Laura Coelho de Almeida, no Feededigno

Julho está quase chegando ao fim e com ele as férias. Você aí quer curtir os últimos dias livres lendo algum livro antes de voltar a rotina e não sabe como? A gente te ajuda! Que tal ler alguns livros maravilhosos e que podem ser lidos em um dia?

Confira abaixo a lista de livros com suas respectivas “mini resenhas”:

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista (Jennifer E. Smith)

O livro em si já se passa em 24 horas e por mais que ele tenha 223 páginas a leitura flui muito rápido.

A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista vai contar a história de Hadley, uma menina que está indo para Londres para o casamento do pai, porém ela acaba perdendo o voo e fica presa no aeroporto. Lá, ela conhece o Oliver, um britânico que estuda nos Estados Unidos e que também está indo para Londres. Os dois acabam se conhecendo e conversando sobre tudo.

Por mais que o foco seja o romance entre os protagonistas, a relação de Hadley com o pai também recebe bastante destaque, bem como a história do motivo do Oliver estar indo para Londres.

Sinopse:

“Com certa atmosfera de ‘Um Dia’, mas voltado para o público jovem adulto, A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista é uma história romântica, capaz de conquistar fãs de todas as idades. Quem imaginaria que quatro minutos poderiam mudar a vida de alguém? Mas é exatamente o que acontece com Hadley. Presa no aeroporto em Nova York, esperando outro voo depois de perder o seu, ela conhece Oliver. Um britânico fofo, que se senta a seu lado na viagem para Londres. Enquanto conversam sobre tudo, eles provam que o tempo é, sim, muito, muito relativo. Passada em apenas 24 horas, a história de Oliver e Hadley mostra que o amor, diferentemente das bagagens, jamais se extravia.”

Veja os detalhes da obra:

Título: A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista
Autor: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 223
Ano de Publicação: 2013

Outros Jeitos de Usar a Boca (Rupi Kaur)

Outros Jeitos de Usar a Boca é uma coletânea de poemas sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. É dividido em quatro partes: A Dor, O Amor, A Ruptura e A Cura. Em cada parte a autora reúne poemas (e ilustrações) de um mesmo tema e nos apresenta histórias de luto, perda, estupro, repressão, tesão, amor, traição, término, perdão e recomeço.

Sinopse:

“Outros jeitos de usar a boca é um livro de poemas sobre a sobrevivência. Sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente. Lida com um tipo diferente de dor. Cura uma mágoa diferente. Outros jeitos de usar a boca transporta o leitor por uma jornada pelos momentos mais amargos da vida e encontra uma maneira de tirar delicadeza deles. Publicado inicialmente de forma independente por Rupi Kaur, poeta, artista plástica e performer canadense nascida na Índia – e que também assina as ilustrações presentes neste volume –, o livro se tornou o maior fenômeno do gênero nos últimos anos nos Estados Unidos, com mais de 1 milhão de exemplares vendidos.”

Título: Outros Jeitos de Usar a Boca
Autor: Rupi Kaur
Editora: Planeta
Número de Páginas: 208
Ano de Publicação: 2017

O Garoto dos Meus Sonhos (Lucy Keating)

O Garoto dos Meus Sonhos conta a história de Alice, uma garota que sempre sonhou com o mesmo garoto, Max, durante a vida toda. Quando ela se muda com o pai para uma nova cidade Alice vê, surpreendentemente, na vida real, o garoto dos seus sonhos. Porém, o Max real não a reconhece e é muito diferente do Max dos sonhos. E apesar do livro ter 264 páginas, a leitura flui muito rápido, pois o leitor fica preso na história querendo saber o que irá acontecer a cada passo de Alice e Max.

Sinopse:

“Desde quando consegue se lembrar, Alice tem sonhado com Max. Juntos eles viajaram o mundo, passearam em elefantes cor-de-rosa, fizeram guerra de biscoitos no Metropolitan Museum of Art… e acabaram se apaixonando. Max é o garoto dos sonhos – e somente dos sonhos – até o dia em que Alice o vê, surpreendentemente, na vida real. Mas ele não faz ideia de quem ela é… Ou faz? Enquanto começam a se conhecer, Alice percebe que o Max dos Sonhos em nada se parece com o Max Real. Ele é complicado e teimoso, além de ter uma namorada e uma vida inteira da qual Alice não faz parte. Quando coisas fantásticas dos sonhos começam estranhamente a aparecer na vida real – como pavões gigantes que falam, folhas de outono cor-de-rosa incandescente, e constelações de estrelas coloridas –, Alice e Max precisam tomar a difícil decisão de fazer isso tudo parar. Mesmo que os sonhos sejam mais encantadores que a realidade, seria realmente bom viver neles para sempre?”

