Canal Pavablog no Youtube

Posts tagged paquera

Lançado em inglês, livro ensina “como ser brasileiro” a estrangeiros

0

O autor oferece gírias úteis para o dia a dia e discorre sobre comportamentos típicos

Publicado no Terra

Livro é espécie de guia para aprender a lidar com comportamentos e costumes adotados no Brasil Foto: Divulgação

Livro é espécie de guia para aprender a lidar com comportamentos e costumes adotados no Brasil Foto: Divulgação

Depois de sobreviver a diversos contratempos por diferenças culturais, o americano Steve Luttmann escreveu o livro How to be a Brazilian, no qual descreve experiências que acumulou durante 15 anos no Brasil.

 

Steve, que é CEO da destilaria Maison Leblon, se considera um americano que aspira ser brasileiro e seu objetivo com a publicação é ensinar aos demais estrangeiros o famoso “jeitinho brasileiro”.

 

Ao longo das páginas, ele relata dicas inspiradas em comportamentos considerados típicos como o gosto pela paquera, por reunir os amigos, fazer churrasco, assistir a uma partida de futebol, comer feijoada e beber caipirinha – com direito a receitas destes ícones da gastronomia brasileira.

 

Além disso, o autor oferece gírias úteis para o dia a dia.  “Me preocupei em escrever um guia extremamente prático e divertido para auxiliar os estrangeiros a vivenciar de fato o jeitinho brasileiro e a conhecer um pouco mais dessa cultura que vem conquistando os corações de todo o mundo. Aqui em Nova York, sinto muita falta do clima amistoso do país, a energia do brasileiro é única e contagia até os mais introvertidos”, explicou.  Anote algumas receitas.

The Tangerine Honey Caipirinha Leblon
Ingredientes

45 ml de Cachaça Leblon
½ tangerina em gomos
1 colher  de sopa de mel

 

Modo de preparo
Macere a tangerina e o mel em um copo de caipirinha. Adicione a cachaça, complete o copo com gelo e mexa bem.

 

The São Paulo Sour Leblon
Ingredientes

60 ml de Bourbon
45 ml de limão espremido
30 ml de simple syrup
15 ml de licor Cedilla
15 ml de clara de ovo

 

Modo de preparo
Combine todos os ingredientes, exceto o licor Cedilla, em uma coqueteleira. Complete-a com gelo e bata fortemente. Sirva em um copo curto e adicione o Cedilla delicadamente.​

 

The Rio Royale Leblon 
Ingredientes
25 ml de licor Cedilla
100 ml de champagne

 

Modo de preparo
Em uma taça de champagne, sirva o Cedilla e delicadamente e adicione o champagne. Finalize com um twist de limão.

 

Você considera as livrarias um bom lugar para paquerar?

1

Wellington Ferreira, no O vendedor de Livros

1Já há algum tempo as livrarias deixaram de ser um espaço destinado apenas a venda de livros e afins. Com a intenção de fazerem o cliente permanecer por mais tempo no seu interior, as megalivrarias (principalmente), agregaram vários serviços ao seu ambiente, tais como: cafés, restaurantes, cinemas, teatros, auditórios, poltronas e mesas para leitura, e por aí vai.

À visita a uma dessas lojas tornou-se uma experiência muito mais confortável e prazerosa, sendo assim, e por consequência, os contatos pessoais intensificaram-se também, isso fez com que as livrarias hoje sejam vistas pelos amantes da leitura, não só como um lugar para comprar livros, mas também como um ponto alternativo para conhecer pessoas interessantes, inteligentes, com conteúdo e que possam compartilhar e dividir conosco as suas leituras, sendo assim, a paquera entre as estantes de livros tornou-se algo mais comum do que vocês imaginam…

A paquera em uma livraria é mais sutil (eu diria muito mais) do que numa balada convencional. Tudo começa, muitas vezes, com um esbarrão, com a indicação de um livro semelhante aquele que a pessoa está comprando, sendo gentil deixando-a ser atendida primeiro que você, convidando-a para um café, ajudando-a a carregar a pilha de livros que ela acabou de comprar, e assim por diante… O primeiro contato, geralmente, é feito com muita polidez e elegância, até por que, estamos em uma livraria, portanto, ninguém sai agarrando e beijando ninguém logo de cara dentro de um ambiente como este, pelo menos eu nunca vi…rsr.

