Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged Mundo Digital

Você sabia que o captcha que você digita na internet pode ajudar a mudar o mundo?

0

1

Ademilson Tiago de Miranda Ramos, no Engenharia é:

Tempo atrás, o Captcha, aquelas palavras que digitamos antes de baixar alguma coisa ou verificação de contas, não tinham utilidade nenhuma além de evitar fraudes.

Percebendo isso, um dos inventores da ferramenta, Luis von Ahn, resolveu dar outra utilidade para o Captcha. Quando você digita uma palavra nesta ferramenta, você pode estar ajudando a digitalizar livros.

O que? Como assim?

Sim, se você perceber que o Captcha que está escrevendo é do projeto ReCaptcha, você está ajudando a passar livros para o computador.

Para entender: há um processo automático que digitaliza as obras para um formato digital, mas o sistema do computador tem dificuldades em ler algumas palavras de livros mais antigos. Assim, essas palavras que o sistema não compreende são jogadas no Captcha, nós as reconhecemos e ajudamos o mundo a ter mais livros digitais. Legal né?

Para saber que o que escrevemos está correto, eles disponibilizam duas palavras: uma que o computador sabe e outra que ele não compreende. Ao acertar a que o computador já sabe, ele automaticamente entende que você também acertará a que ele não entende.

São mais de 200 milhões de ReCaptchas resolvidos todos os dias, o que dá cerca de 5 milhões de livros por ano. Isso tudo está explicado no vídeo abaixo, em que Luis também fala sobre outro projeto colaborativo para aprender novas línguas: é o Duolingo.

Portanto, da próxima vez que aparecer um ReCaptcha para você, pense que você não está perdendo o seu tempo e sim ajudando a transmitir o conhecimento para o mundo digital. (:

dica da Suelen Vargas

Candidata à prefeitura de Nova York quer que escolas aposentem livros

0

TabletSegundo Quinn, que pode se tornar a primeira mulher a comandar a prefeitura de Nova York, o projeto se autofinanciaria

Favorita nas eleições, Christine Quinn disse tecnologia traria “possibilidades ilimitadas”

Publicado no R7

Os estudantes de Nova York devem deixar de lado os livros didáticos e adotar os tablets como ferramenta de aprendizado, segundo a proposta de uma das principais candidatas à prefeitura da cidade.

Christine Quinn, que atualmente integra a Câmara de Vereadores e é uma das favoritas para substituir seu aliado, o prefeito Michael Bloomberg, em novembro, disse que a atualização tecnológica abriria “possibilidades ilimitadas”.

— Graças à internet, os professores podem, em qualquer matéria, compartilhar lições e materiais com colegas ao redor do mundo. Podem organizar estas lições em livros texto online, que seus estudantes poderiam ler nos tablets em aula e em casa. Assim, um professor no Bronx poderia reunir toda a informação relevante de sua aula e atualizá-la durante o ano para mantê-la vigente. Poderia incorporar vídeos e tarefas multimídia para motivar mais as crianças que já vivem em um mundo digital.

Segundo Quinn, que pode se tornar a primeira mulher a comandar a prefeitura de Nova York, o projeto se autofinanciaria.

—Atualmente gastamos mais de 100 milhões de dólares em livros texto. Este dinheiro é suficiente para comprar uma tablet para cada estudante das escolas públicas da cidade de Nova York, além de cobrir os gastos de pessoal.

Go to Top