Título: O Garoto dos Meus Sonhos
Autor: Lucy Keating
Editora: Globo Alt
Número de Páginas: 264
Ano de Publicação: 2016

O Vilarejo (Raphael Montes)

O Vilarejo é um livro com sete contos de terror, do autor brasileiro Raphael Montes. Cada conto é fechado, porém se passam no mesmo vilarejo e em cada um mostra como cada demônio de cada um dos sete pecados capitais se manifesta nas pessoas, fazendo perceber o quanto um sentimento pode destruir tudo ao seu redor.

A leitura flui muito rápido por ser em formato de contos, porém pode ser que você tenha que largar o livro por uns minutinhos para superar o que você leu. O livro também conta com ilustrações maravilhosas e um tanto quanto bizarras!

Sinopse:

“Em 1589, o padre e demonologista Peter Binsfeld fez a ligação de cada um dos pecados capitais a um demônio, supostamente responsável por invocar o mal nas pessoas. É a partir daí que Raphael Montes cria sete histórias situadas em um vilarejo isolado, apresentando a lenta degradação dos moradores do lugar, e pouco a pouco o próprio vilarejo vai sendo dizimado, maculado pela neve e pela fome.

As histórias podem ser lidas em qualquer ordem, sem prejuízo de sua compreensão, mas se relacionam de maneira complexa, de modo que ao término da leitura as narrativas convergem para uma única e surpreendente conclusão.”

Título: O Vilarejo
Autor: Raphael Montes
Editora: Suma de Letras
Número de Páginas: 109
Ano de Publicação: 2015

Nada (Janne Teller)

Neste livro, Janne Teller conta a história de Pierre Anthon, uma criança que constatou que nada na vida importa, que nada tem significado. Seus colegas de classe então decidem fazer uma “pilha de significados” para mostrar a Pierre que a vida tem significado. A pilha é composta de coisas que são importantes para cada umas das crianças, porém as coisas ficam complicadas quando eles decidem que outra pessoa deve escolher o que o outro irá colocar na pilha e tudo toma um rumo extremo.

Sinopse:

“‘Nada importa. Você começa a morrer no instante em que nasce.’ Pierre Anthon está no sétimo ano e tem a certeza de que nada na vida tem importância. Por isso, ele decide abandonar a sala de aula e passar os dias nos galhos de uma ameixeira, tentando convencer seus companheiros de classe a pensar do mesmo modo. Agora, diante da recusa do menino de descer da árvore, seus colegas farão uma pilha de objetos que significam muito para cada um deles, e com isso esperam persuadi-lo de que está errado.

A pilha começa com uma coleção de livros, uma vara de pescar, um hamster de estimação… Contudo, com o passar do tempo, os participantes se desafiam a abrir mão de coisas ainda mais especiais. A pilha de significados logo se transforma em algo macabro e doentio, que coloca em xeque a fé e a inocência da juventude.”

Título: Nada
Autor: Janne Teller
Editora: Record
Número de Páginas: 128
Ano de Publicação: 2013

A Hora do Lobisomem (Stephen King)

Neste clássico de Stephen King com uma nova edição e com uma belíssima capa dura em alto relevo, temos também uma história rápida e ao mesmo tempo cativante. O mestre da literatura consegue nos prender com sua escrita de forma que a devoremos com a ferocidade de um lobisomem.

Sinopse:

“O primeiro grito veio de um trabalhador da ferrovia isolado pela neve, enquanto as presas do monstro dilaceravam sua garganta. No mês seguinte, um grito de êxtase e agonia vem de uma mulher atacada no próprio quarto.
Agora, a cada vez que a lua cheia brilha sobre a cidade de Tarker’s Mill, surgem novas cenas de terror inimaginável. Quem será o próximo?

Quando a lua cresce no céu, um terror paralisante toma os moradores da cidade. Uivos quase humanos ecoam no vento. E por todo lado as pegadas de um monstro cuja fome nunca é saciada.

Um clássico de Stephen King, com as ilustrações originais de Bernie Wrightson”

Título: A Hora do Lobisomem
Autor: Stephen King
Editora: Suma de Letras
Número de Páginas: 152
Ano de Publicação: 2017