Nestes 9 anos como livreiro já vi muitos casais de companheiros e clientes formarem-se através das estantes de livros das livrarias, muitos continuam firmes até hoje, outros já separaram-se (inclusive eu…rsrs); nem mesmo a afinidade literária é capaz de manter ou segurar um relacionamento quando o principal já não existe mais: amor e respeito. Mesmo assim, ainda considero as livrarias como um bom local para paquerar, conhecer pessoas e fazer amigos, principalmente para pessoas que, assim como eu, não são muito chegadas a baladas.

Concluindo, você acha que os amantes de livros tendem a se atrair? Já se relacionou com alguém que conheceu em uma livraria?

Compartilhe sua opinião ou história conosco.

Um abraço e boas leituras!!!

Por que elas preferem os homens que leem?

5

Leitura torna você muito mais interessante aos olhos da mulheres

Publicado originalmente no Viva Bem

Deixe seu cérebro malhado com bons livros / Shutterstock

Deixe seu cérebro malhado com bons livros / Shutterstock

Você se encantou com aquela gata, ela olhou para você e deu todos os sinais de “pode avançar o sinal”.

Confiante nas horas gastas na academia para ficar em forma, você se aproximou dela, mas depois de uma conversa morna acabou desistindo, já que a deusa se desinteressou totalmente da sua pessoa e só faltou bocejar.

O problema, meu caro, pode ter sido uma simples e comum falta de conteúdo. E agora, como malhar o cérebro e ficar mais interessante?

Segundo o escritor, Jeremy Beal, colunista do site “Ask Men”, a melhor maneira é encarar uma boa e velha leitura. “Ler é quase um ato de revolta em nossa cultural passiva da tela digital”, explica.

O escritor listou alguns motivos para transformar radicalmente seu estilo através dos livros e entender por que elas preferem os homens que leem. Confira:

Ler deixa você mais esperto

A leitura força você a se sentar e manter o foco, além de incrementar o seu vocabulário e suas habilidades analíticas. Isso significa que aquele cara no metrô com o nariz enfiado em um romance pensa mais rápido do que o outro passageiro com fones de ouvido, que está batucando na janela. Adivinhe quem terá mais facilidade em convencer a gata na hora do xaveco?

Ler faz com que você “entenda a piada”

Quase tudo sobre o que as pessoas falam está em um livro, ou a ideia foi tirada de um voluma. Cada episódio da sua série preferida ou da novela, notícia nos jornais, ou até um jogo de futebol pode ser contextualizado nos personagens, tramas e motivações que têm sido escritos nos últimos três mil anos. Portanto, ler faz com que você entenda várias referências que são parte da cultura mundial, onde sempre vale o ditado “nada se cria, tudo se transforma”.

É divertido

Quem já não ouviu no cinema a frase “o livro é bem melhor que o filme”? Se você nunca mais pegou um romance desde que saiu da escola, provavelmente vai achar que o cara é um chato. Acontece que, quando alguém lê, as lacunas deixadas pelo escritor obrigam seu cérebro a imaginar, em uma experiência que não existe na TV ou na telona.

Por isso, quase sempre aqueles que leram a trama em que um longa é baseado acham que o “livro é  melhor”, já que a experiência com as palavras impressas é bem mais pessoal e impossível de ser reproduzida.

É uma viagem

Quem viaja muito tem sempre uma história interessante para contar e acaba exercendo um certo fascínio aventureiro. Por isso, talvez este seja o ponto mais importante de pegar um livro: ler é o mais perto que você chegará de alguma experiência sem sair da poltrona.

Alguns argumentariam dizendo que ler não é o mesmo que passar por uma aventura de verdade. Tudo bem, o ponto é válido, mas existem várias responsabilidades na vida que talvez impeçam você de se jogar em algo como velejar ao redor do mundo, lutar contra uma ditadura ao mesmo tempo que vive uma paixão ou procurar uma civilização perdida na selva.

O fato é, ressalta o colunista Jeremy Beal, que ao vivenciar as vidas de outras pessoas e visitar todos os tipos de lugares pela leitura, essa memória emocional com certeza o tornará um pessoa melhor – e de quebra bem mais atraente.

Go to Top