupos e cada uma escolheu uma obra da literatura infantil. A estudante do 3° período Adriana Duarte da Silva, de 31 anos, reproduziu o clássico ‘O Patinho Feio’, junto às amigas Adriana Alves, Alice Ellen Rozário, Andréa Santana, Juliene Patrocínio.

“Foi uma missão quase impossível, porque ninguém imaginava um livro desse tamanho. Quebramos a cabeça e, no final, nos fascinamos com o resultado”, contou Adriana.

Ela afirma que um dos principais aprendizados que teve durante a realização do trabalho foi a capacidade de trabalhar em grupo. “E respeitar as opiniões diferentes das minhas, cada uma tinha um ponto de vista e, às vezes, era difícil entrarmos em consenso”, lembrou.

A aluna do 2º período Janisse Siman afirma que recebeu a missão de construir o livro gigante como um desafio. “Especialmente pela aprendizagem que ele significará no exercício de nossa futura profissão. É uma atividade que está nos dando a oportunidade de enriquecer nossos conhecimentos e, além disso, encher de magia o espaço educacional”, falou.

Leitura
Lilian acredita que a exposição incentiva não só a leitura, como a escrita. “Inclusive no próprio processo de formação dos alunos, porque daqui a pouco eles serão professores também, e a leitura e a escrita são os instrumentos de trabalho do professor”, destacou.

Os alunos do CMEI Jacyntha Ferreira Simões, em Goiabeiras, serão os convidados da exposição.
Na faculdade a mostra só permanece nesta sexta, mas ela vai ter continuidade na programação da 3ª Feira Literária Capixaba, de 12 a 15 de maio, com entrada franca.

Go to Top