Posts tagged Pdf

Livraria disponibiliza mais de 200 livros para baixar gratuitamente

0

Obras como “Dom Casmurro” e “O Cortiço” estão na lista

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” e “Cidades dos Homens” estão entre os títulos disponibilizados - Getty Images

“Memórias Póstumas de Brás Cubas” e “Cidades dos Homens” estão entre os títulos disponibilizados – Getty Images

A livraria Saraiva disponibilizou uma série de e-books gratuitos. “O ano em que meus pais saíram de férias”, “Zuzu Angel”, “Federico Garcia Lorca”, “Dom Casmurro” e “O Cortiço” são apenas alguns dos muitos títulos oferecidos.

As obras estão em formato PDF e podem ser baixadas no seu computador, leitor eletrônico ou tablet.

Confira no site da Saraiva a lista completa.

8 dicas para encorajar os seus alunos a amarem a leitura

0

O hábito de ler pode trazer diversos benefícios aos seus estudantes. Por isso, confira 8 dicas para encorajar os seus alunos a amarem a leitura

Publicado no Universia Brasil

8 dicas para encorajar os seus alunos a amarem a leitura

Crédito: Shutterstock.com
Leve os estudantes para a biblioteca da escola e incentive o aluguel de livros semanalmente

A leitura é uma das bases do aprendizado. A compreensão de um texto, na verdade, é importante para a vida em geral. Alguns estudantes gostam de ler naturalmente, porém, outros não vêem o hábito como prazeroso. É importante que você seja capaz de incentivar a leitura, tanto como passatempo como entretenimento, para que os seus alunos tenham mais facilidade para compreender conteúdos em geral.

Confira 8 dicas para encorajar os seus alunos a amarem a leitura:

1. Crie um lugar confortável para que eles possam ler;
2. Converse com os estudantes sobre o livro durante e após a leitura;
3. Se o aluno tiver um autor favorito, encoraje-o a conhecer a sua obra completa;
4. Leve os estudantes para a biblioteca da escola e incentive o aluguel de livros semanalmente;
5. Utilize livros ilustrados, como gibis e quadrinhos;
6. Use a tecnologia a seu favor por meio de e-books e livros em PDF;
7. Invente pequenos prêmios para os estudantes que cumprirem as metas de leitura;
8. Procure livros que foram transformados em filme e promova atividades que comparem as duas formas de contar a história.

Presos do DF leem dez vezes mais que a média do brasileiro

0

De acordo com pesquisa, 70% dos presos e 80% das presas se tornam leitores assíduos

Gustavo Frasão no R7

Divulgação

Projeto remissão de pena: presos poderão ser beneficiados com 48 dias a menos na prisão se lerem uma obra literária por mês e fizerem uma resenha sobre o livro a cada 30 dias

Projeto remissão de pena: presos poderão ser beneficiados com 48 dias a menos na prisão se lerem uma obra literária por mês e fizerem uma resenha sobre o livro a cada 30 dias

Presos têm um grande potencial para leitura. Uma pesquisa de mestrado feita na UnB (Universidade de Brasília) mostra que os detentos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, leem em média 3 livros por mês, dez vezes a média do brasileiro, de 0,33 livros mensais ou quatro por ano, de acordo com dados da 3ª edição da pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, divulgada em 2012.

A pesquisadora Maria Luzineide Costa Ribeiro, responsável pelos estudos da UnB, disse que cerca de 70% dos presos que estão na PDF 1 (Penitenciária do Distrito Federal 1) no Complexo da Papuda, em São Sebastião, região administrativa do DF, tornaram-se leitores assíduos de livros de romance, ação, autoajuda  e literatura estrangeira dentro da cadeia. Os dados fazem parte da  dissertação de mestrado dela no curso de Letras apresentada no segundo semestre do ano passado.

Luzineide foi professora de Língua Portuguesa do sistema prisional durante 14 anos. Ela disse que nesse período observou que mesmo encarcerados e sem nenhum tipo de estímulo os internos tinham o hábito de ler. Interessada em pesquisar o assunto e confirmar essa impressão, ela levou a proposta para o Departamento de Teoria Literária e Literaturas da UnB e deu início aos estudos no ano de 2009.

Em 2010, ela voltou a penitenciária como pesquisadora e fez um primeiro levantamento. Aplicou questionários e avaliou os presos, que na Papuda são separados por crimes. Em 2011, ela e a equipe da UnB passaram 15 dias na cadeia promovendo oficinas literárias, com métodos dos próprios mestrandos da instituição.

— A recepção foi muito boa. Depois de coletar todos os dados, eu confirmei o que já sabia. Os presos realmente têm pré-disposição para a leitura.

Ela explicou que o próprio sistema ajuda a exercer esse hábito entre os internos, porque eles ficam 22h por dia dentro da cela. Os locais estão superlotados, mas por conta do ócio eles procuram ocupar o tempo fazendo leituras, mesmo com barulho, falta de espaço e conforto.

— Eles leem de dois a quatro livros por mês. Devem passar três ou quatro horas por dia lendo e se esforçam para concentrar na leitura, mesmo com o ambiente inadequado para esse procedimento.

Entre os autores preferidos estão Machado de Assis, Paulo Coelho e Oswaldo de Andrade. Os estilos de livros, no entanto, são os mais diversos. Os preferidos são temas de ação, romance, literatura estrangeira e até mesmo autoajuda.

(mais…)

Go to Top