Adevania trabalha na lavanderia do HB e, na hora do almoço, aproveita para viajar na leitura: já são 49 títulos só em 2014 (Foto: Hamilton Pavam)

Adevania trabalha na lavanderia do HB e, na hora do almoço, aproveita para viajar na leitura: já são 49 títulos só em 2014 (Foto: Hamilton Pavam)

Harlen Félix, no Diário Web

A encarregada de lavanderia Adevania Caro cultiva uma paixão pelos livros desde a infância. Estimulada pelos professores da escola quando criança, ela tomou gosto pela leitura e, sempre que pode, deixa sua imaginação ser levada por personagens dos mais diferentes perfis, compartilhando de suas aventuras, dramas e alegrias.

Já o técnico em enfermagem Marcos Alberto Gioacomini não teve a mesma sorte que Adevania, vivendo uma infância distante dos livros. No entanto, faz questão de estimular o hábito da leitura entre os seus filhos, Miguel, de 2 anos, e Mateus, de 8. Funcionários do Hospital de Base de Rio Preto (HB), os dois têm em comum as visitas frequentes à Biblioteca “José Paulo Cipullo”, que funciona há dois anos no hospital.

Na manhã de ontem, Adevania e Giacomini foram premiados por terem sido os colaboradores do HB e da Famerp (Faculdade de Medicina e Enfermagem de Rio Preto) que mais emprestaram livros da biblioteca neste ano – ela, para saciar sua fome de leitura, e ele, para surpreender os filhos com fantásticas e emocionantes histórias do mundo do faz de conta.

Somente neste ano, Adevania leu 49 livros da biblioteca do Hospital de Base. O horário de almoço é seu momento ideal para a leitura. “Quando leio, esqueço da vida, dos problemas e dos afazeres. É muito bacana poder viajar nas histórias vividas por outros personagens. Isso sempre me encantou”, comentou ela ao Diário, minutos antes da cerimônia de premiação, sem saber que havia conquistado o primeiro lugar entre os leitores do hospital.

Os romances e as biografias dominam a preferência da encarregada de lavanderia do HB. Ao elencar as obras que mais gostou de ler em 2014, ela cita a biografia do papa João Paulo 2º, escrita por Bernard Lecomte, e o romance “50 Tons de Cinza”, “best-seller”da escritora E. L. James que vai ganhar as telas do cinema neste ano. Já Giacomini marca presença toda semana na biblioteca do HB para emprestar algum livro infantil para os filhos.

Até agora foram 20. Enquanto Miguel se encanta com as figuras, Mateus vibra com as histórias e sempre gosta de comentar sobre elas com o pai. “Comecei a pegar livros para os meus filhos desde quando a biblioteca foi inaugurada aqui, no hospital. Como não tive a mesma oportunidade que eles têm agora, faço questão de incentivar a leitura”, declara o técnico em enfermagem, que elogia o acervo de publicações infantis do hospital.

“A leitura tem que ser estimulada desde cedo. Só assim teremos jovens e adultos leitores no futuro”, reforça. Além deles, também foram premiados os colaboradores Josiane Aparecida de Oliveira, que leu 42 livros neste ano, Rochele Cristina Klunck (38), José Paulo Pereira da Silva (34) e Cleide Fátima de Santos (30). Entre os pais que emprestam livros para os filhos, também foi premiada a funcionária Marilene de Souza Carneiro. Todos eles receberam vale-compras como prêmio.

Giacomini empresta livros infantis para os filhos de 2 e 8 anos (Foto: Hamilton Pavam)

Giacomini empresta livros infantis para os filhos de 2 e 8 anos (Foto: Hamilton Pavam)

Biblioteca completa 2 anos com 3 mil títulos

A premiação dos funcionários do HB e da Famerp que mais leram livros em 2014 marcou as comemorações do segundo aniversário da Biblioteca “José Paulo Cipullo”. São mais de 600 colaboradores cadastrados e cerca de 3,5 mil livros emprestados somente neste ano. Além dos profissionais que atuam nas duas instituições e dos acadêmicos da faculdade, a biblioteca também atende os pacientes que ficam internados no HB.

Periodicamente, uma funcionária percorre as alas com um carrinho repleto de livros – uma alternativa e tanto para ocuparem o tempo em que ficam internados no hospital. Somente para os pacientes, foram disponibilizados 1,2 mil obras em 2014. Segundo informações da assessoria de imprensa do HB e da Famerp, o acervo da biblioteca reúne mais de 3 mil livros, sendo os mais procurados “best-sellers”da linha de “50 Tons de Cinza” e “A Culpa é das Estrelas”, além da coleção “Toda Sua”, romances espíritas e publicações de autoajuda.

“A leitura é um halterofilismo para o cérebro, prevenindo o Mal de Alzheimer”, poetizou o médico José Paulo Cipullo, que dá nome à biblioteca, durante a cerimônia de premiação, realizada ontem. Ele, que não tinha dinheiro na juventude para comprar livros e recorria ao primo, que assinava a Coleção Saraiva, disse se sentir imensamente agradecido com a homenagem. “O livro estimula o pensamento e toca a alma das pessoas”, disse.