Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Lua

Os ensinamentos de Rubem Alves

0
MARCO BARBOSA/ESTADAO CONTEUDO

MARCO BARBOSA/ESTADAO CONTEUDO

João Batista Araujo e Oliveira, no Brasil Post

Rubem Alves: qual deles? O teólogo? O professor? O intelectual? O poeta? O autor de livros infantis? O ativista político?

Tudo isso e muito mais, reunido num só testemunho de vida. Vai-se o homem, ficam suas obras e, sobretudo, o exemplo de como o intelectual age na sociedade. Sua integridade reluz na capacidade que ele sempre teve de pensar ao mesmo tempo com a cabeça e com o sentimento, sem trair nenhum dos dois.

A título de homenagem, seguem ideias esparsas colhidas no capítulo sobre educação de seu livro Ostra feliz não faz pérola. Comecemos pelo título: pérolas resultam da reação da ostra ao grão de areia que a faz sofrer. Ostra feliz, Rubem Alves produziu várias pérolas. Eis algumas delas:

“A vida se faz com uma infinidade de erros.”

“Há dois tipos de ideias, as ideias inertes e as ideias com poder gravitacional… As ideias com poder gravitacional são aquelas que têm o poder de chamar outras. São sóis do sistema solar que é a nossa mente.”

“Não se deve criar o hábito de leitura… O que há de se fazer é ensinar as crianças a amar os livros.”

“Se eu pudesse mexer nos currículos da educação dedicaria metade do tempo à literatura.”

“Tive professores inesquecíveis. Alguns são inesquecíveis pela beleza de sua pessoa, por sua inteligência, pelo respeito aos alunos. Esses me fazem sorrir. Outros se tornaram inesquecíveis por sua pequenez e tolice. Esses me fazem rir.”

“O que dá às crianças o direito de aprender? Primeiro, é a curiosidade. As crianças acham as coisas do mundo muito interessantes e querem saber por que elas são do jeito que são. Pra que serve isso? Pra nada. Apenas pelo prazer: matar a curiosidade…”

“A compreensão exige um antecedente de experiência. Isso vale para a jardinagem, para a beleza da música, para iniciar a criança na arte da leitura… mas … é preciso, antes de mais nada, desconfiar de nosso estoque de experiências, colocar as nossas certezas de lado.”

Para encerrar:

“O dedo aponta para a Lua, mas ai daquele que confunde o dedo com a Lua.”

Rubem Alves se foi. Foi-se o dedo, fica a Lua e o exemplo do homem que amava ipês amarelos.

Sasha Grey: a ex-estrela pornô lança o seu primeiro romance

0

Entrou em mais de 200 filmes para adultos, mas nos últimos anos deu um novo rumo à sua carreira. Agora estreia-se na literatura.

1

Publicado por Público

Entrou em mais de 200 filmes para adultos, mas nos últimos anos a americana Sasha Grey, 25 anos, tem dado um novo rumo ao seu percurso.

Primeiro foi a protagonista do filme The Girlfriend Experience de Steven Soderbergh, tendo depois participado em vários projectos no universo da arte contemporânea (por exemplo, o artista plástico Julião Sarmento criou retratos dela) e lançou-se também na música com o projecto aTelecine, para além de actuar regularmente na condição de DJ pelo mundo. Faltava a literatura.

Dizemos faltava, porque acaba de lançar o seu primeiro romance, The Juliette Society, à volta de uma mulher que entra para um clube secreto, explorando os universos do sadomasoquismo. Trata-se de uma novela erótica que está a gerar enorme expectativa. Em Inglaterra diz-se mesmo que o seu livro se poderá tornar no sucessor do enorme sucesso de Cinquenta Sombras de Grey de EL James (Lua de Papel) , o livro em torno do sexo que se tornou num êxito o ano passado, vendendo pelo mundo cerca de 40 milhões de cópias.

O livro vai ter edição em mais de 40 territórios e, ao que parece, Hollywood já mostrou interesse em passar a história para o ecrã. Sasha Grey retirou-se da indústria porno há quatro anos. Agora escreve sobre Catherine, uma jovem estudante de cinema, que entra para um clube de sexo secreto. À imprensa tem dito que tentou criar qualquer coisa de muito diferente. “A maior parte das novelas desde género existem num mundo híper-fantasista, na linha das comédias românticas. Eu quis criar qualquer coisa que as pessoas pudessem sentir que lhes poderia acontecer também a elas. O meu personagem não anda à procura do par ideal.”

No livro, sexo e violência, andam a par, o que tem gerado algumas críticas junto das poucas pessoas que já leram a obra. Mas ela defende-se: “algumas coisas podem ser vistas como ofensivas por algumas pessoas, mas é preciso entender que existe uma larga comunidade de pessoas à volta do mundo que se sente ostracizada pelas suas manias sexuais e é necessário falar disso de uma forma totalmente aberta”, justificou.

Nívea Stelmann lançará livro para ajudar mulheres a detectarem homens problemáticos

0

Publicação terá o nome sugestivo de ‘Dedo Podre’

Publicado no Tribuna Hoje

Nívea Stelmann vai lançar um livro cem parceria om a escritora Lua Veiga.

A publicação tem o sugestivo nome de “Dedo Podre” e não é necessariamente sobre a vida da atriz.

Vai ser uma espécie de guia para ajudar as mulheres a detectarem os homens problemáticos. As informações foram divulgadas pelo colunista Léo Dias, do jornal “O Dia”, desta quinta-feira (20).

A atriz confirmou a novidade em seu Twitter nesta manhã.

“O livro meu e da Lua Veiga é inspirado em fatos reais. Não citaremos nomes e não serão abordados fatos que todo mundo já conhece. Portanto não será preciso que ninguém lembre do meu passado. Não é um livro pra falar de câncer. Ao contrário. É um livro divertido, que fala da vida, de coisas cotidianas que todos já viveram. Homens e mulheres já tiveram ‘dedo podre'”, afirmou Nívea.

 

Go to Top